Radar corporativo: veja os destaques das empresas nesta sexta-feira

Cláudia Zucare Boscoli
Jornalista formada pela Cásper Líbero, com pós-graduação em Jornalismo Econômico pela PUC-SP, especialização em Marketing Digital pela FGV e extensão em Jornalismo Social pela Universidade de Navarra (Espanha), com passagens por IstoÉ Online, Diário de S. Paulo, O Estado de S. Paulo e Editora Abril.
1

Crédito: Reprodução/Pixabay

O Radar corporativo desta sexta-feira (30) destaca Ânima (ANIM3) e Ser (SEER3), que fecham acordo por ativos da Laureate.

Também os resultados do terceiro trimestre da Suzano (SUZB3), que reduziu prejuízo, assim como a B2W (BTOW3). A Lojas Americanas (LAME4) teve alta 3,5% no lucro. Grendene (GRND3) teve queda no lucro.

Já a Log Commercial Properties (LOGG3) teve alta expressiva: 187% a mais no lucro. A Isa Cteep (TRPL4) tem queda de 2,4%. Totvs (TOTS3) reduziu em 9,3% seus lucros. E Fleury (FLRY3) teve alta de 45%.

Confira os melhores momentos da Money Week

Veja também o desempenho das big techs americanas, o que impacta nos BDRs negociados na B3. E ainda: Maluhy Filho será novo presidente do Itaú Unibanco. Confira.

Ânima (ANIM3) e Ser (SEER3) acordo por Laureate

A Ânima Educação (ANIM3) e a Ser Educacional (SEER3) fecharam um acordo de opção de compra e venda de alguns ativos do Grupo Laureate no Brasil.

Segundo comunicado da Ânima, o acerto foi feito após Ser e Laureate chegarem ao entendimento que extingiu os processos judiciais e arbitrais e onde ambas reconheceram o direito da Ser de receber o pagamento de R$ 180 milhões, por “Go Shop”, previsto no contrato.

BDRs| Confira os papéis disponíveis para Investimentos

O contrato entre a Ânima e a Ser prevê que até o dia 4/11/2020 a Ser poderá optar por receber R$ 180 milhões ou por aguardar o fechamento do negócio jurídico entre a Laureate e a Ânima Educação e receber o direito à 100% das quotas das sociedades mantenedoras das Instituições Faculdade Internacional da Paraíba (FPB) e Centro Universitário dos Guararapes (UNIFG).

Suzano (SUZB3) queda de 66,5% no prejuízo

A Suzano (SUZB3) registrou prejuízo líquido de R$ 1,157 bilhões no terceiro trimestre de 2020, o que representa queda de 66,54% na comparação com igual período do ano passado.

O desempenho é explicado pelo menor resultado financeiro negativo, por sua vez decorrente da variação cambial sobre a dívida e pelo resultado de operações com derivativos; bem como pelo aumento no resultado operacional.

O resultado financeiro foi uma despesa de R$ 4,223 bilhões no período, uma redução de 35% sobre as perdas financeiras do terceiro trimestre de 2019.

B2W (BTOW3) tem queda de 64,1% no prejuízo

A B2W (BTOW3) reportou prejuízo de 36,8 milhões no terceiro trimestre de 2020, redução de 64,1% em relação ao terceiro trimestre de 2019.

As despesas ajustadas somaram R$ 584,4 milhões.

Os custos das mercadorias e serviços vendidos totalizou R$ 1,827 bilhão, um aumento de 61,8%.

Lojas Americanas (LAME4) tem alta 3,5% no lucro

A Lojas Americanas (LAME4) teve lucro líquido de R$ 49,9 milhões no terceiro trimestre de 2020, alta de 3,5% ante o terceiro trimestre de 2019.

“O crescimento acelerado da plataforma digital e a progressiva retomada das atividades normais na plataforma física beneficiaram o resultado do trimestre”, explicou a Lojas Americanas.

Grendene (GRND3) registra queda de 33,6% no lucro

A Grendene (GRND3) reportou um lucro líquido de R$ 110,8 milhões no terceiro trimestre de 2020. Isso representa uma redução de 33,6% em relação ao mesmo período do ano passado.

O resultado financeiro foi uma despesa de R$ 10,6 milhões, uma diminuição de 64,8%.

As despesas operacionais somaram R$ 156,4 milhões, crescimento de 30,8% no terceiro trimestre de 2019.

LOGG3 tem alta de 187% no lucro do terceiro trimestre

A Log Commercial Properties (LOGG3) reportou um lucro líquido R$ 66,2 milhões no terceiro trimestre deste ano, um desempenho 186,8% superior ao registrado no mesmo período do ano passado.

O custo de prestação de serviços somou R$ 446 mil, uma queda de 23%. As despesas operacionais somaram R$ 11,4 milhões, uma redução de 28% na comparação anual.

Isa Cteep (TRPL4) tem queda de 2,4%

A transmissora de energia Isa Cteep (TRPL4) lucrou R$ 400,6 milhões no terceiro trimestre de 2020. O valor é 2,4% menor do que os R$ 410,3 milhões lucrados no período de 2019.

Mas no acumulado do ano, a empresa teve um lucro 85,7% no comparativo com o ano passado. Assim, saiu de R$ 876,4 milhões nos nove primeiros meses de 2019 para R$ 1,627 bilhão no período de 2020.

Totvs (TOTS3) lucra R$ 79,3 mi, queda de 9,3%

A Totvs (TOTS3) reportou lucro de R$ 79,3 milhões no terceiro trimestre de 2020. Houve uma queda de 9,3% com relação ao mesmo período de 2019.

