Radar corporativo traz Carrefour (CRFB3), Inter (BIDI11) e B3 (B3SA3)

Felipe Moreira
Especialista em Mercado de Capitais e Derivativos pela PUC - Minas, com mais de 8 anos de vivência no mercado financeiro e de capitais. Certificações: CPA-10, CPA-20 e AAI. Apaixonado por educação financeira e investimentos.
1

O Radar Corporativo desta sexta-feira (25) destaca que o Carrefour (CRFB3) converteu todas as lojas adquiridas do Makro para a bandeira Atacadão.

Já o Banco Inter (BIDI11) movimentou aproximadamente R$ 5,5 bilhões em sua oferta subsequente de ações.

Simule seus investimentos com um especialista e confira as melhores opções de acordo com seu perfil

A Petrobras (PETR4) informou abertura de financiamento de longo prazo, pela Logum Logística junto ao BNDES, para implantação de poliduto para transporte de etanol e derivados nos estados de São Paulo e Minas Gerais. O valor do financiamento é de R$ 1,810 bilhão.

O CEO da Gol (GOLL4), Paulo Kakinoff, acredita que uma eventual fusão entre Latam Brasil e Azul (AZUL4) seria aprovada pelo Cade.

O Grupo Madero, que enfrenta dificuldades financeiras, continua firme em seu propósito de fazer um IPO (oferta inicial de ações) até o fim do ano.

Por fim, B3 (B3SA3), Sanepar (SAPR11), Guararapes (GUAR3), CEEE-GT (EEEL3 EEEL4) e Localiza (RENT3) aprovaram o pagamento de proventos.

Veja a cobertura completa do Radar Corporativo:

Cia Abertas

Carrefour (CRFB3) converte antes do prazo todas as lojas Makro para bandeira Atacadão

O Carrefour (CRFB3) soltou nota nesta quinta-feira (24) comunicando que “todas as lojas adquiridas” do Makro foram “integralmente convertidas para a bandeira Atacadão”.

A empresa afirma que em 1º de junho último concluiu a inauguração de todas as lojas, com exceção da loja alugada localizada em São Gonçalo, no Rio de Janeiro, incluindo posto de combustível, que “foi excluída da transação, por questões negociais junto ao proprietário do imóvel”.

O Carrefour desembolsou aproximadamente R$ 1,958 bilhão com a aquisição das 22 lojas próprias, 7 lojas alugadas e 13 postos de combustível.

PetroRio (PRIO3) tem plano de desenvolvimento de Frade aprovado pela ANP

A PetroRio (PRIO3) informou que a Agência Nacional de Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (ANP) aprovou o Plano de Desenvolvimento revisado do Campo de Frade, localizado a cerca de 118 quilômetros da costa norte do estado do Rio de Janeiro, em lâmina d’água entre 1.050 e 1.300 metros.

O novo Plano permite a perfuração de quatro poços produtores e três poços injetores horizontais.

A ANP ainda autorizou a retomada imediata da injeção de água em dois poços injetores existentes, até o início da operação dos novos poços injetores, ou um ano.

Duratex (DTEX3) cria Corporate Venture Capital

A Duratex (DTEX3) comunicou a criação de um fundo de Corporate Venture Capital (CVC) para investimentos em start-ups e scale-ups, em múltiplos estágios. O primeiro aporte é de R$ 100 milhões.

A empresa ressalta que será a única cotista do fundo, porém contará com o auxílio da Valetec, uma gestora de venture capital especializada.

“Por meio deste fundo”, explica a Duratex, será possível “acompanhar as macro tendências de transformação e inovação do setor de construção, reforma e decoração, através do desenvolvimento de negócios relevantes no longo prazo”.

Fleury (FLRY3) restabelece sistemas após ataque cibernético

O Fleury informou que que começou a restabelecer esses sistemas internos em hospitais após indisponibilidade dos sistemas da companhia, provocada pela tentativa de ataque cibernético.

Cade aprovaria uma eventual fusão entre Latam e Azul (AZUL4), diz Gol (GOLL4)

O CEO da Gol, Paulo Kakinoff, acredita que uma eventual fusão entre Latam Brasil e Azul seria aprovada por reguladores como o Conselho Administrativo de Defesa Econômica (Cade). A notícia é do Valor.

