Radar traz Gol (GOLL4), Ambipar (AMBP3), Ânima (ANIM3) e Ser (SEER3)

Matheus Gagliano
Colaborador do Torcedores
1

O Radar Corporativo destaca que a Petrobras (PETR3 PETR4) assinou contrato para venda de ativos em Alagoas, avaliado em US$ 300 milhões, para a Petromais.

A empresa também dará início, este mês, às operações sísmicas no Parque das Baleias, na Bacia de Campos, empregando pela primeira vez a tecnologia Ocean Bottom Nodes (OBN).

Praticidade e precisão, saiba quais melhores investimentos e como melhorar rentabilidade de suas ações

A BR Distribuidora (BRDT3) deverá fazer oferta primária de ações, segundo o presidente da companhia, Wilson Ferreira Júnior, afirmou ao Valor.

A Enauta (ENAT3) paralisou atividades em dois poços no campo de Atlanta devido a uma falha no sistema de bombeio.

Já a Gol (GOLL4) apresentou demanda de voos domésticos (RPK) 343,9% maior no segundo trimestre de 2021 no comparativo com o mesmo período de 2020.

A Ambipar (AMBP3), por sua vez, informa aquisição de 100% da Sabi Tech através de sua controlada indireta, a Suatrans Chile S.A.

A JHSF (JHSF3) compra 67% da Usina São Paulo, que tem localização privilegiada, conectando as duas margens do Rio Pinheiros.

O BBM (BBML3) assina memorandos para aquisições de empresas no segmento e-commerce e cargas fracionadas.

Já Ânima (ANIM3) e Ser Educacional (SEER3) assinam distrato de opção de compra dos ativos da Laureate.

Cury (CURY3) anuncia vendas líquidas de R$ 682,57 milhões, com crescimento de 133,7% sobre a base anual na prévia do segundo trimestre.

Rumo (RAIL3) fará emissão de debêntures totalizando R$ 1,043 bilhão.

Por fim, a Privalia deve fechar dois acordo com o BTG Pactual (BPAC11): o banco deve ancorar o IPO da rede de lojas e ficar com 5% do capital.

Veja a cobertura completa do Radar Corporativo:

Cias abertas

Petrobras (PETR3 PETR4) assina contrato para venda de ativos

A Petrobras (PETR3 PETR4) informou ter assinado um contrato para venda de ativos em Alagoas, avaliado em US$ 300 milhões. O acordo foi assinado com a empresa Petromais Global Exploração e Produção.

Inclui o repasse da participação da petroleira em sete concessões terrestres e de águas rasas, no Polo Alagoas. Do montante acordado para venda, US$ 60 milhões já foram pagos. O valor restante, será repassado na conclusão da transação. O negócio está em avaliação na Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (ANP).

De acordo com a Petrobras, esse negócio está alinhado com a otimização do portfólio. A ideia é concentrar os recursos em ativos de águas profundas e ultra profundas.

Petrobras (PETR3 PETR4) inicia operação sísmica para Parque das Baleias

A Petrobras (PETR3 PETR4) iniciará, ainda na primeira quinzena do mês, as operações sísmicas no Parque das Baleias, na Bacia de Campos.

A companhia empregará pela primeira vez nessa atividade, a tecnologia Ocean Bottom Nodes (OBN) e novos levantamentos multifísica.

O investimento no equipamento foi de US$ 50 milhões e foi feito junto à ShearWater Geoservices do Brasil. A ideia é melhorar o imageamento 3D do campo e o futuro monitoramento em 4D.

Enauta (ENAT3) interrompe produção no campo de Atlanta

A Enauta Participações (ENAT3) informou que dois poços no campo petrolífero de Atlanta foram paralisados devido a uma falha no sistema de bombeio. O primeiro deve retomar a produção na segunda quinzena do mês. Atualmente, apenas um poço mantém a produção. Já o segundo poço, deve voltar a produzir em agosto.

BBM (BBML3) assina memorandos para aquisições

A BBM Logísitica (BBML3) informou ter assinado dois memorandos não vinculantes para comra de empresas no segmento e-commerce e cargas fracionadas.

A primeira, é uma empresa focada no atendimento ao cliente desde a coleta das mercadorias até a entrega final do produto.

A segunda, se trata de uma empresa com foco no Nordeste e Norte. Esta é considerada uma complementariedade geográfica à operação atual de carga fracionada da BBM.

