Radar traz balanços de Santander (SANB11), Gerdau (GGBR4) e Cesp (CESP6)

Felipe Moreira
Editor na EuQueroInvestir, cobre temas que vão desde o mercado de ações ao ambiente econômico nacional e internacional.
1

O radar corporativo destaca que a Marfrig (MRFG3) registrou um lucro líquido de R$ 1,67 bilhão no balanço do 3TRI21, aumento de 148,7% na comparação ano a ano.

O Banco Inter (BIDI4; BIDI11) registrou um lucro líquido de R$ 19,24 milhões no balanço do 3TRI21. Um ano antes a empresa havia registrado prejuízo de R$ 8,06 milhões.

Praticidade e precisão, saiba quais melhores investimentos e como melhorar rentabilidade de suas ações

O Santander (SANB11) registrou um lucro líquido de R$ 4,34 bilhões no balanço do 3TRI21, equivalente a um aumento de 12,5%.

A Romi (ROMI3) registrou no terceiro trimestre de 2021 (3TRI21) um lucro líquido de R$ 85,85 milhões, alta de 137%.

A Cesp (CESP6) reverteu o prejuízo do terceiro trimestre de 2020 e registrou lucro líquido de R$ 395,3 milhões no balanço do terceiro trimestre de 2021 (3TRI21).

A WEG (WEGE3) registrou alta de 26% no lucro líquido do terceiro trimestre de 2021 (3TRI21).

A Gerdau (GGBR4) reportou alta de 604% no lucro do terceiro trimestre de 2021 (3TRI21).

A Metalúrgica Gerdau (GOAU4) apresentou crescimento de 592% no lucro líquido do 3TRI21 no comparativo anual.

A Getnet (GETT11) registrou um lucro líquido de R$ 94 milhões no terceiro trimestre de 2021 (3TRI21).

Já a Klabin aprovou nesta terça-feira (26) o pagamento de dividendos e juros sobre capital próprio. Ao todo, o montante da companhia é o de R$ 402 milhões.

Enquanto a Porto Seguro (PSSA3) aprovou o valor de juros sobre o capital próprio relativos ao segundo semestre deste ano, e de acordo com a empresa, o valor de R$ 177.431 milhões brutos corresponde aos dividendos de R$ 0,27584931026.

Por fim, a Petrobras (PETR4; PETR3) esclareceu que ajustes são realizados no curso normal de seus negócios, conforme suas políticas comerciais vigentes.

Veja mais destaques do radar corporativo:

O que você verá neste artigo:

Cias Abertas

Itaú-Unibanco (ITUB4) adere a acordo da ONU para emissões zero

O Itaú-Unibanco (ITUB4) informou que aderiu ao Net-Zero Banking Alliance (NZBA), acordo mundial liderado pela Organização das Nações Unidas (ONU) para mobilizar os recursos necessários para construir uma economia global com emissões líquidas zero de gases de efeito estufa, alinhada ao Acordo de Paris. A NZBA é formada por 59 bancos de 29 países. Possui aproximadamente US$ 39 trilhões em ativos.

A estratégia do banco, que já é neutro em carbono para suas emissões diretas (escopos 1 e 2), consiste em apoiar seus clientes de forma ativa e customizada em seus próprios processos de transição para uma economia de baixo carbono. Reduzindo assim suas emissões indiretas (escopo 3).

Via Dutra é disputada por EcoRodovias (ECOR3) e CCR (CCRO3)

A EcoRodovias (ECOR3) e a CCR (CCRO3) estarão na disputa pela concessão da Rodovia Presidente Dutra (Via Dutra), que liga o Rio de Janeiro a São Paulo. De acordo com o jornal Valor Econômico, as empresas entregaram seus lances na terça-feira (27) no processo de relicitação da rodovia. Uma das exigências ao novo concessionário é a realização de aportes de R$ 15 bilhões.

BTG (BPAC11) investirá US$ 1 bi em reflorestamento

O BTG Pactual (BPAC11), por meio de sua subsidiária Timberland Investment Group, fechou acordo de conservação para projetos de reflorestamento na América Latina. De acordo com o Valor Econômico, o acordo consiste em atuar como conselheira técnica na compra de terras desmatadas para reflorestamento. A previsão é investir US$ 1 bilhão em cinco anos.

Klabin (KLBN11) alcança resultado recorde e propõe dividendos

A Klabin (KLBN11) registrou, no terceiro trimestre (3TRI21), receita líquida, volume de vendas e ebitda considerado recorde para o trimestre, de acordo com o Valor Econômico. Esse resultado levou a companhia a propor pagamento de R$ 402 milhões em dividendos aos acionistas. O pagamento se dará em dividendos intercalares de R$ 300 milhões e o restante em juros sobre o capital próprio (JCP).

