Radar destaca Hering (HGTX3), Arezzo (ARZZ3), Oi (OIBR4) e Positivo (POSI3)

Felipe Moreira
Especialista em Mercado de Capitais e Derivativos pela PUC - Minas, com mais de 8 anos de vivência no mercado financeiro e de capitais. Certificações: CPA-10, CPA-20 e AAI. Apaixonado por educação financeira e investimentos.
1

No Radar Corporativo desta quinta-feira (15) destaque para a proposta, por parte da Arezzo (ARZZ3), de fusão com a Cia Hering (HGTX3), que acabou rejeitando a oferta.

Já a Petrobras (PETR4) confirma pagamento de R$ 10,272 bi sob a forma de dividendos, correspondendo ao valor de R$ 0,787446 por ação ordinária e preferencial em circulação.

Atingir um patrimônio de R$ 100 mil é para poucos, saiba quais são as melhores atitudes e aplicações para multiplicá-lo

Oi (OIBR3 OIBR4) terá a Telcomp, associação de empresas de telecomunicações, contra a venda de suas operações móveis, por conta de atos de concetração, em pedição ao Cade e Anatel.

Enquanto isso, a Positivo (POSI3) anunciou o licenciamento e incorporação das operações da marca de computadores Compaq em território brasileiro.

Entre as prévias, a EDP Energias do Brasil (ENBR3) informou que no primeiro trimestre o volume de energia distribuída avançou 4,4%, sendo 3,9% em São Paulo.

Já a RNI (RDNI3) reportou vendas líquidas de R$ 156,68 milhões no primeiro trimestre deste ano, o que representa um acréscimo de 108% em relação ao mesmo trimestre de 2020.

Por fim, a Vale (VALE3) anunciou que vai divulgar relatório de produção do primeiro trimestre de 2020 na próxima segunda-feira (19).

Veja agora o Radar Corporativo na íntegra:

O que você verá neste artigo:

Balanços operacionais

EDP (ENBR3): volume de energia distribuída cresce 4,4% no 1TRI

A EDP Energias do Brasil (ENBR3) informou que no primeiro trimestre de 2021 o volume de energia distribuída apresentou aumento de 4,4%, sendo 3,9% na EDP São Paulo e 5,1% na EDP Espírito Santo.

Também no primeiro trimestre deste ano, a Companhia registrou aumento de 2,6% no número de clientes e de 32,4% no número de clientes livres (248 clientes na EDP SP e 114 clientes na EDP ES), em função das migrações dos clientes do mercado cativo para o mercado livre.

RNI (RDNI3): vendas líquidas no 1T21 totalizam R$ 157 milhões, alta de 108%

A RNI (RDNI3) divulgou nesta quarta (14) a prévia dos resultados referentes ao primeiro trimestre de 2021.

No período, 100% das vendas líquidas contratadas ficaram em R$ 156,68 milhões, o que representa um acréscimo de 108% em relação ao mesmo trimestre de 2020.

Vale (VALE3): relatório de produção do 1TRI sai em 19 de abril

A Vale (VALE3) anunciou que vai divulgar relatório de produção do primeiro trimestre de 2020 na próxima segunda-feira (19). Os dados financeiros saem no dia 26, informa a companhia.

Enauta (ENAT3) adia reapresentação de balanços de hoje para até terça-feira

A Enauta (ENAT3) informou hoje o adiamento da reapresentação das informações trimestrais dos períodos encerrados em 31 de março, 30 de junho e 30 de setembro de 2020.

As demonstrações financeiras anuais referentes ao exercício findo em 31 de dezembro de 2020, divulgadas em 31 de março, já incorporaram as retificações necessárias de forma consolidada em bases anuais.

Essas reapresentações estavam previstas para 14 de abril de 2021. “Contudo”, segundo a Enauta, “em razão dos trabalhos de revisão que ainda se encontrarem em andamento, a companhia informa que o arquivamento das informações trimestrais de 2020 estão previstas até 20 de abril de 2021”.

Fusões e aquisições

Hering (HGTX3) rejeita proposta da Arezzo (ARZZ3) para fusão

A Cia Hering (HGTX3) informou que, após receber uma carta não solicitada da Arezzo (ARZZ3), com uma proposta não vinculativa para a potencial combinação de negócios, decidiu rejeitar a proposta.