Privalia terá BTG (BPAC11) como parceiro visando IPO

A rede de lojas outlet Privalia, fechou dois acordo com o BTG Pactual (BPAC11). Segundo matéria do Valor Econômico, a ideia é que o banco possa ancorar o IPO da rede de lojas: o BTG ficará com 5% do capital.

Em paralelo, o braço de varejo, BTG+, ficará com a parceria no e-commerce, oferecendo produtos para clientes e fornecedores. O IPO da Privalia era para ter ocorrido em abril, mas foi cancelado.

Agora, a oferta inicial de ações deve ocorrer, de forma restrita, nas próximas semanas.

Gol (GOLL4) vê demanda por voos mais que triplicar no 2TRI

A Gol (GOLL4) apresentou uma demanda de voos domésticos (RPK) 343,9% maior no segundo trimestre de 2021 no comparativo com o mesmo período de 2020.

Já a oferta de voos, medida pelo indicador assento por quilômetro oferecido (ASK), aumentou 307,5% no trimestre.

Cury (CURY3) tem alta de 133,7% nas vendas líquidas no 2TRI

A Cury (CURY3) anunciou em sua prévia operacional, vendas líquidas de R$ 682,57 milhões, crescimento de 133,7% sobre a base anual.

No trimestre foram lançados 7 empreendimentos totalizando um VGV de R$ 686,2 milhões.

Anima (ANIM3) assina distrato de opção de compra com a Ser (SEER3)

A Anima (ANIM3) informou nesta segunda-feira (5) que assinou o distrato com a Ser Educacional (SEER3) onde haviam ajustado uma opção de compra, em favor da Ser, de 100% das quotas representativas do capital social das sociedades mantenedoras da Faculdade Internacional da Paraíba (FPB), do Centro Universitário dos Guararapes (UNIFG) e do CEDEPE Business School.

Outras opções de compra e/ou de venda e direitos de preferência também ficaram extintos com o distrato.

O acordo foi aceito entre ambas as partes, e agora a Anima Educação permanece detentora de 100% dos ativos brasileiros do Grupo Laureate, instituições essas que são referências em seus mercados de atuação.

S&P eleva rating nacional da Irani Papel e Embalagem (RANI3) de brA para brAA

A Irani Papel e Embalagem (RANI3) anunciou que a agência de classificação de risco de crédito S&P Global Ratings elevou o rating de crédito de emissor de longo prazo da Companhia de ‘brA’ para ‘brAA’ na Escala Nacional Brasil, com perspectiva estável.

Também foram elevados os ratings atribuídos à 3ª Emissão Pública de Debêntures Simples Verdes (CELU13) e à 4ª Emissão de Debentures Simples Privada Verdes (RANI14), de ‘brA+’ para ‘brAA+’.

Invepar (IVPR4B): Tráfego de passageiros no Aeroporto do Guarulhos registra alta de 14% em junho

A Invepar (IVPR4B) informou nesta segunda-feira (05) que o tráfego no Aeroporto de Guarulhos, em São Paulo, subiu 14% em junho quando comparado a maio.

O aumento foi puxado principalmente pelos voos internacionais, que corresponderam por 23% do tráfego.

Os pousos e decolagens em junho subiram 11%: passaram de 12.143 (maio) para 13.478 (junho).

Aquisições

Ambipar (AMBP3) compra SABI Tech

A Ambipar (AMBP3) divulgou na noite desta segunda-feira (5) a aquisição de 100% da SABI através de sua controlada indireta, a Suatrans Chile S.A.

A SABI atua há 17 anos na prestação de serviços com foco no atendimento a emergências ambientais no modal rodoviário, possuindo 14 bases operacionais na Colômbia, estrategicamente localizadas nas principais rotas e em pontos com histórico de acidentes.

JHSF (JHSF3) compra 67% da Usina São Paulo

A JHSF (JHSF3) concluiu nesta segunda-feira (05) a assinatura de um Term Sheet com a totalidade dos acionistas da Usina São Paulo da Usina São Paulo, na Cidade de São Paulo.

O termo regra as condições para a aquisição de67% das ações da Usina.

A operação está sujeito ao cumprimento de certas condições precedentes.

Tupy (TUPY3) convoca assembleia para avaliar aquisição da Teksid

A Tupy (TUPY3) convocou assembleia para avaliar a compra da Teksid, no valor de 67,5 milhões de euros.

Fundo Samambaia passa a ter 7,95% da BR Distribuidora (BRDT3)

A BR Distribuidora (BRDT3) informou ao mercado que recebeu comunicado sobre compra de ações por parte do Samambaia Master Fundo de Investimentos. A empresa gerida pelo empresário Ronaldo Cezar Coelho, informou que passou a deter 92.621.000 de papéis da ex-subsidiária da Petrobras (PETR3 PETR4).