Mas, em comparação com o segundo trimestre, o aumento do lucro líquido foi de 36,8% (R$ 57,9 milhões).

No acumulado dos primeiros nove meses, o lucro líquido foi de R$ 198 milhões. Ou seja, um aumento de 26,8% em comparação com 2019.

Fleury (FLRY3) tem alta de 45% no lucro no 3TRI20

Fleury (FLRY3) reportou um lucro líquido de R$ 132,1 milhões no terceiro trimestre deste ano. Isso representa uma elevação de 45% na comparação com o período do ano passado.

Já a margem líquida do terceiro trimestre ficou em 15,1%, baixa de 3 pontos percentuais.

Os custos dos serviços prestados apresentaram alta de 7,1% no período, atingindo R$ 561,4 milhões.

Apple (AAPL34) tem lucro líquido de R$ 12,673 bilhões

A Apple (AAPL34) divulgou o balanço do quarto trimestre fiscal norte-americano, com lucro líquido de US$ 12,673 bilhões, uma queda de 7,40% frente aos US$ 13,686 bilhões do mesmo período de 2019.

Vale lembrar que o quarto trimestre fiscal nos EUA é o equivalente ao nosso terceiro trimestre.

As BDRs da Apple registram uma alta de 129,17% desde o começo de 2020. No terceiro trimestre, que reflete também os dados apresentados nesta quinta, houve uma alta de 31,94%.

Alphabet (GOGL34) tem lucro de US$ 11,25 bi no 3T20

A Alphabet (GOGL34) anunciou os resultados financeiros do trimestre, encerrado em 30 de setembro de 2020. A empresa apresentou lucro de US$ 11,247 bilhões, um crescimento de 59,12%, em relação aos US$ 7,068 bilhões do mesmo período em 2019.

O lucro por ação ficou em US$ 16,40 no terceiro trimestre de 2020. No mesmo período de 2019, o lucro ficou em US$ 10,12. Isso representa um acréscimo de 62,05%.

Apesar disso, as BDRs da Alphabet registram uma retração de 70,66% desde o começo de 2020. No terceiro trimestre, que reflete os dados apresentados nesta quinta, houve uma alta de 7,91%.

Twitter (TWTR34) tem queda no lucro líquido a US$ 28,7

O Twitter (TWTR34) reportou nesta quinta-feira (29) uma queda de 21,53% no lucro líquido do terceiro trimestre de 2020, frente ao lucro líquido do mesmo período de 2019.

No terceiro trimestre do ano passado, o lucro líquido foi de US$ 36,522 milhões. Neste ano, US$ 28,659 milhões.

O lucro por ação caiu de US$ 0,05 para US$ 0,04. As BDRs do Twitter cresceram 133,28% desde o começo de 2020. No terceiro trimestre, houve uma alta de 59,09%.

Facebook (FBOK34) tem lucro líquido de US$ 7,85 bi

O Facebook (FBOK34) divulgou os resultados do terceiro trimestre de 2020 nesta quinta-feira (29), com lucro líquido de US$ 7,846 bilhões, ante US$ 6,091 bilhões do mesmo trimestre de 2019, um acréscimo de 29%.

Isso representa US$ 2,71 por ação, o que é 41,89% maior do que o previsto pelo mercado.

As BDRs do Facebook caíram 86,12% desde o começo do ano. No terceiro trimestre, houve uma alta de 20,46%.

Maluhy Filho será novo presidente do Itaú Unibanco

Milton Maluhy Filho, atual vice-presidente de finanças, será o novo presidente do Itaú Unibanco, em substituição a Candido Bracher, que completa em dezembro 62 anos, idade-limite para ocupar o cargo. Nos próximos três meses, Bracher e Maluhy trabalharão juntos em um período de transição.

O banco também comunicou aos seus acionistas e ao mercado em geral que Renato Lulia Jacob foi indicado pelo Conselho de Administração da Companhia como o novo Diretor de Relações com Investidores.

Ele substituirá Alexsandro Broedel. Ele deixa de acumular as funções de Diretor Executivo de Finanças e de Relações com Investidores. Agora, permanecerá como Diretor Executivo de Finanças do conglomerado.

Pacaembu Construtora comunica desistência de IPO

A Pacaembu Construtora anunciou que desistiu de sua oferta pública de distribuição primária de ações (IPO, na sigla em inglês).

A precificação das ações estava prevista para ocorrer hoje, mas a companhia desistiu devido às condições de mercado.

Locaweb (LWSA3) anuncia oferta vinculante à Vindi 

Os membros do conselho de administração da Locaweb (LWSA3) anunciaram a formalização de uma proposta vinculante para a aquisição de até 100% (cem por cento) do capital social total da Vindi Tecnologia e Marketing S.A.

A avaliação da empresa é de R$ 180 milhões, considerando zero de dívida líquida e capital de giro.

Grupo Soma (GSOM3) informa aumento de capital

O Grupo Soma (GSOM3) informou um aumento de capital aprovado nesta quinta-feira. A subscrição e integralização de novas quotas representativas do capital social da subsidiária MF 2008 Comercial Modas Ltda., em decorrência do aumento do capital social no valor de R$ 30 milhões.

Também será feita a subscrição de R$ 30 milhões de novas ações ordinárias, nominativas e sem valor nominal representativas do capital social da subsidiária Wardrobe Criações e Comércio S.A.

Track & Field (TFCO4): Safra Asset tem 9,87% das ações

A Track & Field (TFCO4) recebeu um comunicado da Safra Asset, informando que a empresa passa a deter 9,87% das ações da TFCO4.

Assim, a empresa tem agora 7.254.000 de ações preferenciais.