Radar traz Hypera (HYPE3), BTG (BPAC11) e Vale (VALE3)

Felipe Moreira
Editor na EuQueroInvestir, cobre temas que vão desde o mercado de ações ao ambiente econômico nacional e internacional.
1

Foto: radar

O radar corporativo desta quinta-feira (23) destaca que a Hypera (HYPE3) aprovou a distribuição de juros sobre capital próprio (JCP) no montante de R$ 194,77 milhões, equivalentes a R$ 0,30808 por ação ordinária.

O BTG Pactual (BPAC11) recebeu autorização do Banco Central para adquirir o Grupo Universa, que reúne as empresas Empiricus, Vitreo, Money Times, Seu Dinheiro e Real Valor.

Praticidade e precisão, saiba quais melhores investimentos e como melhorar rentabilidade de suas ações

Já a Vale (VALE3) anunciou uma alteração no valor dos dividendos. A quantia distribuída por ação saiu de R$ 8,108316476 para R$ 8,197239442, diferença de 1,1,% – com o yield chegando a 9,41% levando em conta o preço da ação no fechamento desta quarta-feira (22).

Enquanto a Copel (CPLE6) aprovou uma suplementação orçamentária de R$ 85 milhões para o cumprimento do plano de investimentos da Copel Distribuição (Copel DIS), passando de R$ 1,217 bilhão para R$ 1,302 bilhão.

Por fim, o Banco Modal (MODL11) comunicou a distribuição de R$ 16 milhões. Para ter direito ao JCP, o acionista precisa estar posicionado no papel em 27 de setembro.

Veja mais destaques do radar corporativo:

Cias Abertas

Embraer (EMBR3) assina memorando para fornecimento de 100 eVTOLs

A Embraer (EMBR3) assinou, com a Bristow, um memorando de entendimento para o fornecimento de 100 eVTOLs a partir de 2026. O fornecimento das unidades se dará por meio da Eve, subsidiária da companhia de aviação no segmento de inovação.

Kora Saúde (KRSA3) aprova contratação de até R$ 100 milhões em financiamento

O conselho de administração da Kora Saúde (KRSA3) aprovou a contratação e a emissão de cédulas de crédito bancário no valor de até R$ 100 milhões. A operação será feita junto ao Banco do Brasil (BBAS3). Será feito pelo prazo de até 72 meses, incluídos até 12 meses de carência apenas para o principal, a uma taxa de CDI + 2,30% ao ano. E ainda um Fee de 0,60% sobre o valor total do contrato.

Eletrobras (ELET3 ELET6) faz parceria por renováveis na Amazônia

A Eletrobras (ELET3 ELET6) fez uma parceria com o BNDES – Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social – para a instalação de usinas de energia renováveis na Amazônia, de acordo com o Valor Econômico. Os estudos visam substituir usinas a óleo diesel por eólicas e solares na região.

Sabesp (SBSP3) reduz intervalo de menor pressão na água

A crise hídrica fez a Sabesp (SBSP3) tomar uma ação para economizar água. A companhia ampliou o intervalo de tempo de menor pressão de água, segundo o jornal Valor Econômico. Agora, esse período vai das 21h às 5h, contra o período anterior, de 23h às 5h.

Ultrapar (UGPA3) tem novo presidente

Marcos Lutz é o novo presidente da Ultrapar (UGPA3), de acordo com o jornal Valor Econômico. O executivo tem passagem pela Cosan (CSAN3) e ficará à frente da diretoria até 2023, quando passará ao cargo de presidente do conselho de administração.

Presidente do conselho da Klabin (KLBN11) morre aos 88 anos

A Klabin (KLBN11) perdeu o presidente do conselho: Armando Klabin, de 88 anos, faleceu nesta quarta-feira, de acordo com o Valor Econômico.

Copel (CPLE6) informa  suplementação orçamentária de R$ 85 milhões para plano de investimentos

A Companhia Paranaense de Energia – COPEL (CPLE6) informou que o Conselho de Administração da companhia aprovou, nesta quarta-feira (22), uma suplementação orçamentária de R$ 85 milhões para o cumprimento do plano de investimentos da Copel Distribuição (Copel DIS), passando de R$ 1,217 bilhão para R$ 1,302 bilhão.

Irani (RANI4) aprova investimentos estratégicos no montante de R$ 70,2 milhões

A Irani (RANI4) aprovou a execução de investimentos estratégicos no montante de R$ 70,2 milhões.

Segundo a companhia, os recursos serão destinados a um sistema de gerenciamento de informações de processo; ampliação da Estação de Tratamento de Efluentes para a fábrica de Papel de Vargem Bonita SC; uma nova impressora e um sistema de automação para a fábrica de Embalagem SP.