Azevedo e Travassos (AZEV3) informa aprovação de aditivo

Azevedo e Travassos informou que foi aprovado em Assembleia Geral de Credores, o aditivo ao Plano de Recuperação Judicial do Grupo UTC que, dentre outras matérias, prevê a criação da UPI Heftos e a estruturação do Financiamento DIP conforme Proposta Atualizada para aquisição da UPI Heftos divulgada pela Companhia em maio.

A companhia pretende formalizar, nos próximos 30 dias, desde que respeitadas as condições precedentes para tanto, a concessão, para o Grupo UTC, do Financiamento DIP no valor de R$ 40 milhões.

Dexxos (DEXP3) pede migração para o segmento especial de listagem do Nível 1 

A Dexxos Participações (B3: DEXP3 e DEXP4) apresentou à B3 pedido de migração para o segmento especial de listagem do Nível 1 de Governança Corporativa da B3.

Petrobras (PETR4): Logum contrata financiamento de R$ 1,8 bi

A Petrobras (PETR4) informou abertura de financiamento de longo prazo, pela Logum Logística junto ao BNDES, para implantação de poliduto para transporte de etanol e derivados nos Estados de São Paulo e Minas Gerais e de terminais de coleta e entrega em Uberaba/MG, Ribeirão Preto/SP e Guarulhos/SP, além de ampliação de capacidade do duto OSPLAN 18″ da Petrobras.

O valor do financiamento é de R$ 1,810 bilhão.

Vale (VALE3) anuncia parceria com China Baowu Group

A China Baowu Group anunciou uma parceria com a Vale e com a Shandong Xinhai Technology para produzir níquel “pig iron” (NPI), matéria-prima do aço inoxidável, na Indonésia, segundo reportagem da Reuters.

Via (VVAR3) volta a colaborar com dados para Ebit/Nielsen

A Via (VVAR3) informou que voltou a colaborar com dados transacionais para Ebit/Nielsen. Com isso, a entrada da empresa alterou a estimativa de tamanho do mercado de E-commerce brasileiro.

Isso permitiu um incremento de aproximadamente 10% ao anteriormente divulgado pelo Ebit, de acordo com o Broadcast.

Proventos

B3 (B3SA3) anuncia proventos de R$ 1,3 bilhão

O Conselho de Administração da B3 (B3SA3) aprovou nesta quinta-feira (24) o pagamento de juros sobre capital próprio (JCP) no valor total de R$ 280 milhões. O montante equivale ao valor bruto de R$ 0,04607482 por ação, e o líquido de R$ 0,03916360, também por ação.

Além disso, anunciou dividendos referentes à apuração do resultado do 1º trimestre do exercício social de 2021, no valor total de R$ 1.023.538.000,00, equivalentes ao valor de R$ 0,16842617 por ação.

Localiza (RENT3) anuncia JCP de R$ 72 milhões

A Localiza (RENT3) aprovou pagamento de JCP, que será imputado ao valor do dividendo obrigatório do exercício de 2021, no valor bruto de R$ 72.357.107,03.

O montante corresponde a R$ 0,096195083 por ação, que pode ser modificado em razão da alienação de ações em tesouraria para atender ao exercício de opções de compra, com base nos Planos de Opção de Compra de Ações da Companhia ou por eventual aquisição de ações dentro do Plano de Recompra de Ações da companhia.

CEEE-GT (EEEL4) aprova pagamento de dividendos de R$ 277,7 milhões

A Companhia Estadual de Geração e Transmissão de Energia Elétrica, CEEE-GT (EEEL3 EEEL4), aprovou hoje o pagamento, a título de dividendo intermediário, no valor de R$ 227,700 milhões.

Tal quantia é correspondente a R$ 23,53827955871 por ação ordinária (EEEL3) e R$ 25,89210751458 por ação preferencial (EEEL4), à conta de reversão parcial da reserva especial de dividendos retidos, constituída em exercícios anteriores.

Tais dividendos intermediários serão pagos no dia 2 de julho de 2021, sobre os quais farão jus os acionistas em 24 de junho de 2021. A partir de 25 de junho de 2021, inclusive, as ações da companhia serão negociadas ex-dividendos.