Tim (TIMS3) investirá R$ 2,2 bilhões a mais com 5G

A Tim (TIMS3) deve investir ampliar seus investimentos de R$ 2,2 bilhões no ano que vem devido ao leilão da rede 5G, pelo governo, previsto para 4 de novembro. De acordo com o Valor Econômico, a operadora tem contratos de fornecimento de equipamentos com a Ericsson e a Huawei, mas que devem ser reavaliados, pois vencem no fim de 2022.

Ultra (UGPA3) focará investimentos em infraestrutura e energia

O Grupo Ultra (UGPA3) focará seus investimentos em infraestrututa e energia. De acordo com o Valor Econômico, a empresa buscará negócios na cadeia de gás natural e vê potencial no setor de biocombustíveis. Os planos estão em discussão com os acionistas do grupo.

De acordo com a matéria, a companhia avalia comprar participações em distribuidoras de gás canalizado. Com relação à infraestrutura, investimento em portos estão na mira.

Petrobras (PETR3; PETR4): resultados devem ser puxados pela alta do petróleo

Os resultados da Petrobras (PETR3; PETR4), no terceiro trimestre do ano (3TRI21), devem ser puxados pela valorização do barril do petróleo. De acordo com matéria do Valor Econômico, bancos estimam aumento de receitas e da geração de caixa operacional da companhia no período.

Carrefour (CRFB3) elege Stéphane Maquaire como CEO

O Conselho de administração do Carrefour (CRFB3) aprovou Stéphane Maquaire como diretor-presidente da empresa.

Assembleia Legislativa de Minas Gerais prorroga CPI da Cemig em 60 dias

A Cemig (CMIG4) informou que na reunião extraordinária da Assembleia Legislativa de Minas Gerais, realizada no dia de hoje (26), deliberou-se pela prorrogação, em mais 60 dias, dos trabalhos da Comissão Parlamentar de Inquérito para apurar atos da gestão da companhia.

Devido ao recesso parlamentar, com início previsto em dezembro, a prorrogação da CPI se estenderá até 21 de fevereiro de 2021.

Questionada pela CVM, Petrobras (PETR4; PETR3) esclarece que Bolsonaro não tem informação privilegiada

Em atendimento ao ofício da CVM questionando o reajuste de preços, a Petrobras (PETR4; PETR3) esclareceu que ajustes são realizados no curso normal de seus negócios, conforme suas políticas comerciais vigentes.

No domingo, 24, o presidente Jair Bolsonaro manifestou a expectativa de aumento no preço dos combustíveis “nos próximos dias”, levando em conta o preço do barril de petróleo lá fora e o comportamento do dólar aqui dentro.

Em sua declaração, o Presidente afirmou não possuir “informação privilegiada” ou “bola de cristal”, assim como não especificou o produto, a data ou valor do possível aumento de preços.

Dessa forma, a Petrobras declarou que não havia qualquer ato ou fato que caracterizasse Fato Relevante.

A Companhia esclarece, ainda, que a influência do movimento do mercado internacional de petróleo e da taxa de câmbio nos preços de seus produtos é constantemente analisada pelos participantes do mercado e noticiada pela imprensa.

Petrobras (PETR4): MP/TCU pede monitoramento de pedido da estatal ao Ibama

O MP/TCU solicitou o monitoramento de pedido da Petrobras (PETR4) ao Ibama para explorar petróleo na região da foz do Rio Amazonas, área de extrema sensibilidade ambiental.

Petrorio (PRIO3) informa Poço TBMT-10H

A Petrorio (PRIO3) começou a operar no poço TBMT-10H, localizado no campo de Tubarão Martelo e ao todo, são extraídos cerca de 3800 barris de óleo por dia.  De acordo com a companhia, a produção ainda está em período de estabilização.

O poço TBMT-10H é interligado ao poço FPSO Bravo e foi perfurado no ano de 2013. Ao todo, a Petrorio investiu USS$ 17,5  milhões de dólares, com um“payback” estimado em menos de três meses. De acordo com a empresa, esta produção incremental reduzirá a alíquota marginal de royalties em 5%.

Jereissati (JPSA3) unificada com Iguatemi (IGTA3)

A Jereissati (JPSA3), convocou os seus acionistas, até o dia 16 de novembro, para solicitar a conversão das suas ações para formar as Units, vale lembrar, que estes serão os principais ativos de maior liquidez da empresa já que haverá a unificação da Jereissati com a Iguatemi (IGTA3). O processo de formação de Units deverá ser feito até o prazo fixado.

Incêndio na Minerva (BEEF3)

A Minerva (BEEF3), que atua com exportação de carne bovina comunicou um incêndio em uma das plantas da Athena Foods, localizada em Assunção, no Paraguai,  nesta terça-feira (26).