Gol (GOLL4) tem rating elevado pela Fitch

A agência classificadora de risco, Fitch, elevou rating da Gol (GOLL4) de CCC+ para B-, com perspectiva estável.

Ultrapar (UGPA3) elege novo presidente da Ipiranga

O conselho de administração da Ultrapar (UGPA3) aprovou a eleição de Leonardo Remião Linden como novo presidente da Ipiranga.

A Ultrapar informou ainda a eleição de Marcelo Pereira Malta de Araújo para a diretoria executiva corporativa e de participações na holding Ultrapar. Ambas contratações serão efetivadas em outubro de 2021.

Aquisições e Fusões

BTG Pactual poderá comprar grupo Universa

O BTG Pactual (BPAC11) recebeu na noite desta quarta-feira (22) autorização do Banco Central para adquirir o Grupo Universa, que reúne as empresas Empiricus, Vitreo, Money Times, Seu Dinheiro e Real Valor.

A compra de 100% do conglomerado havia sido anunciada no fim de maio e aprovada em julho pelo Cade. O negócio faz parte da estratégia de expansão do BTG Pactual no segmento de varejo de investimentos e envolve pagamento de R$ 440 milhões à vista e R$ 250 milhões em units BPAC11.

Emissões

Minerva (BEEF3) aprova emissão de debêntures no valor de R$ 400 milhões

A Minerva (BEEF3) anunciou hoje (22) a emissão de debêntures simples no montante de R$ 400 milhões.

Eletrobras (ELET3) comunica encerramento de oferta de debêntures CGT Eletrosul

A Eletrobras (ELET3) comunicou o encerramento da oferta pública, com esforços restritos, de debêntures emitidas pela controlada CGT Eletrosul.

Segundo a companhia, foram subscritas e integralizadas 400 mil debêntures simples, com valor unitário de R$ 1 mil, perfazendo o total de R$ 400 milhões.

Proventos

Vale altera valor final de dividendos

A Vale (VALE3) anunciou uma alteração no valor dos dividendos. A quantia distribuída por ação saiu de R$ 8,108316476 para R$ 8,197239442, diferença de 1,1,% – com o yield chegando a 9,41% levando em conta o preço da ação no fechamento desta quarta-feira (22).

Estão aptos para receber os dividendos todos os investidores que possuíam ações da Vale em carteira no fechamento do pregão de 22 de setembro e todos os estrangeiros detentores de ADRs da mineradora no dia 24 de setembro.

Hapvida (HAPV3) aprova JCP e tem renúncia de executivo

Já a Hapvida (HAPV3) aprovou, através do conselho de administração, a distribuição de R$ 45,7 milhões aos acionistas no formato de juros sobre capital próprio (JCP).

Serão R$ 0,0117651047 por ação, de forma bruta – com possibilidade de incidência de 15% de imposto de renda, a depender dos acionistas serem imunes ou não.

Além do JCP, o conselho de administração informou que recebeu o pedido de renúncia ao cargo do vice-presidente comercial e de relacionamento da Hapvida Candido Pinheiro Koren de Lima Júnior, com validade a partir de dezembro. O conselheiro Lício Tavares Ângelo Cintra vai assumir a função.

Candido permanece como membro do conselho e, segundo a companhia, se dedicará integralmente à definição da estratégia da companhia.

Hypera (HYPE3) pagará JCP de R$ 0,308 por ação

A Hypera (HYPE3) aprovou a distribuição de juros sobre capital próprio (JCP) no montante de R$ 194,77 milhões, equivalentes a R$ 0,30808 por ação ordinária.

Farão jus aos proventos, os acionistas com posição acionária ao final de 27 de setembro, de modo que, a partir do dia 28 de setembro ações serão negociadas “ex-juros sobre capital próprio”.

Banco Modal (MODL11) aprova pagamento de JCP

O Banco Modal (MODL11) comunicou a distribuição de R$ 16 milhões. Para ter direito ao JCP, o acionista precisa estar posicionado no papel em 27 de setembro.

Os Juros sobre o Capital Próprio aprovados serão pagos a partir do dia 07 de outubro.

Mudança Acionária

Anima Holding (ANIM3) tem alteração acionária relevante

A Anima Holding (ANIM3) informou que a Absoluto Partners Gestão de Recursos atingiu o montante de 20.292.603 ações da empresa, equivalente a 5,02% da totalidade das ações da companhia.

Grupo Soma (SOMA3) informa que Atmos atingiu posição de 5,81% na companhia

A Atmos Capital informou que atingiu posição de 5,81% no capital social do Grupo Soma (SOMA3).

Money Week 5ª Edição

5 Dias de Evento | 70 Autoridades do Mercado Financeiro | 20 Horas de Conteúdo