Radar corporativo: veja os destaques das empresas nesta sexta-feira

Cláudia Zucare Boscoli
Jornalista formada pela Cásper Líbero, com pós-graduação em Jornalismo Econômico pela PUC-SP, especialização em Marketing Digital pela FGV e extensão em Jornalismo Social pela Universidade de Navarra (Espanha), com passagens por IstoÉ Online, Diário de S. Paulo, O Estado de S. Paulo e Editora Abril.
1

Crédito: Reprodução/Pixabay

O Radar Corporativo desta sexta-feira (18) destaca que o Magazine Luiza (MGLU3) levará para AGE proposta de desdobramento de ações na razão de 1 para 4. A B3 (B3SA3) aumentou o número de investidores em 119,9% em agosto, na comparação com o mesmo mês do ano passado. Também, a Petrobras (PETR4) inicia a venda da unidade de fertilizantes no Paraná. Confira mais destaques.

Radar: mercados

Os mercados globais estão sem direção definida na manhã desta sexta-feira (18).

Ontem foi mais um dia de liquidação das big techs americanas, com Nasdaq caindo 1,27%. No Brasil, a Ibovespa conseguiu se descolar de Nova York e fechou em alta de 0,42%, aos 100.097 pontos.

Participe do maior evento de investimentos da América Latina

O investidor acompanha o desempenho das ações hoje, de olho também nos números da Covid-19, que vêm aumentando. Os casos globais já ultrapassaram 30 milhões em todo o mundo, resultando em mais de 946 mil mortes.

A Organização Mundial de Saúde alertou para uma “situação muito grave” que está surgindo na Europa. Segundo o diretor da OMS na Europa, Hans Kluge, a transmissão do coronavírus em setembro está mais rápida que no início da pandemia.

Veja as cotações às 6h:

  • S&P: -0,06%
  • Nasdaq: +0,26%
  • Dow Jones: -0,54%

Confira aqui a cobertura complete sobre a abertura dos mercados.

Radar: destaques corporativos

Veja as notícias das empresas.

Magazine Luiza (MGLU3) propõe desdobramento de ações de 1 para 4

A varejista Magazine Luiza (MGLU3) informou que irá propor, em Assembleia Geral Extraordinária. o desdobramento de suas ações na razão de 1 para 4 da mesma espécie. Objetivo é  “conferir melhor patamar para a
cotação das ações a fim de torná-las mais acessível aos investidores”.

B3 (B3SA3): número de investidores sobe 119,9% em agosto

A B3 (B3SA3) informou que o número total de investidores na bolsa cresceu 119,9% em agosto, em relação ao mesmo mês de 2019. Ao final de agosto de 2020, eram 1,359 milhão de investidores ativos. Passado um ano, esse número saltou para 2,989 milhões. Em relação a julho de 2020, o número de investidores na B3 avançou 4,7% – eram 2,854 milhões.

O número de empresas listadas também avançou. Passou de 388 em agosto de 2019 para 394 em agosto de 2020, acréscimo de 1,5%. Em julho deste ano, eram 393.

A B3 informou ainda que o exercício de opções sobre o Índice Bovespa (Ibovespa) movimentou R$ 1,541 bilhão, com 15.411 contratos negociados. Do volume de operações exercidas, R$ 689,294 milhões referem-se a opções de compra e R$ 852,151 milhões a opções de venda.

Acordo de R$ 7 mi com CVM

A B3 (B3SA3) confirmou que celebrou termo de compromisso com a CVM por descumprir obrigações regulatórias referentes a apuração de limites de posição de derivativos quando detidas por grupos de investidores atuando em conjunto e pela não aplicação de medidas de desconcentração. Segundo a Agência Estado, o acordo teria sido de R$ 7 milhões.

Klabin (KLBN3): contrato com a Sogemar é de R$ 1,046 bi

A Klabin (KLBN3) divulgou um estudo sobre a proposta para incorporação da marca “Klabin” e outras seis marcas de titularidade da Sogemar. Ssegundo o laudo, o valor do contrato de licença para uso da marca é de R$ 1,046 bilhão.

