Radar traz Vale (VALE3), Movida (MOVI3) e Kepler Weber (KEPL3)

Felipe Moreira
Especialista em Mercado de Capitais e Derivativos pela PUC - Minas, com mais de 8 anos de vivência no mercado financeiro e de capitais. Certificações: CPA-10, CPA-20 e AAI. Apaixonado por educação financeira e investimentos.
1

Crédito: Crédito da imagem: Reprodução/Internet

O Radar Corporativo desta quinta-feira (24) destaca uma série de pagamentos de proventos. A Vale (VALE3) atualizou o valor a ser pago em dividendos para R$ 2,1896700641 por ação.

Já o Conselho de Administração da Movida (MOVI3) aprovou o pagamento de juros sobre o capital próprio (JCP) no valor bruto total de R$ 23,900 milhões.

Simule seus investimentos com um especialista e confira as melhores opções de acordo com seu perfil

A Kepler Weber (KEPL3) também aprovou o pagamento de JCP, relativo ao exercício de 2021, no valor bruto de R$ R$ 21.478.159,87, correspondentes a R$ 0,708000 por ação.

A 3R Petroleum (RRRP3) informa que assinou Memorando de Entendimentos Vinculante para a aquisição da totalidade das ações da Duna Energia, no valor total de US$ 71 milhões.

Por fim, a Três Tentos retoma a análise de pedido de IPO.

Veja a cobertura completa do Radar Corporativo:

Proventos

Vale (VALE3) atualiza montante a ser pago em dividendos

A Vale (VALE3) informou nesta quarta-feira (23) que houve alteração do número de ações em circulação, em função do programa de recompra de ações ordinárias anunciado em 1º de abril último.

Assim, de acordo com a Vale, o valor final dos dividendos por ação, para pagamento em 30 de junho de 2021, passou a ser no valor bruto de R$ 2,1896700641 por ação, na forma de dividendos.

Houve um aumento. Anteriormente, a empresa havia aprovado a distribuição de dividendos aos acionistas no valor de R$ 2,177096137 por ação. É uma diferença de mais 0,577555%, ou R$ 0,012573927.

Movida (MOVI3) aprova distribuição de R$ 23,9 milhões em JCP

O Conselho de Administração da Movida (MOVI3) aprovou o pagamento de juros sobre o capital próprio (JCP) no valor bruto total de R$ 23,900 milhões.

O montante corresponde a R$ 0,080166113 por ação. A data do pagamento será em 11 de outubro de 2021.

Kleber Weber (KEPL3) também distribui JCP

A Kepler Weber (KEPL3) também aprovou a distribuição de JCP, com base na aplicação da TJLP (Taxa de Juros de Longo Prazo), calculada até a data base de 31 de maio de 2021, sobre o Patrimônio Líquido da Companhia, a serem imputados ao dividendo obrigatório relativo ao exercício de 2021.

O montante bruto é de R$ 21.478.159,87, correspondentes a R$ 0,708000 por ação, considerando a quantidade de 30.336.384 ações ordinárias, excluídas aquelas em tesouraria.

Farão jus ao recebimento os acionistas detentores de ações em 28 de junho de 2021, que passam a ser negociadas “ex-dividendos” a partir de 29 de junho de 2021, inclusive.

Aquisições

3R Petroleum (RRRP3) compra Duna Energia

A 3R Petroleum (RRRP3) informou que assinou no dia 21 de junho de 2021 Memorando de Entendimentos Vinculante para a aquisição da totalidade das ações de emissão da Duna Energia, que, na data de fechamento da operação, serão transferidas do BTG e de outros acionistas minoritários para a 3R.

O valor total da transação é de US$ 71 milhões.

Linx (LINX3) informa relação de troca final

A Linx (LINX3) informou que a relação de troca final da parcela da Operação a ser liquidada mediante a entrega de BDRs StoneCo será de 0,0126730 BDR StoneCo para cada ação preferencial Classe B da STNE de titularidade dos Acionistas Linx que for resgatada, sendo que cada 1 BDR StoneCo corresponderá a 1 Ação Classe A StoneCo.