De acordo com a Hering, a operação não atende ao melhor interesse dos acionistas e da própria Companhia.

A Hering informou ainda que pretende seguir na execução do seu plano estratégico que combina construção de marcas, expansão e integração de canais, e modernização do supply chain, com foco no cliente e na sustentabilidade.

Notre Dame (GNDI3) conclui aquisição

A Notre Dame Participações (GNDI3) informou que diante das aprovações da Agência Nacional de Saúde Suplementar (ANS) e do Conselho Administrativo de Defesa Econômica (Cade), a aquisição de instituições de saúde pela Notre Dame Saúde, subsidiária integral da Companhia, foi devidamente concluída nesta quarta (14).

A aquisição se refere a OSI Brasil, OSI Investimentos, Medisanitas Brasil, Com Vc Drogaria, Minas Saúde, Serviços Operativos Keralty, Centro Oftalmológico Keralty, Centro Clínico Venda Nova, Centro Médico Keralty e Hospital Keralty,

MPF pede suspensão de venda do Banco (BPAN4) a BTG (BPAC11)

O Ministério Público Federal pediu que o Tribunal de Contas da União (TCU) suspenda a venda anunciada pela Caixa Econômica Federal de ações do Banco Pan para o BTG Pactual.

A representação foi entregue pelo subprocurador Lucas Furtado ao TCU na quinta-feira da semana passada, dois dias depois do anúncio da operação. No entanto, segundo o Valor, a área técnica decidiu pelo indeferimento de medida cautelar.

Furtado ressaltou que a Ação Direta de Inconstitucionalidade 5.624 estabeleceu que “é necessária lei específica, em cada caso, para a criação de empresas estatais, e por decorrência, também para que sejam as mesmas privatizadas ou extintas”.

A Caixa fechou acordo para vender ao BTG 49,2% das ações ON do Pan por R$ 3,7 bilhões.

Biosev (BSEV3) aprova incorporação das ações pela Hédera

A Biosev (BSEV3) informou nesta quarta a aprovação da incorporação das ações emitidas pela Hédera, na razão de uma ação da Biosev por uma ação da Hédera.

A Hédera possui pouco mais de 79% das ações da Biosev, enquanto que a Suar Holding detém 14,5%. Ficou decidido também que a Hédera não pleiteará sua listagem no Novo Mercado da B3 (B3SA3).

Positivo (POSI3) anuncia licenciamento e incorporação da Compaq no Brasil

A Positivo (POSI3) anunciou nesta quarta (14) o licenciamento e incorporação das operações da marca de computadores Compaq em território brasileiro.

Em nota ao mercado, a companhia informa que vai fabricar e comercializar modelos de notebooks, desktops e all-in-one Compaq, marca da HP Inc., empresa resultante da fusão entre a Compaq Computer Corporation (CPQ) e a Hewlett-Packard Company (HP).

Proventos

Petrobras (PETR4) confirma pagamento de R$ 10,272 bi em dividendos

A Petrobras (PETR4) aprovou, em reunião da Assembleia Geral Ordinária nesta quarta (14), remuneração aos acionistas sob a forma de dividendos no valor de R$ 10,272 bilhões.

O montante corresponde ao valor de R$ 0,787446 por ação ordinária e preferencial em circulação.

Petrobras (PETR4): limite de remuneração dos administradores é aprovado em assembleia

A Assembleia Geral Extraordinária da Petrobras (PETR3 PETR4) determinou nesta quarta-feira (14) a fixação da remuneração dos administradores, dos membros do Conselho Fiscal e dos membros dos Comitês de Assessoramento ao Conselho de Administração.

O limite de remuneração global no período compreendido entre abril de 2021 e março de 2022 fica em até R$ 47.059.396,55 para os administradores. Os Conselheiros Fiscais ficam com até R$ 1.235.599,05. Até R$ 2.471.198,03 recebem os integrantes do Comitê de Auditoria Estatutário. Até R$ 3.953.916,85 os do Comitê de Auditoria Estatutário do Conglomerado. E até R$ 1.976.958,43 os dos demais Comitês Estatutários de Assessoramento ao Conselho de Administração.