Cyrela (CYRE3): ação da Cury fica em R$ 9,35 no IPO

A Cyrela (CYRE3) definiu em R$ 9,35 o preço da ação da Cury no IPO. O valor ficou abaixo da faixa indicativa de R$ 11 a R$ 14,30. O conselho de administração também aprovou o aumento de capital de R$ 169,9 milhões.

BB (BBAS3), Caixa e Casa da Moeda não devem ser vendidas

O presidente Jair Bolsonaro afirmou ontem que o Banco do Brasil, a Caixa e a Casa da Moeda devem ficar fora das privatizações. A afirmação foi em resposta a uma pergunta sobre se o Brasil precisava ter três grandes bancos, como BB, Caixa e BNDES, informa o Valor.

Magazine Luiza (MGLU3) não comenta sobre Correios

Magazine Luiza, Amazon, Fedex e DHL, procuradas pelo Valor, evitaram comentar as afirmações do ministro das Comunicações, Fabio Faria (PSD), de que estariam interessadas no Correios em uma eventual privatização. As ações do MGLU3 ontem recuaram em função das informações.

Azul (AZUL4) testa drones para entrega de encomendas

A Azul (AZUL4) está implantando o uso de drones para entrega de encomendas, aproveitando a expansão do segmento de cargas em seu negócio. De acordo com o Estadão, a adoção da tecnologia deve acontecer na Black Friday, dia 27 de novembro.

Petrobras (PETR4) inicia venda da unidade de fertilizantes no PR

A Petrobras (PETR4)  informou que iniciou a etapa de divulgação da oportunidade referente à venda da totalidade de suas ações na empresa Araucária Nitrogenados S.A. (ANSA), no Paraná.

“Com capacidade de produção de 1.975 t/dia de ureia e 1.303t/dia de amônia, a planta encontra-se atualmente hibernada”, diz a Petrobras.

Biosev (BSEV3) tem prejuízo de R$ 280,8 mi no 1TRI

A Biosev (BSEV3), processadora de cana-de-açúcar, fechou a safra 2020/2021 com um prejuízo líquido de R$ 280,8 milhões. Um ano antes, o prejuízo foi de R$ 163,7 milhões.

O resultado financeiro foi uma despesa de R$ 62,6 milhões, que se compara a despesa de R$ 93,3 milhões no primeiro trimestre de 2020.

Esse recuo de -32,9%, é resultado de maiores ganhos na liquidação e marcação a mercado de posições em derivativos, parcialmente compensado por menores rendimentos de aplicações financeiras no período, informou a Companhia.

Brasileiro volta a planejar viagens aéreas

Pesquisa realizada pelo Ministério da Infraestrutura aponta que mais da metade dos entrevistados (53,6%) tem planos de pegar um voo nos próximos meses, mesmo com cenário ainda de pandemia. O levantamento será feito mensalmente, para auxiliar na retomada do mercado de aviação, diz o Estadão.

Latam altera proposta de empréstimo

Com pedido de empréstimo de US$ 2,45 bilhões negado pela justiça dos EUA, a Latam alterou a proposta de financiamento e incluiu a participação de acionistas minoritários, em empréstimo de até US$ 150 milhões, informa o Estadão.

Mudança nas regras traz de volta planos de reforma da Lei das S.A.

Até o fim do mês, o Conselho de Normas Internacionais de Contabilidade (Iasb) recebe comentários sobre uma proposta de reforma na maneira como os resultados das empresas (receitas, lucros e prejuízos) devem ser apresentados.

A mudança seria em âmbito internacional e aproximaria as regras contábeis dos indicadores usados pelo mercado financeiro, facilitando a compreensão do investidor. A informação é do Valor.

Saída de diretor da Sabesp (SBSP3) abre especulação sobre venda

De acordo com fontes ouvidas pelo Valor, o diretor diretor Paulo Massato está de saída da Sabesp (SBSP3). Ele é é apontado como um opositor à privatização da empresa.

Governo gaúcho acelera privatização da CEEE

O governo gaúcho abriu o processo de “data room” (acesso aos investidores interessados a dados completos do ativo) para a privatização da distribuidora de energia CEEE. O leilão deve ocorrer em janeiro de 2021. Em dezembro sai o edital, diz o Valor.