Segundo a empresa, a área foi evacuada e não houve feridos. A produção desta planta, será direcionada para outra unidade industrial e as operações de abate e produção seguirão normalmente, sem nenhum tipo de ônus para a companhia. A Athena Foods conta com cinco plantas e com uma capacidade total de abate de 5,4 mil cabeças de gado ao dia.

Assaí (ASAI3) liquida certificados de recebíveis imobiliários

O Assaí (ASAI3) comunicou a liquidação financeira de certificados de recebíveis imobiliários (CRI) no montante de R$ 1,5 bilhão.

Os recursos captados pela Companhia, no âmbito dos CRI, serão destinados ao reembolso de gastos e em investimentos futuros em expansão e/ou manutenção de imóveis próprios.

IRB (IRBR3) informa saída de diretor

O IRB (IRBR3) comunicou que nesta terça (26) a Sra. Isabel Blázquez Solano deixou o cargo de diretora vice-presidente executiva de resseguros.

O cargo será ocupado interinamente pelo diretor presidente, Raphael Afonso Godinho de Carvalho, que acumulará as funções.

Balanços

Getnet (GETT11) lucra R$ 94 mi no 3TRI21, alta de 115%

A Getnet (GETT11) registrou um lucro líquido de R$ 94 milhões no terceiro trimestre de 2021 (3TRI21), alta de 115% na comparação ano a ano. Segundo a empresa, o principal motivo que resultou nos aumentos do lucro líquido foi o crescimento da receita, relacionado a maiores volumes de antecipação e crescimento das receitas provenientes da plataforma digital.

Metalúrgica Gerdau (GOAU4) tem alta de 592% no lucro do 3TRI21

A Metalúrgica Gerdau (GOAU4) apresentou crescimento de 592% no lucro líquido do 3TRI21 no comparativo anual. Assim, a empresa passou de um lucro líquido de R$ 807 milhões no 3TRI20 para R$ 5,58 bilhões no 3TRI21.

Gerdau (GGBR4) tem alta de 604% no lucro do 3TRI21

A Gerdau (GGBR4) reportou alta de 604% no lucro do terceiro trimestre de 2021 (3TRI21). Isso por que a empresa havia registrado R$ 704 milhões no 3TRI20 e agora lucrou R$ 5,59 bilhões. O resultado foi recorde para um trimestre da companhia.

WEG (WEGE3) tem alta de 26% no lucro líquido do 3TRI21

A WEG (WEGE3) registrou alta de 26% no lucro líquido do terceiro trimestre de 2021 (3TRI21). No balanço divulgado nesta quarta-feira (27) a empresa reportou lucro de R$ 812,9 milhões no 3TRI21 contra R$ 644 milhões no 3TRI20.

Cesp (CESP6) reverte prejuízo e lucra R$ 395,3 milhões no 3TRI21

A Cesp (CESP6) reverteu o prejuízo do terceiro trimestre de 2020 e registrou lucro líquido de R$ 395,3 milhões no balanço do terceiro trimestre de 2021 (3TRI21). O resultado, segundo a empresa, é explicado principalmente pelo impacto positivo da repactuação do GSF.

Romi (ROMI3) tem alta de 137% no lucro no 3TRI21

A Romi (ROMI3) registrou no terceiro trimestre de 2021 (3TRI21) um lucro líquido de R$ 85,85 milhões, alta de 137% na comparação com o mesmo período do ano passado.

Já no acumulado para os nove meses de 2021, a Companhia reportou um lucro líquido de R$ 149,41 milhões, aumento de 69,2% sobre a base anual.

Santander (SANB11) lucra R$ 4,34 bilhões no 3TRI21, alta de 12,5%

O Santander (SANB11) registrou um lucro líquido de R$ 4,34 bilhões no balanço do 3TRI21, equivalente a um aumento de 12,5% quando comparado ao mesmo período de 2020.

A carteira de crédito ampliada do Banco, que inclui as outras operações com risco de crédito e avais e fianças, atingiu R$ 526.488 milhões, incremento de 13,1% no ano.

Banco Inter (BIDI4; BIDI11) lucra R$ 19,24 milhões no 3TRI21

O Banco Inter (BIDI4; BIDI11) registrou um lucro líquido de R$ 19,24 milhões no balanço do 3TRI21. Um ano antes a empresa havia registrado prejuízo de R$ 8,06 milhões.

A carteira de crédito ampliada atingiu R$ 16 bilhões, com crescimento de 116% na comparação anual. Já o saldo da carteira de crédito consignado totalizou R$ 3 bilhões, alta de 130% no ano.