Petrobras elege membros do Conselho Fiscal

Foram eleitos cinco membros do Conselho Fiscal e seus respectivos suplentes.

Agnes Maria de Aragão da Costa, Sérgio Henrique Lopes de Sousa e José Franco Medeiros de Morais, todos titulares eleitos pela União. Os suplentes escolhidos são: Jairez Elói de Sousa Paulista, Alan Sampaio Santos e Gildenora Batista Dantas Milhomem.

Os acionistas minoritários de ações ordinárias (PETR3) escolheram Patricia Valente Stierli, a titular, e Robert Juenemann como suplente.

Já os acionistas minoritários de ações preferenciais (PETR4) elegeram Michele da Silva Gonsales Torres a titular e Antonio Emílio Bastos de Aguiar Freire o suplente.

Banco do Estado do Pará (BPAR3) paga dividendos de R$ 68,7 mi

O Banco do Estado do Pará (BPAR3) informou o pagamento de dividendos no valor de R$ 68,74 milhões, equivalente a R$ 7,21952449 bruto por ação.

A companhia ressaltou que será deduzido o valor de R$ 45,824 milhões, pagos a título de Juros sobre o Capital Próprio nos dias 21 de outubro e 07 de dezembro de 2020.

Cias Abertas

Comgás (CGAS5) aprova celebração de contrato para atendimento emergencial

Os conselheiros de administração da Comgás (CGAS5) aprovaram, por unanimidade, a celebração do contrato para atendimento emergencial de danos às redes da Companhia e renovação dos ativos da Companhia (assistência técnica e serviços) entre a Comgás e a Concrejato.

Via Varejo (VVAR3): S&P atribui rating brAA, com perspectiva estável

A Via Varejo (VVAR3) comunicou nesta quarta-feira (14) que agência de classificação de riscos Standard and Poor’s Global Ratings, conhecida como S&P, atribuiu à companhia o rating corporativo brAA na escala nacional brasileira, com perspectiva “Estável”.

O rating “brAA” enquadra-se na parte superior da categoria Grau de Investimento na escala local, informa a Via Varejo.

Sanepar (SAPR11): agência reguladora aprova aumento de 5,7701% na tarifa de água e esgoto

A Companhia de Saneamento do Paraná, Sanepar (SAPR11), informou que o Conselho Diretor da Agência Reguladora de Serviços Públicos Delegados do Paraná (AGEPAR) homologou o revisão tarifária periódica da empresa.

Conforme deliberação da AGEPAR, será possível apontar para a tarifa no valor de R$ 5,6675/m³ a ser aplicada nas contas de água e esgoto 30 dias após a publicação da resolução pela agência, o que representa um aumento de 5,7701% em relação à tarifa base considerada de R$ 5,3583/m³.

Blau (BLAU3) recebe autorização da B3 (B3SA3) para redução temporária de free float

A Blau Farmacêutica (BLAU3) informou hoje aos seus acionistas e ao mercado em geral que, em resposta ao pedido de dispensa do requisito de enquadramento do percentual mínimo de ações em circulação estabelecido no Regulamento do Novo Mercado, o Free Float, a B3 concedeu, “em caráter extraordinário, autorização para redução temporária de seu Free Float”.

A Blau poderá manter Free Float em percentual equivalente ou superior a 15% durante o prazo de 18 meses a contar do encerramento da oferta pública primária e secundária de distribuição de ações ordinárias.

Oi (OIBR3): Telcomp protocola petição no Cade e Anatel

A Associação Brasileira das Prestadoras de Serviços de Telecomunicações Competitivas (TelComp) protocolou ontem petição para atuar como terceira interessada no ato de concentração da Oi Móvel, vendida pela operadora em
recuperação judicial para TIM, Claro e Telefônica, dona da Vivo, segundo reportagem do Estadão.

A solicitação foi dirigida ao Conselho Administrativo de Defesa Econômica (Cade) e à Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel). O Cade submeteu o ato de concentração ao mercado em 29 de março, e o prazo para manifestação termina nesta quinta-feira (15).

