Radar traz Petrobras (PETR4 PETR3), Rede D’or (RDOR3), Qualicorp (QUAL3) e Localiza (RENT3)

Felipe Moreira
Editor na EuQueroInvestir, cobre temas que vão desde o mercado de ações ao ambiente econômico nacional e internacional.
1

O radar corporativo destaca que a A Petrobras (PETR4 PETR3) concluiu a venda da sua participação de 40% na empresa GásLocal para a White Martin.

A Rede D’or (RDOR3) informou que submeteu ao Conselho Administrativo de Defesa Econômica (CADE) pedido para elevar, por meio de operações em bolsa, sua participação minoritária na Qualicorp (QUAL3).

Praticidade e precisão, saiba quais melhores investimentos e como melhorar rentabilidade de suas ações

Já Localiza (RENT3), Movida (MOVI3), Unidas (LCAM3) e Tim (TIMS3) aprovaram a distribuição de proventos.

Enquanto a Grendene (GRND3) irá construir uma nova fábrica, na localidade de Crato, Ceará. A implantação está prevista para o ano de 2022, com investimento estimado em R$ 30 milhões.

Por fim, a Ômega (OMGE3) convocou assembleia para votar a proposta de combinação de negócios com a Ômega Desenvolvimentos. Após a combinação, a Ômega irá estudar listagem nos EUA.

Veja mais destaques do radar corporativo:

Cias Abertas

Vale (VALE3) desiste de pesquisa em terra indígena

A Vale (VALE3) desistiu de 15 requerimentos de pesquisa e lavra em terras indígenas, de acordo com o Valor Econômico. Com isso, a companhia conclui a devolução de direitos de minérios nestas terras.

Ultragaz (UGPA3) reforçará atuação no setor agro

A Ultragaz, controlada pela Ultrapar (UGPA3), pretende reforçar sua atuação no setor agro. A companhia, de acordo com o Estadão, pretende fornecer ferramentas automatizadas para o pós-colheita, juntamente com o fornecimento do gás liquefeito do petróleo (GLP).

Petrobras (PETR4 PETR3) conclui venda de participação na GásLocal

A Petrobras (PETR4 PETR3) concluiu a venda da sua participação de 40% na empresa GásLocal para a White Martin.

De acordo com a companhia, a venda põe fim a controvérsias decorrentes das atividades do Consórcio Gemini e da GásLocal, em especial pendências de arbitragem e temas em discussão judicial.

O acordo assinado resultará em recebimento, pela Petrobras, de valor estimado em R$ 60,6 milhões, a serem pagos no prazo de até 13 meses.

Atacadão (CRFB3) divulga projeções

O Atacadão (CRFB3) divulgou a projeção de atingir até R$ 60 milhões em vendas brutas ao final de 31 de dezembro de 2021.

Já para o exercício social de 31 de dezembro de 2024, a projeção da companhia é de atingir R$ 100 milhões.

Rede D’or (RDOR3) consulta CADE para elevar participação na Qualicorp (QUAL3)

A Rede D’or (RDOR3) informou que submeteu ao Conselho Administrativo de Defesa Econômica (CADE) pedido para elevar, por meio de operações em bolsa, sua participação minoritária na Qualicorp.

A quantidade de ações a serem adquiridas, se assim decidido, dependerá da obtenção da autorização solicitada ao CADE e das condições de mercado no momento das possíveis compras.

Grendene (GRDN3) irá construir uma nova unidade em Cratos

A Grendene (GRND3) informou que irá construir uma nova fábrica, na localidade de Crato, Ceará.

A implantação está prevista para o ano de 2022, com investimento estimado em R$ 30 milhões.

Esta nova unidade industrial tem como objetivo a ampliação da capacidade de produção de calçados e componentes de EVA em 500.000 pares mensais.

Lupatech (LUPA3) recebe pedido de compra de válvulas no valor de US$ 3,4 milhões

A Lupatech (LUPA3) acusou o recebimento de pedido de compra para fornecimento de válvulas dirigidas  à construção de uma FPSO.

O pedido tem valor de US$ 3,400 milhões, equivalentes a R$ 17,981 milhões. A contratação é um compromisso firme de compra, e tem suas entregas previstas entre o primeiro e o segundo trimestres de 2022.

Aquisições e Fusões

Infracommerce (IFCM3) adquire Synapcom para consolidar digital

A Infracommerce (IFCM3) acertou a compra da Synapcom para consolidar seu ecossistema digital independente. A Synapcom é uma empresa especializada no desenvolvimento e operacionalização de projetos para e-commerce. Possui uma ampla gama de soluções tecnológicas e operacionais. E tem mais de 60 clientes na carteira, como Samsung, Phillips, Hypera, Goodyear e Porto Seguro e uma receita recorrente anualizada de R$ 275 milhões.