Marfrig (MRFG3) registra lucro de R$ 1,675 bi no 3TRI21, alta de 148,7%

A Marfrig (MRFG3) registrou um lucro líquido de R$ 1,67 bilhão no balanço do 3TRI21, aumento de 148,7% na comparação ano a ano.

No acumulado para os nove meses de 2021 a companhia reportou um lucro líquido de R$ 4,86 bilhões, alta de 125,4% na base anual.

Emissões

Sulamérica (SULA11) aprova emissão de debêntures

O Conselho de Administração da Sulamérica aprovou, nesta terça-feira (26), a realização da 9ª emissão de debêntures simples, não conversíveis em ações, em 2 séries.

A Emissão será composta por 1.500.000 Debêntures, com valor nominal unitário de R$ 1.000,00, perfazendo o valor total da Emissão de R$ 1,5 bilhão, na data de emissão.

As Debêntures da primeira série e as Debêntures da segunda série terão vencimento em 8 de novembro de 2026 e 8 de novembro de 2028, respectivamente.

Proventos

Klabin (KLBN11) aprova proventos

A Klabin aprovou nesta terça-feira (26) o pagamento de dividendos intercalares e juros sobre capital próprio. Ao todo, o montante da companhia é o de R$ 402 milhões.

Nos JCP, o valor bruto da companhia é o de R$ 102 milhões, sendo R$ 0,01857175459 por ação ordinária e o valor correspondente as Units é a quantia de R$ 0,09285877295/Uni.

Já nos dividendos, o valor da distribuição da Klabin é de R$ 300 milhões, com a razão de R$ 0,05462280763 por ação ordinária e a razão de R$ 0,27311403815 correspondente às Units.

O pagamento dos dividendos e juros serão imputados ao valor a partir do dia 11 de novembro e as ações passarão a ser negociadas em “ex-dividendos’ e “ex-juros sobre capital próprio” a partir do dia 01 de novembro deste ano.

Klabin (KLBN11) informa sobre eleição do presidente do conselho

A KLABIN anunciou que Wolff Klabin foi eleito como Presidente do Conselho de Administração da companhia, a fim de completar o mandato ora em curso, que se encerra na Assembleia Geral Ordinária de 2022.

Satander (SANB11) aprova a distribuição de 3 bilhões em dividendos

O Santander aprovou a distribuição de R$ 3 bilhões em dividendos nesta terça-feira (26), em reunião realizada por teleconferência com o Conselho Fiscal e seus membros.

De acordo com o banco, a taxa começou a ser contabilizada no dia 30 de setembro de 2021 e  o montante será pago em Assembleia Geral Ordinária até o dia 30 de abril de 2022.

Porto Seguro (PSSA3) divulga valores de JCP

A Porto Seguro (PSSA3) comunicou aos seus acionistas, nesta terça-feira, o valor de juros sobre o capital próprio relativos ao segundo semestre deste ano, e de acordo com a empresa, o valor de R$ 177.431 milhões brutos corresponde aos dividendos de R$ 0,27584931026.

O crédito será pago em valores líquidos no dia 29 de outubro e a partir do dia primeiro de novembro, as ações da Porto Seguro serão negociadas de acordo com o juros ao consumidor. O pagamento do montante será realizado até o dia 30 de maio de 2022.

Companhia Energética do Ceará aprova pagamento de JCP

A Companhia Energética do Ceará (COELCE) comunicou na última segunda-feira (25), que foi aprovado o pagamento de juros sobre o capital próprio. Ao todo, o patrimônio líquido da companhia é o de R$ 117 milhões, o que corresponde ao valor bruto de R$ 1,50278788 por ação ordinária.

A companhia ainda comunicou sobre o pagamento JCP, que será realizado no dia 29 de novembro deste ano e terão direito ao valor correspondente aos juros, os acionistas que estão inscritos na COELCE durante o final do mês de outubro.

Eucatex (EUCA3) anuncia pagamento de proventos

A Eucatex (EUCA3) informou que efetuará o pagamento dos dividendos dos exercícios de 2014 a 2019 no dia 29 de outubro.

Mudança Acionária

Mobly (MBLY3) tem mudança acionária relevante

A Mobly (MBLY3) informou que recebeu hoje (26) notificação da a TRUXT Investimentos, informando que fundos ou carteiras de investimento geridos pela TRUXT alienaram ações ordinárias de emissão da Mobly, passando a deter, em conjunto, um total de 4.997.813 ações de mesma classe (MBLY3), que representam, aproximadamente, 4,69% do total de ações ordinárias emitidas pela Companhia.

Tigre: mudança acionária relevante

A Tigre informou que em função da incorporação da empresa Skywood Investments pela Skywood Luxembourg, a participação de 35,85% da incorporada na Tigre passa a pertencer a incorporadora.