Uniasselvi reduz preço para emplacar IPO

Com operação ainda em andamento na Nasdaq, a Vitru Education, do grupo educacional Uniasselvi, reduziu a faixa indicativa de preço das ações de US$ 22 a US$ 24 para US$ 16 a US$ 18. A companhia também diminuiu o volume à venda, de 11 milhões para 6 milhões de ações, informa o Valor.

BioNTech compra unidade da Novartis

A alemã BioNTech anunciou a compra de uma unidade de produção especializada da suíça Novartis, que lhe permitirá fornecer mais de 500 milhões de doses de vacina contra Covid-19 para Europa e China. A informação é do Valor.

Telefônica (VIVT4) informa valores de JCP

O conselho de administração da Telefônica (VIVT4) aprovou o pagamento de juros sobre capital próprio (JSCP) relativo ao exercício social de 2020 de R$ 0,306 para ações ON e de R$ 0,337 para PN. Pagamento será no final de 2021.

CVC (CVCB3) homologa aumento de capital em R$ 301,7 mi

A (CVCB3) informou que o conselho de administração da companhia aprovou o aumento de capital, no valor total de R$ 301,74 milhões, por meio da emissão de 23,5 milhões de novas ações ordinárias ao preço de R$ 12,84 por ação.

 BR Properties (BRPR3) fará a 14ª emissão de debêntures

A BR Properties (BRPR3) aprovou a 14ª emissão de debêntures, em série única. O valor total previsto é de R$ 250 milhões. Os recursos obtidos serão destinados ao resgate antecipado das debêntures 8ª emissão de debêntures da BR Properties. Serão emitidas 25 mil debêntures ao valor unitário nominal de R$ 10 mil cada.

Ecorodovias (ECOR3) paga dividendos

A Ecorodovias (ECOR3) aprovou o pagamento aos acionistas de dividendos de 2019. O valor total é de R$ 9 milhões, sendo R$ 0,012216401 por ação ordinária.

Tecnisa (TCSA3) aprova emissão de debêntures no total de R$ 100 mi

O Conselho de Administração da Tecnisa (TCSA3) aprovou a realização da 9ª emissão de debêntures da Companhia. Segundo o comunicado, serão emitidas até 100 mil debêntures no valor unitário de R$ 1 mil cada. O valor total será de até R$ 100 milhões.

Raia Drogasil (RADL3) paga JCP

O Conselho de Administração da Raia Drogasil (RADL3) aprovou o pagamento de Juros Sobre o Capital Próprio (JCP).

Será pago o montante de R$ 50 milhões, correspondente à R$ 0,030314292 por ação. A remuneração terá como base à posição acionária de 24 de setembro de 2020.

Lojas Renner (LREN3) aprova pagamento de JCP

O Conselho de Administração das Lojas Renner (LREN3) aprovou a distribuição de juros sobre capital próprio (JCP) referente ao pagamento de dividendos obrigatórios do exercício de 2020.

Segundo a Companhia, será pago o montante bruto de R$ 66.049.229,05, correspondentes a R$ 0,083344 por ação. Terão direito a receber os proventos, os acionistas detentores de ações da Renner em 22 de setembro de 2020.

Copasa (CSMG3) aprova JCP 

A Copasa (CSMG3) aprovou a declaração de JCP referente ao 3º trimestre de 2020. O valor bruto de distribuição dos proventos será de R$ 63.124.052,77.

Já o valor por ação foi estabelecido em R$ 0,4994236092.

Eletrobras (ELET3 ELET6) emitirá títulos verdes

A Eletrobras (ELET3 ELET5 ELET6) informou que a auditoria internacional Vigeo Eiris publicou o documento final que habilita a Eletrobras a emitir Green Bonds, os chamados Títulos Verdes, para projetos de geração eólica e solar.

Ânima (ANIM3) aprova cancelamento de ações

O Conselho de Administração da Ânima (ANIM3) deliberou pelo cancelamento de 3,5 milhões de ações atualmente mantidas em tesouraria. Em termos percentuais, isso representa 3,15% do total de ações emitidas, adquiridas no âmbito do programa de recompra e executada parcialmente entre os meses de março e maio de 2020, sem alteração do capital social.