Emissões e dívidas

Rumo (RAIL3) emite R$ 1,043 bilhão em debêntures

A Rumo S.A., (RAIL3) irá fazer uma emissão de debêntures totalizando R$ 1,043 bilhão. A operação de venda será feita no próximo dia 15. O valor nominal de cada debênture será de R$ 1 mil, na data da emissão.

Os papéis serão emitidos em duas séries, cuja quantidade foi definida em processo de bookbuilding.

Os recursos arrecadados com a venda dos papéis serão destinados à investimento, pagamento futuro ou reembolso de gastos, despesas ou dívidas relacionadas ao projeto de investimento.

Grazziotin (CGRA4) aprova recompra de ações

A Grazziotin (CGRA4) aprovou o programa de recompra de ações por meio do qual podem ser adquiridas até 1.036.809 de ações.

Conforme a companhia, as ações adquiridas no programa serão para permanência em tesouraria e posterior alienação ou cancelamento.

CEEE-D homologa aumento de capital

A CEEE-D (Companhia Estadual de Distribuição de Energia Elétrica), divulgou que em reunião realizada nesta segunda (5), o Conselho de Administração tomou conhecimento e homologou o aumento de capital social da Companhia no montante de R$ 3.362.158.135,09.

Desta maneira, o capital social passa dos atuais R$ 23.702.962,15 representado por 9.680.746 ações, sem valor nominal, sendo 9.516.732 ações ordinárias e 164.014 ações preferenciais, sem direito a voto para R$ 3.385.861.097,24 representado por 68.254.930 ações, sem valor nominal, sendo 68.090.916 ações ordinárias e 164.014 ações preferenciais, sem direito a voto, refletindo a emissão de 58.574.184 novas ações ordinárias, todas sem valor nominal, pelo preço de emissão de R$ 57,40 por ação.

Restoque convoca AGE para votar plano de recompra

Os acionistas da Restoque foram convocados para comparecerem à Assembleia Geral Extraordinária da Companhia que será realizada, em segunda convocação, no dia 14 de julho.

Durante a votação, eles devem deliberar sobre a aprovação de novo Plano de Opção de Compra de Ações.

BRK Ambiental emite debêntures

A BRK Ambiental Participações aprovou a realização da 9ª emissão de debêntures simples, não conversíveis em ações.

O valor total da emissão é de R$ 200 milhões, com prazo de vencimento de 2 anos.

CCR (CCRO3) aprova aumento de capital

A CCR (CCRO3) informou que o conselho de administração aprovou aumento de capital social de suas controladas.

Mudança acionária

BR Distribuidora (BRDT3): fundos de investimento e estrangeiros predominam em oferta da Petrobras

A BR Distribuidora (BRDT3) informou que os fundos de investimentos ficaram com a maior parcela. Eles adquiriram 251.630.490 ações, o equivalente a 57,6% do total ofertado (436.875.000 ações).

Os estrangeiros apareceram em segundo lugar, com 149.058.368 ações.

BR Distribuidora (BRDT3) tem alteração acionária

O Samambaia Master Fundo de Investimento em Ações informou que o Fundo passou a deter 92.621.000 ações ordinárias de emissão da BR Distribuidora (BRDT3), representativas de 7,95% do capital social da Companhia.

Energisa informa mudança acionária

A Energisa recebeu um comunicado de seu acionista Itaú Unibanco S.A. nesta segunda-feira (5), informando que adquiriu certificado de ações emitidas pela companhia, atingindo, de forma agregada, 26.564.520 units, representativas de 26.564.520 ações ordinárias (3,51% do capital na espécie) e de 106.258.080 ações preferenciais (10,04% do capital na espécie).

Como resultado dessa aquisição, o Itaú passou a deter 7,30% do capital social total da Energisa.

IPO

Privalia Celebra Acordo de Investimento com BTG Pactual (BPAC11)

A Privalia anunciou acordo operacional estratégico com o banco BTG Pactual (BPAC11), que será investidor âncora em uma eventual oferta pública inicial de ações (IPO) da varejista online.

Conforme o comunicado, o BTG Pactual se comprometeu a subscrever e integralizar ações equivalentes à até 5% do capital da Privalia em um futuro IPO.

Vem ai! Money Week

Aprenda a investir com quem realmente entende do mercado