Radar: Kalunga e Westwing na fila do IPO; Gol propõe incorporar SMLS3

Cláudia Zucare Boscoli
Jornalista formada pela Cásper Líbero, com pós-graduação em Jornalismo Econômico pela PUC-SP, especialização em Marketing Digital pela FGV e extensão em Jornalismo Social pela Universidade de Navarra (Espanha), com passagens por IstoÉ Online, Diário de S. Paulo, O Estado de S. Paulo e Editora Abril.
1

Crédito: Reprodução/Pixabay

O Radar corporativo destaca que Kalunga e Westwing são mais duas empresas a protocolar pedido de oferta inicial de ações (IPO). A Paschoalotto também está na fila e quer expandir o crescimento para novos setores, além de investir em tecnologia e novos produtos.

Gol (GOLL4) informou que encaminhou carta ao Conselho de Administração da Smiles (SMLS3) propondo a incorporação de ações. Caso implementada, a operação resultará na migração dos acionistas da Smiles ou o resgate em dinheiro.

Em outra comunicação, a Gol informou que registrou aumento nas vendas de 20% em todos os seus canais de vendas, além de registrar um aumento de 35% na demanda por passagens em novembro ante outubro.

Conheça planilha que irá te ajudar em análises para escolha do melhor Fundo Imobiliário em 2021

Segundo a Gol, houve uma geração líquida de caixa de R$ 3 milhões ao dia, ante uma previsão anteriormente estimada de consumo líquido de caixa de R$ 3 milhões ao dia. Em termos de liquidez, a Gol terminou o mês com aproximadamente R$ 2,3 bilhões em liquidez total.

Destaque ainda para o cancelamento do projeto de adequação de infraestrutura da Unidade de Tratamento de Gás Monteiro Lobato (UTGCA), localizada em Caraguatatuba (SP), pela Petrobras (PETR4).

Já a B3 (B3SA3) informou a emissão de R$ 205 milhões em debêntures, enquanto a Unidas (LCAM3) fará a captação de R$ 1,5 bilhão com o mesmo instrumento de dívida.

E também para a CRGI, que passou a deter 5,11% das ações ordinárias da Vale (VALE3). Veja mais notícias.

Kalunga protocola pedido de IPO

A Kalunga protocolou o pedido de oferta inicial de ações (IPO, na sigla em inglês) junto à CVM. De acordo com o prospecto, a empresa realizará oferta primária e secundária de ações.

Conforme a Kalunga, os recursos levantados na oferta primária serão investimentos em novas lojas e na expansão das operações de Copy & Print dentro das lojas da companhia; abertura de um novo centro de distribuição na região nordeste para atendimento às lojas e de minicentros de distribuição focados no atendimento de canais digitais; e reforço e adequação na estrutura de capital da companhia.

Westwing também protocola IPO

A varejista Westwing protocolou o pedido de oferta inicial de ações (IPO, na sigla em inglês) junto à CVM, conforme prospecto publicado nesta sexta-feira (4).

De acordo com o prospecto, a empresa realizará oferta primária e secundária de ações.

Conforme a Westwing, os recursos levantados na tranche primária serão direcionados para aceleração do core business; aumento de investimento em produtos de marca própria; tecnologia; e logística.

Quais os planos da Paschoalotto com o IPO?

Especialista em recuperação de crédito, a Paschoalotto Serviços Financeiros está na fila para fazer sua Oferta Pública Inicial de ações (IPO) no ano que vem.

O objetivo da empresa é expandir o crescimento para novos setores, investir em tecnologia e novos produtos.

Com oferta primária e secundária, a transação também servirá para que atuais sócios da companhia vendam participação no negócio, incluindo um fundo da Gávea Investimentos, que investiu na Paschoalotto em 2015.

Gol propõe incorporar SMLS3

Gol (GOLL4) informou que encaminhou carta ao Conselho de Administração da Smiles (SMLS3) propondo a incorporação de ações. Caso implementada, a operação resultará na migração dos acionistas da Smiles ou o resgate em dinheiro.