JBS (JBSS3) informa aquisição na Europa

A JBS (JBSS3) informou que sua controlada, a Pilgrim´s Pride Corporation (PPC) adquiriu os negócios de carnes e de refeições da Kerry Consumer Foods. A aquisição se dá no Reino Unido e na Irlanda.

Ômega (OMGE3) propõe combinação de negócios com empresa-irmã de projetos

A Ômega (OMGE3) convocou assembleia para votar a proposta de combinação de negócios com a Ômega Desenvolvimentos.

A votação foi marcada para o dia 28 de outubro de 2021.

Depois da fusão, a Ômega vai estudar a possibilidade de listagem nos EUA.

Mater Dei (MATD3) compra A3Data Consultoria

O conselho de administração do hospital Mater Dei (MATD3) comunicou em fato relevante a aprovação da aquisição da A3Data Consultoria.

A Companhia, por meio deste acordo, passará a deter, através de sua subsidiária RMDSPD Participações, participação representativa de 50,1% do capital social da A3Data.

A transação foi realizada pelo montante global de R$ 40,08 milhões.

Alupar (ALUP11) adquire fatia do FI-FGTS na UHE Foz do Rio Claro

A Alupar (ALUP11) comunicou que exerceu o seu direito para a aquisição da totalidade das ações preferenciais detidas pelo FI-FGTS de emissão da Foz do Rio Claro.

Com a compra, foram adquiridas 32.793.440 ações preferenciais de emissão de Foz do Rio Claro em poder do FI-FGTS, correspondente a 80% da totalidade das ações preferenciais emitidas, pelo valor de R$ 86.208.706,81.

Com a aquisição, a Alupar aumentou sua participação total de 69,83% para 100% do capital social total da Foz do Rio Claro.

Emissões

Petrobras (PETR4 PETR3) informa sobre precificação do resgate de títulos globais

A Petrobras informou que sua subsidiária integral Petrobras Global Finance B.V. enviou notificações com o anúncio dos preços do resgate antecipado aos investidores dos títulos 4,375% Global Notes e 4,25% Global Notes, ambos com vencimento em 2023.

O valor total do resgate equivale a aproximadamente US$ 1,3 bilhão, excluindo juros capitalizados e não pagos, e considerando para os títulos em euros a taxa de câmbio de US$ 1,1717/€.

Proventos

Localiza (RENT3) aprova pagamento de JCP

O conselho de administração da Localiza (RENT3) autorizou o pagamento de juros sobre o capital próprio (JCP) no valor bruto de R$ 82,14 milhões, equivalente a R$ 0,109203628 por ação.

Farão jus ao pagamento os acionistas constantes da posição acionária da Companhia em 29 de setembro. O pagamento ocorrerá no dia 22 de novembro.

Unidas (LCAM3) aprova distribuição de JCP

A Unidas (LCAM3) informou o pagamento de JCP no montante de R$ 53,513 milhões, equivalentes a R$ 0,1058796052 por ação.

Para ter direito aos proventos, o acionista precisa estar posicionado no papel em 29 de setembro. Assim sendo, a partir de 30 de setembro as ações da Companhia serão negociadas “ex” juros. A Unidas informou ainda que o pagamento ocorrerá em 8 de outubro.

Movida (MOVI3) paga JCP

A Movida (MOVI3) comunicou o pagamento de JCP no valor bruto total de R$ 27,74 milhões, equivalentes a R$ 0,076772906.

Farão jus aos proventos os detentores de ações com posição acionária em 29 de setembro.

O pagamento está previsto para o dia 03 de novembro.

Guararapes (GUAR3) aprova pagamento de JCP

O conselho de administração da Guararapes (GUAR3) aprovou o pagamento de JCP no montante de R$ 15,075 milhões, correspondentes a R$ 0,0302 por ação.

Para ter direito, o acionista precisa ter posição acionária em 29 de setembro.

A Guararapes informou que a data do pagamento será deliberada na assembleia ordinária de 2022.

Tim (TIMS3) aprova pagamento de JCP

A Tim (TIMS3) irá pagar, no dia 27 de outubro, o valor de R$ 137,5 milhões a título de JCP.

Segundo a Companhia, o valor bruto por ação será de R$ 0,056809776.

A data de 29 de setembro foi definida como aquela que servirá para identificar os acionistas com direito a receber tais valores.

Döhler (DOHL4) aprova distribuição de proventos

O conselho de administração da Döhler (DOHL4) aprovou a distribuição de proventos no montante de R$ 6,68 milhões.

Dessa forma, será pago o valor de R$ 0,086 por ação ordinária e R$ 0,0946 por ação preferencial.

O crédito correspondente será efetivado em 30 de setembro, com base na posição acionária de 30 de setembro.

Money Week 5ª Edição

5 Dias de Evento | 70 Autoridades do Mercado Financeiro | 20 Horas de Conteúdo