Radar traz Tegma (TGMA3), JSL (JSLG3) e Via (VVAR3)

Matheus Gagliano
Colaborador do Torcedores
1

O Radar Corporativo destaca a contratação de assessores pela Tegma (TGMA3) para avaliar a proposta de fusão enviada pela JSL (JSLG3), controlada da Simpar (SIMH3).

O investidor Ronaldo Cezar Coelho comprou 46 milhões de ações da BR Distribuidora (BRDT3) por R$ 1,2 bilhão.

Simule seus investimentos com um especialista e confira as melhores opções de acordo com seu perfil

A Hering (HGTX3) produzirá camisas com carbono negativo. A empresa destinará R$ 6 milhões na descarbonização de processos.

A Via (VVAR3) concluiu na sexta-feira (2) a aquisição de 100% das quotas de emissão da fintech Celer.

Já a Notre Dame Intermédica (GNDI3) aprovou a distribuição de dividendos no montante valor de R$ 0,28433085 por ação de emissão da empresa.

Enquanto a Focus Energia (POWE3) celebrou junto ao Banco do Nordeste do Brasil contrato de financiamento, no montante de R$ 450 milhões.

Por fim, Banco Central do Brasil homologou o aumento do capital social do Inter (BIDI11)

Veja a cobertura completa do Radar Corporativo:

Cias abertas

Cezar Coelho quer 10% da BR Distribuidora (BRDT3)

O investidor Ronaldo Cezar Coelho comprou 46 milhões de ações da BR Distribuidora (BRDT3) por R$ 1,2 bilhão. A aquisição foi feita por meio o fundo Samambaia.

Ele agora tem 7,95% e se tornou um dos maiores acionistas da ex-estatal. No entanto, o apetite dele não para por aí, de acordo com o Valor Econômico, ele pretende atingir 10% de participação. A empresa agora é uma corporation, com capital pulverizado.

Hering (HGTX3) mira carbono negativo

A Hering (HGTX3) produzirá camisas com carbono negativo. Segundo matéria do Valor Econômico, as emissões de gases de efeito estufa na produção da empresa serão compensadas com a proteção de uma área na floresta amazônica.

A empresa destinará R$ 6 milhões na descarbonização. Deste montante, 20% será destinado para o programa de carbono negativo. Isto inclui ainda a compra de créditos de carbono, revisão de processos produtivos, entre outros.

Vale (VALE3) tem nova reunião com governo de Minas

O governo de Minas Gerais convocou reunião para destravar acordo com Vale (VALE3) quanto à Brumadinho.

Dasa (DASA3) reforça time

A Dasa (DASa3) reforçou seu time. A companhia trouxe o ex-presidente do Hospital Sírio Libanês, Paulo Chapchap. Ele agora será conselheiro da divisão de negócios e oncologia.

Este braço da empresa, de acordo com o Valor Econômico, ampliou de tamanho nos últimos anos. A previsão é que feche o ano com receita de R$ 1 bilhão.

CSN Cimentos quer IPO forte na B3

A CSN Cimentos prevê lançar seu IPO até o mês que vem. E para isso, quer lançar seus papéis com força. Matéria do jornal Valor Econômico, informa que a companhia quer acelerar sua expansão. O objetivo é levantar até R$ 3 bilhões.

A empresa adquiriu a Elizabeth Cimentos por R$ 1,08 bilhão na semana passada. E a projeção é que o setor de cimentos tenha, em 2021, mais um ano de alta nas vendas.

Bradesco (BBDC4) amplia crédito para safra

O Bradesco (BBDC4) deverá ampliar em 30% o crédito para crédito na safra 2021/2022. Em matéria do jornal Valor Econômico, a oferta adicional do banco terá juros considerados competitivos para o setor. Na safra 2019/2020, o banco concedeu créditos totais de R$ 37 bilhões.

Roberto França, diretor de Agronegócios do banco, informou que os R$ 11 bilhões adicionais virão de operações de CPR.

Tegma (TGMA3) contrata assessores para avaliar proposta de fusão com JSL (JSLG3)

A Tegma (TGMA3) aprovou a contratação do escritório Trindade Sociedade de Advogados para ajudar a empresa quanto aos aspectos jurídicos da proposta de fusão enviada pela JSL (JSLG3), controlada da Simpar (SIMH3).

Conforme o fato relevante, a Tegma também determinou a posterior contratação de uma instituição financeira para avaliar os aspectos econômicos da proposta.