De acordo com os termos propostos cada ação ordinária da Smiles dará direito a 0,825 ações preferenciais da Gol, ou R$ 22,32 em dinheiro por cada ação.

A relação de troca representa um prêmio de aproximadamente 26,3% sobre o médio ponderado dos últimos 30 dias, de R$ 17,67.

Gol (GOLL4) tem 20% de aumento nas vendas

A Gol (GOLL4) registrou entre 18 de novembro e ontem um aumento de 363 para 369 na oferta média diária de voos, acréscimo de 2%.

As vendas brutas consolidadas chegaram a R$ 886 milhões e a taxa de ocupação ficou em 84,5%.

Considerando todos os canais de venda, as vendas subiram 20% sobre outubro. A demanda por passagens registrou crescimento de 35%.

Segundo a companhia aérea, houve uma geração líquida de caixa de R$ 3 milhões ao dia, ante uma previsão anteriormente estimada de consumo líquido de caixa de R$ 3 milhões ao dia.

Em termos de liquidez, a Gol terminou o mês com aproximadamente R$ 2,3 bilhões em liquidez total.

Petrobras (PETR4 PETR3) cancela adequação da UTGCA

A Petrobras (PETR4 PETR3) decidiu interromper o desenvolvimento do projeto de adequação de infraestrutura da Unidade de Tratamento de Gás Monteiro Lobato (UTGCA), localizada em Caraguatatuba (SP).

A decisão foi tomada devido à perda de atratividade econômica do projeto, avaliada nas premissas do Plano Estratégico 2021-2025. Com isso, a Petrobras também decidiu cancelar as licitações associadas que atenderiam ao projeto.

Unidas (LCAM3) aprova emissão de debêntures

A Unidas (LCAM3) aprovou nesta sexta-feira (4) a emissão de debêntures, no valor de R$ 1,5 bilhão.

A emissão será realizada em série única, com vencimento das debêntures em 61 meses contados da data de emissão.

B3 (B3SA3) aprova emissão de debêntures 

A B3 (B3SA3) aprovou a realização da 4ª emissão de debêntures simples, não conversíveis em ações da Companhia.

Segundo o comunicado, o valor total da emissão corresponde a R$ 205 milhões. A emissão será realizada em até duas séries com prazo de vencimento em 120 meses.

Vale (VALE3) informa alteração em participação acionária relevante

A CRGI passou a administrar um total de 270.162.721 ações ON da Vale (VALE3), que representam 5,11% das ações.

Além da participação mencionada, a Capital World Investors e a Capital International Investors, também na qualidade de divisões independentes de investimentos da Capital Research and Management Company, administram, respectivamente, 298.099.389 ações ON e 165.099.086 ações ordinárias, correspondentes a, respectivamente, 5,64% e 3,12% dessa espécie de ação.

CVC (CVCB3): piores momentos já passaram

A CVC (CVCB3) já passou pelo seu momento mais crítico e a visão agora é positiva, afirma a Eleven. A atualização dos balanços financeiros e a repactuação de suas debêntures podem ser consideradas um “divisor de águas” para CVC.

Assim, a Eleven passou a recomendar a compra do ativo. Isso levando em consideração uma visão mais a longo prazo e considerando que o pior momento – tanto do ponto de vista financeiro quanto dos fundamentos – ficou para trás.

JHSF (JHSF3) investe no CJ shop Jardins

A JHSF Participações (JHSF3) informou que o CJ Shops Jardins foi aberto na sexta (4) em São Paulo, em uma área com aproximadamente 6.000 m² de ABL.

O empreendimento possui 66 lojas, onde foram investidos cerca de R$ 180 milhões. A parceria foi estabelecida entre a JHSF, que detém 70% do empreendimento, em conjunto com o FII XP Malls (XPML11), que detêm os demais 30%.

Embraer (EMBR3): justiça americana encerra processo

Segundo a Folha de S. Paulo, o Departamento de Justiça dos EUA encerrou processo aberto em 2016 contra Embraer, envolvida em um caso de corrupção.

