Radar FII: MAXR11 flexibiliza condições para locatária; confira os rendimentos divulgados

Regiane Medeiros
Colaborador do Torcedores
1

O BTG Pactual, na qualidade de administrador do FII Max Retail (MAXR11), esclareceu que houve flexibilização de algumas condições comerciais para uma locatária, visando a manutenção dos atuais contratos de locação para preservar o patrimônio dos cotistas.

Segundo o BTG, as referidas condições representam um impacto negativo na distribuição de rendimentos do Fundo de, aproximadamente, R$ 1,19 por cota, referente à competência de dezembro de 2020.

Simule seus investimentos com um especialista e confira as melhores opções de acordo com seu perfil

FII RB Capital Office Income (RBCO11) informa rescisão antecipada de locatária

O FII RB Capital Office Income (RBCO11) comunicou que o locatário do setor de logística, que ocupa o 1º andar e parte do 3º andar do Ed. Birmann 20, solicitou o encerramento antecipado do contrato, mediante o pagamento das indenizações cabíveis ao Fundo.

Caso nenhum outro locatário ocupe as áreas a serem devolvidas, o fato representará, após as indenizações a serem recebidas, um decréscimo de R$ 0,04 por cota nos rendimentos a serem distribuídos pelo Fundo.

O contrato de locação em questão representa 5,1% da receita imobiliária total e 4,4% da área locável do Fundo.

FII Brio Crédito Estruturado (BICE11) capta R$ 150,57 milhões em distribuição de cotas

O FII Brio Crédito Estruturado (BICE11) comunicou o encerramento, em 27 de janeiro, da distribuição pública com esforços restritos do Fundo.

No âmbito da referida oferta, os cotistas subscreveram 150.575 cotas com valor nominal unitário de R$ 1 mil, totalizando o montante de R$ 150,57 milhões.

O Fundo terá prazo de duração de 7 anos contados a partir do encerramento da oferta.

FII: Confira os rendimentos divulgados

NCHB11: R$ 1,248726848 por cota em 12/02

RBRL11: R$ 0,6 por cota em 12/02

BTCR11: R$ 0,57 por cota em 12/02

RBRP11: R$ 0,52 por cota em 12/02

FLCR11: R$ 0,85 por cota em 12/02

BMLC11: R$ 0,55 por cota em 12/02

JRDM11: R$ 0,234855088 por cota em 12/02

BPRP11: R$ 0,779679613 por cota em 12/02

RECT11: R$ 0,72 por cota em 12/02

CEOC11: R$ 0,45868549 por cota em 12/02

RELG11: R$ 0,6338 por cota em 12/02

RECR11: R$ 1,42 por cota em 12/02

MAXR11: R$ 12,084244746 por cota em 12/02

BCFF11: R$ 0,56 por cota em 12/02

HCTR11: R$ 2,22 por cota em 12/02

FEXC11: R$ 0,75 por cota em 12/02

RBRR11: R$ 0,6 por cota em 12/02

DEVA11: R$ 1,95 por cota em 12/02

BLMG11: R$ 0,725 por cota em 12/02

MGFF11: R$ 0,65 por cota em 18/02

RBRY11: R$ 0,75 por cota em 12/02

BTCR11: R$ 0,57 por cota em 12/02

DMAC11: R$ 0,9302495641 por cota em 18/02

TORD11: R$ 0,16 por cota em 12/02

KISU11: R$ 0,72 por cota em 12/02

BRCR11: R$ 0,490257406 por cota em 12/02

FAED11: R$ 1,346745617 por cota em 12/02

THRA11: R$ 0,423367916 por cota em 12/02

Cases da Bolsa

Aprenda análise fundamentalista de ações na prática, com maiores cases já criados na B3