Na última sexta-feira (2), a Simpar anunciou a combinação de negócios entre a JSL (JSLG3) e a Tegma (TGMA3). A empresa informou que essa operação ocorre por causa de sinergias identificadas entre as duas companhias. Além de outros fatores estratégicos relacionados.

Pelos termos, a JSL terá de pagar R$ 989 milhões e emitir 49.422.000 novas ações para a parceira. Somadas, as duas empresas teriam uma receita bruta combinada de R$ 6,1 bilhões nos últimos 12 meses encerrados em março.

BC homologa aumento de capital do Inter (BIDI11)

O Banco Central do Brasil homologou o aumento do capital social do Inter, no valor de R$ 5,499 bilhões.

O capital social do Inter passará a ser de R$ 8,797 bilhões.

Bahema (BAHI3) conclui investimento na Escola Mais Educação

A Bahema Educaão (BAHI3) informou que concluiu as operações de investimento na Escola Mais Educação divulgadas ao mercado em 13 de novembro de 2020, incluindo os aportes de capital no valor total de R$ 28 milhões .

Com a conclusão das operações, a Bahema passa a deter 82,32% do capital social da Escola Mais.

Proventos

Notre Dame (GNDI3) paga dividendos de R$ 0,28 por papel

A Notre Dame Intermédica (GNDI3) distribuirá dividendos no montante total de R$ 174,8 milhões, correspondente a R$ 0,28433085 por ação de emissão da empresa.

O pagamento será realizado no dia 14 de julho de 2021. Farão jus ao recebimento os acionistas em 13 de maio de 2021.

Emissões e dívidas

Focus Energia (POWE3) contrata financiamento de R$ 450 milhões

A Focus Energia (POWE3) celebrou junto ao Banco do Nordeste do Brasil contratos de financiamento, no montante total de R$ 450 milhões.

O contrato terá prazo de 22 anos, destinados à implantação do Projeto Futura 1.

CCR (CCRO3) informa alta de 16,1% no tráfego na semana

A CCR (CCRO3) informou aumento de 16% no tráfego de veículos entre os dias 25 de junho e 1 de julho de 2021.

O fluxo de carros de passeio saltou 30,5% no período. Enquanto o número de veículos comerciais subiu 8,1% na semana.

A alta acumulada no ano é de 13,3%. O tráfego comercial avançou 14,1% e o de passeio cresceu 12,1%.

ViaOeste aprova emissão de debêntures

A CCR (CCRO3) informou que sua subsidiária ViaOeste aprovou a 8ª emissão de debêntures simples, não conversíveis em ações, com valor nominal unitário de R$ 1.000,00 na data de emissão, totalizando um montante de R$ 450 milhões.

JBDuarte convocará AGE para votar desdobramento

O Conselho de Administração da JBDuarte convocará a Assembleia Geral Extraordinária para deliberar sobre desdobramento das ações.

O desdobramento será na proporção de 3 novas ações para cada 1 ação, na mesma espécie detida pelo acionista.

Aquisições

Via (VVAR3) conclui aquisição da Celer

A Via (VVAR3) concluiu nesta sexta-feira (2) a aquisição de 100% das quotas de emissão da Celer.

A Celer é uma fintech que oferece um pacote completo de Bank-as-a Service(BaaS).

BMG (BMGB4) anuncia aquisições

O BMG (BMGB4) anunciou a compra de 50% da Araújo Fontes Consultoria e Negócios Imobiliários e da AF Invest Administração de Recursos, com o objetivo de ampliar a oferta de produtos e serviços no segmento de atacado.

Mudança acionária

BR Malls (BRML3) informa alteração acionária relevante

Em 29de junho, o Banco Morgan Stanley atingiu, de forma agregada, posição de 4,9% do número total de ações ordinárias da BR Malls (BRML3).

Ecorodovias (ECOR3) divulga nova estrutura acionária

A EcoRodovias divulgou a estrutura acionária da companhia após o follow on concluído recentemente. O Grupo ASTM investiu R$ 1,2 bi, elevando participação de 46,7% para 51,2%. A Primav reduziu sua fatia de 22,4% para 15,1%. A Ecor passou de 30,9% para 33,7%.

(Com Felipe Moreira, Cláudia Zucare e Redação)

Cases da Bolsa

Aprenda análise fundamentalista de ações na prática, com maiores cases já criados na B3