A acusação era de pagamento de propina em troca de contratos na Arábia Saudita, na Índia, em Moçambique e na República Dominicana, entre os anos de 2007 e 2011.

A Embraer fechou acordo com autoridades do Brasil e dos EUA, pagando US$ 206 milhões em multas. E se comprometeu a adotar novas práticas.

PMAM3 contrata escritório especializado em recuperação judicial

De acordo com o Estadão, a empresa de metalurgia Paranapanema, fechou contrato com o escritório Thomas Felsberg para passar por mais um processo de reestruturação de suas dívidas.

A empresa teve pedido de falência solicitado pelo banco canadense Scotiabank, com o qual a empresa tem uma dívida de R$ 174 milhões.

Small caps: veja as ações mais recomendadas para dezembro

Neste mês de dezembro, as small caps preferidas dos analistas são Via Varejo (VVAR3) e Bradespar (BRAP4). No levantamento feito a partir das recomendações de compra feitas por sete casas de análise, esses papéis aparecem como os mais indicados para o mês. Ambos tiveram três citações.

Foram analisadas as carteiras do Necton, Santander, Àgora, Genial, Mirae Asset, Elite e Guide Investimentos.

O que esperar de LREN3, CEAB3, GUAR3 e HRTX3?

O varejo de vestuário foi um dos mais impactados pela pandemia de Covid-19. Isso por causa das medidas de isolamento social que levaram ao fechamento de lojas físicas.

Mesmo com a reabertura após a fase mais aguda da pandemia, as vendas nas varejistas de vestuário com ações em bolsa, como Lojas Renner (LREN3), Guararapes-Riachuelo (GUAR3), C&A (CEAB3) e Hering (HGTX3) no terceiro trimestre ainda ficaram abaixo do registrado no mesmo período de 2019.

Veja o que esperar para os próximos meses das ações das empresas do setor.

Totvs (TOTS3) altera fatia acionária

A Totvs (TOTS3) comunicou que a soma das ações e de outros valores mobiliários detidas por fundos geridos pelo Itaú atingiu 5,005%.

Assim sendo, o Itaú passa a gerir 28.929.046 de ações ordinárias da Totvs, configurando um aumento na participação acionária relevante.

Gerdau (GGBR3) comunica alteração acionária

A Gerdau (GGBR3) comunicou que recebeu comunicado da Schroeder Investiment, informando que foram adquiridas 6.416.000 ações de emissão da Gerdau.

Com a aquisição das ações, o Grupo Schroders detêm 60.406.500 ações preferenciais da companhia, que representam 5,27% do total de ações preferenciais.

Comgas (CGAS5) paga JCP e dividendos

O Conselho de administração da Comgas (CGAS5) aprovou o pagamento de juros sobre capital próprio (JCP) no montante bruto de R$ 27,83 milhões.

Os conselheiros aprovaram, ainda, a proposta de pagamento de dividendos intercalares no valor de R$ 972,16 milhões.

MILS3 rerratifica emissão de debêntures simples

O Conselho de Administração da Mills Estruturas e Serviços (MILS3) rerratificou nesta sexta a realização da 5ª emissão de debêntures simples, não conversíveis em ações, da Companhia.

Conforme o comunicado, a referida emissão totalizará R$ 84 milhões e será remunerada à taxa CDI + 4,25% a.a.

CCR (CCRO3) tem alta de 6,4% no tráfego

A CCR (CCRO3) divulgou os números referentes ao tráfego nas rodovias administradas pela empresa na semana de 27 de novembro a 03 de dezembro de 2020.

A alta é de 6,4%, na comparação com o mesmo período de 2019. No acumulado do ano, ainda há decréscimo de 2,6%, com relação ao ano passado, incluindo veículos de passeio e veículos comerciais.

Klabin (KLBN4) investe R$ 9,1 bi

A Klabin está em processo de execução do projeto Puma II, que engloba investimentos de R$ 9,1 bilhões e instalação de duas novas máquinas de papéis para embalagens até 2023. A primeira máquina é de papel kraftliner. A segunda ainda está sob análise, informa o Valor.