Guararapes (GUAR3) paga JCP de R$ 15 milhões

A Guararapes (GUAR3) aprovou JCP, a serem imputados ao dividendo obrigatório do exercício de 2021, no valor bruto de R$ 15.025.842,94.

Isso corresponde a R$ 0,0301 por ação, considerando a quantidade de 499.197.440 ações ordinárias, das quais já foram excluídas que estão em tesouraria. A data do pagamento será deliberada na Assembleia Geral Ordinária de 2022.

Farão jus aos juros os acionistas detentores de ações em 29 de junho de 2021. Dessa forma, a partir do dia seguinte, 30 de junho, as ações serão negociadas “Ex-JCP”.

Sanepar (SAPR11) também anuncia JCP

A Companhia de Saneamento do Paraná, Sanepar (SAPR3 SAPR4 SAPR11) também anunciou pagamento de JCP, mas em substituição aos dividendos obrigatórios, com base nos resultados alcançados no período de janeiro a junho de 2021.

O valor bruto é de R$ 151.083.814,93, correspondente a R$ 0,09372721015 por ação ordinária (SAPR3) e R$ 0,10309993116 por ação preferencial (SAPR4). A Sanepar ressalta que para as ações preferenciais houve um rendimento 10% superior em relação às ações ordinárias. O valor para cada UNIT (SAPR11) corresponde a R$ 0,50612693478.

O crédito aos acionistas será com base na posição acionária de 30 de junho de 2021, data de corte. A partir de 1º de julho de 2021, as ações serão negociadas “ex-juros”.

Emissões

Inter (BIDI11) movimenta R$ 5,5 bi em follow on

O Banco Inter (BIDI11) movimentou aproximadamente R$ 5,5 bilhões em sua oferta subsequente de ações.

Em razão do aumento do capital social do Inter no âmbito da Oferta, e após a homologação de referido aumento de capital pelo Banco Central, o novo capital social do Inter passará a ser de R$8.797.491.206,26, dividido em 1.293.373.691 ações ordinárias e 1.285.229.952 ações preferenciais.

BR Partners informa aumento de capital

Em decorrência do exercício integral da opção de Lote Suplementar, em reunião do Conselho de Administração da BR Partners, realizada em 24 de junho de 2021, foi aprovado o aumento do capital social da companhia, dentro do limite do seu capital autorizado, com a exclusão do direito de preferência dos atuais acionistas da Companhia, no montante de R$ 36,4 milhões, mediante a emissão de 2.275.000 novas ações ordinárias e 4.550.000 novas ações preferenciais.

Em razão do aumento de capital, o novo capital social da BR Partners passará a ser de R$ 669,2 milhões, dividido em 313.951.200 ações, sendo 195.650.880 ações ordinárias e 118.300.320 ações preferenciais.

Mudança acionária

BR Malls (BRML3) tem alteração acionária relevante com o Morgan Stanley

A BR Malls (BRML3) recebeu comunicado do Morgan Stanley informando que o investidor atingiu posição equivalente a 5,0% do total de ações ordinárias da companhia brasileira.

Em detalhes, essa posição corresponde a 31.801.132 American Depositary Receipts (ADRs); 12.036.000 Instrumentos Financeiros Derivativos com previsão de Liquidação Física, em Posição Comprada; 6.000.000 em Posição Vendida; 549.600 Instrumentos Financeiros Derivativos com previsão de Liquidação Financeira, em Posição Comprada; e 178.700 em Posição Vendida.

IPO

Grupo Madero planeja IPO

O Grupo Madero em dificuldades financeiras continua firme em seu propósito de fazer um IPO (oferta inicial de ações) até o fim do ano.

A rede planejava um IPO para o ano passado, mas teve de interromper os planos por causa da pandemia. Além da abrupta queda de receita, em virtude do fechamento dos restaurantes, a companhia também viu sócios como o apresentador Luciano Huck, que tinha uma participação minoritária, deixando o negócio rapidamente e por valor simbólico, conforme informou o jornal Estadão.

Cases da Bolsa

Aprenda análise fundamentalista de ações na prática, com maiores cases já criados na B3