O argumento da TelComp, que representa 70 operadoras de médio porte, é que o consórcio formado por Vivo, Claro e TIM vão concentrar 97% da operação de serviços móveis no país e que muitas das concorrentes menores têm interesse em ficar com uma parte da Oi.

Banco do Brasil (BBAS3) e mudanças no comando

O governo federal sob a orientação de Fausto Ribeiro, quer repaginar a alta cúpula do BB (BBAS3), trocando a maioria das atuais sete vice-presidências.

Nos bastidores, de acordo com fontes ouvida pelo Estadão, é esperada a mudança mais brusca desde a chegada do governo Bolsonaro, o que colocaria o conglomerado na direção que trilhava antes das gestões de seus ex-presidentes liberais – o economista Rubem Novaes e André Brandão.

Ribeiro tem considerado “pratas da casa” para as posições. A ideia é ter um time da sua confiança, alinhado com a
orientação de continuar com a prioridade nos negócios, mas aproximar o conglomerado do Planalto.

Emissões e dívida

Celesc (CLSC4) aprova debêntures no total de R$ 550 milhões

A Centrais Elétricas de Santa Catarina, a Celesc (CLSC3 CLSC4), aprovou a sua 4ª Emissão de Debêntures, em série única. O valor total projetado é de R$ 550 milhões, com recursos destinados para o reforço de caixa.

As 550 mil debêntures emitidas, com valor unitário de R$ 1 mil, terão prazo de vigência de 5 anos contados da data de emissão, vencendo, portanto, em 15 de abril de 2026.

Allied (ALLD3) aumenta capital

O Conselho de Administração da Allied Tecnologia (ALLD3) aprovou aumento do capital social da companhia, com a emissão de novas ações, em virtude do exercício de opções de compra de ações no âmbito do Plano de Opção de Compra de Ações, aprovado pela Assembleia Geral Extraordinária realizada em 28 de setembro de 2018.

O aumento do capital social é no montante total de R$ 746 mil, com a consequente emissão de 69.280 novas ações ordinárias.

AES Brasil (AESB3) anuncia remuneração

A AES Brasil (AESB3), controladora direta da AES Tietê Energia, comunica aos debenturistas da 2ª série da 6ª emissão de debêntures o pagamento de juros.

Assim sendo, será pago no dia 15 de abril de 2021 o valor de R$ 0,03860064 por cada uma das 317.620.000 debêntures, totalizando valor de R$ 12.260.335,28.

Light (LIGT3) emite debêntures

A Light (LIGT3) comunicou aos seus debenturistas o pagamento de juros da primeira e segunda série da 15ª emissão de debêntures da Companhia.

Na 1ª série será pago o preço unitário de R$ 36,84281717 referente a cada uma das 521.707 debêntures sob o código LIGHA5.

Já na 2ª série será pago o valor de R$ 20,734126 para cada uma das 160.000 debêntures de código LIGHB5.

Renova (RNEW11) informa sobre subscrição

A Renova (RNEW11) informou que durante o período de exercício do direito de preferência, as ações emitidas no aumento de capital foram parcialmente subscritas pelos titulares de direitos de subscrição.

Dessa forma, das 175.648.118 ações ON emitidas, restaram 175.580.625 para subscrição de sobras.

Ao mesmo tempo, das 58.080.828 PN emitidas, restaram 58.030.015 para serem negociadas no procedimento de subscrição de sobras.

Rumo (RAIL3) comunica sobre pagamento de debêntures

A Rumo (RAIL3) informou ao detentores das debêntures referentes à 13ª emissão de debêntures simples que pagará em 15 de abril juros no valor unitário de R$ 21,13752446 por debênture referente a 2º Série.

Mudança acionária

OceanPact (OPCT3) informa alteração acionária

A OceanPact (OPCT3) informou que os fundos de investimento geridos pela Equitas passaram a deter, em 12 de abril de 2021,participação correspondente a 5,25% do total de ações ordinárias de emissão da empresa.

Esse percentual equivale a um total de 10.491.712 de ações ordinárias OPCT3, diz a OceanPact.

(Com Marco Antonio Lopes, Claudia Zucare, Rodrigo Petry e Redação)

Estude e compare seus investimentos em FIIs

Acesse esse material especial para avaliar resultados, performance e dividendos dos melhores FIIs no mercado