Emissões

Cury (CURY3) aprova 2ª Emissão de Debêntures no valor de R$ 200 milhões

O Conselho de Administração da Cury (CURY3) aprovou a realização da segunda emissão de debêntures simples, em série única, no valor de R$ 200 milhões, com distribuição pública e esforços restritos.

Serão 200 mil debêntures, com valor unitário de R$ 1 mil. As debêntures serão devidamente depositadas para distribuição no mercado primário, por meio do Módulo de Distribuição de Ativos (MDA), administrado e operacionalizado pela B3 (B3SA3); e secundário, por meio do CETIP 21 – Títulos e Valores Mobiliários (“CETIP21”), administrado e operacionalizado também pela B3.

Os recursos obtidos pela companhia serão destinados para capital de giro da Cury.

Iguatemi (IGTA3) anuncia 11ª Emissão de Debêntures

A Iguatemi (IGTA3) anunciou a 11ª Emissão de Debêntures Simples, em até duas séries, para distribuição pública com esforços restritos, no valor total de R$ 500 milhões.

Serão emitidas 500 mil debêntures, cada uma como valor unitário de R$ 1 mil, sem atualização monetária. e a existência de série única ou duas séries será de acordo com o Sistema de Vasos Comunicantes, conforme demanda, apurada por meio de Procedimento de Bookbuilding.

Segundo a empresa, os recursos a serem obtidos pela serão utilizados integralmente para reforço do seu capital de giro, além de atividades relacionadas à gestão ordinária de seus negócios e alongamento do perfil da sua dívida.

IPO

Três Tentos informa sobre andamento do IPO

A Três Tentos Agroindustrial comunicou hoje que “considera conduzir uma oferta pública de distribuição primária e secundária de ações ordinárias de emissão da companhia, com esforços restritos de colocação, e com esforços de colocação no exterior”.

A efetiva realização da oferta restrita “está sob análise da companhia e de seus acionistas, sendo que, até a presente data, não há definição sobre o volume efetivo a ser captado, o preço por ação e o cronograma para a sua implementação”.

BBM Logística divulga faixa indicativa de preço de IPO

A BBM Logística aprovou a realização de oferta pública inicial de ações (IPO), com a distribuição primária de 32 milhões de ações ordinárias e de 11,2 milhões de ações secundárias.

O IPO poderá ser acrescida de um lote adicional de até 20% e de outro suplementar, de até 15%.

A BBM Logística divulgou também a faixa indicativa de preço que está situada entre R$ 25 e R$ 30. O processo de bookbuilding termina em 7 de julho.

As ações começam a ser negociadas em Bolsa no dia 12 de julho.

Mudança acionária

CCR (CCRO3) tem alteração acionária relevante

A CCR (CCRO3) recebeu comunicado da Capital International Investors (CII), divisão independente de investidores da Capital Research and Management Company, informando o aumento da participação acionária que administra em ações ordinárias de emissão da companhia.

A CII passou de 100.885.340 CCRO3, correspondentes a 4,99%, para 105.635.340 CCRO3, que representam 5,23% dessa espécie de ação.

A investidora informa que trata-se de um investimento minoritário que não altera a composição do controle ou a estrutura administrativa da CCR.

BR Malls (BRML3): Morgan Stanley atinge 4,9% das ações ordinárias da companhia 

O banco Morgan Stanley atingiu participação de 4,9% do número total de ações ordinárias da BR Malls (BRML3).

Totvs (TOTS3): BlackRock reduz participação acionária na companhia para 4,61% 

A Totvs (TOTS3) informou que a BlackRock reduziu sua participação na companhia para 4,61%.

Kepler Weber (KELP3) informa mudança acionária

A Kepler Weber (KEPL3) informa que devido ao aumento do capital social decorrente da emissão de 4.038.984  novas ações ordinárias pela Companhia, dois acionistas passaram a deter mais de 5% da empresa.

O BNDESPar passou a deter 8,16% e a Norges Bank ficou com 6,77% da companhia.

Cases da Bolsa

Aprenda análise fundamentalista de ações na prática, com maiores cases já criados na B3