Radar: Oi (OIBR3 OIBR4) vende ativos; Petrobras (PETR3 PETR4) aprova plano

Cláudia Zucare Boscoli
Jornalista formada pela Cásper Líbero, com pós-graduação em Jornalismo Econômico pela PUC-SP, especialização em Marketing Digital pela FGV e extensão em Jornalismo Social pela Universidade de Navarra (Espanha), com passagens por IstoÉ Online, Diário de S. Paulo, O Estado de S. Paulo e Editora Abril.
1

Crédito: Reprodução/Pixabay

O Radar corporativo destaca que a Petrobras (PETR4) aprovou o Plano Estratégico para o quinquênio 2021-2025, com informações sobre a diminuição da dívida bruta da companhia.

A Oi (OIBR4 OIBR3) pode movimentar R$ 1 bilhão com vendas em leilão de torres, que acontece hoje.

Por conta da volatilidade do mercado, Big e CSN Mineração deixaram IPO para 2021. Veja mais destaques.

Invista em suas Escolhas. Conheça os Melhores Investimentos 2021.

Petrobras (PETR4) aprova Plano Estratégico 2021-2025

A Petrobras (PETR4) informou que o Conselho de Administração aprovou o Plano Estratégico para o quinquênio 2021-2025.

O documento estabelece padrões corporativos, operacionais, éticos e de segurança, além de citar valores sobre a diminuição da dívida bruta da companhia.

BR Distribuidora (BRDT3) informa participação na Targus Energia

A BR Distribuidora (BRDT3) informa que assinou contrato de compra e venda de ações com a Targus Energia, com o objetivo de atuar no segmento de comercialização de energia elétrica em todo o território nacional.

Para a aquisição de participação na Targus, a BR irá desembolsar R$ 62,1 milhões ao longo dos  próximos quatro anos.  A  transação  prevê  ainda mecanismos de earn-out e opções de compra e venda dos 30% restantes.

Oi (OIBR4 OIBR3) realiza leilão de torres hoje

A Oi (OIBR4 OIBR3), em recuperação judicial desde 2016, realiza hoje (26) leilão de data centers e torres operacionais. O lance mínimo é de R$ 1,06 bilhão.

O leilão começa hoje a partir das 15h, na sala de audiências da 7ª Vara Empresarial do Rio de Janeiro.

Segundo o jornal Valor Econômico, a Highline do Brasil tem direito de preferência e pode cobrir ofertas concorrentes para levar o conjunto de 637 torres de telefonia móvel da Oi e mais 222 pontos de infraestrutura passiva instalados em shoppings, hotéis e outros locais.

Braskem (BRKM5) estima custo de R$ 3 bi a mais em Maceió

Braskem (BRKM5) informou que estima aproximadamente o valor adicional de R$ 3 bilhões em custos e despesas com poços de Macéio. O comunicado se refere a ofício da Agência Nacional de Mineração (ANM) a respeito das medidas para encerramento das atividades de extração de sal na cidade, com o fechamento da mina, incluindo o preenchimento com material sólido de determinados poços de sal adicionais.

CCR (CCRO3): ANAC aprova revisão de BH Airport

A CCR (CCRO3) informou que a Agência Nacional de Aviação Civil (ANAC) aprovou a revisão extraordinária do contrato de concessão do Aeroporto Internacional de Confins, uma de suas concessões, em razão dos impactos econômicos decorrentes do Covid-19.

O reequilíbrio corresponderá a R$ 111,1 milhões para o BH Airport e será realizado por meio de dedução do valor das outorgas devidas em 18 de dezembro de 2020, após aprovação final da Secretária Nacional de Aviação Civil (SAC). A decisão depende de publicação para agência.

Big e CSN Mineração deixam IPO para 2021

Segundo o Valor, as ofertas iniciais (IPOs) da rede de supermercados Big e CSN Mineração vão ficar para o início de 2021. As duas companhias previam o lançamento em novembro para listagem em dezembro, mas preferiram aguardar uma menor volatilidade do mercado.

Exportações de carne devem aumentar em 2021

De acordo com projeção traçada pelo banco holandês Rabobank, as exportações de carne bovina para a China devem aumentar e 2021.

A produção deverá alcançar 10,4 milhões de toneladas, ante 10,1 milhões deste ano. As exportações devem subir de2,5 milhões para 2,6 milhões de toneladas.

Startup lança fundo imobiliário de R$ 40 milhões

A startup de aluguel de imóveis residenciais Yuca está lançando um fundo imobiliário que terá a missão de comprar mais imóveis para seu portfólio.

De acordo com o Estadão, o valor do FII é estimado em R$ 40 milhões, terá oferta restrita e assessoria do Itaú BBA. Ao contrário de outras startups do setor, a empresa oferece o aluguel associado a outros serviços como limpeza, Wifi, IPTU, tudo em único boleto.

Bahema (BAHI3): fundo Mint Educação passa a deter 30% das ações

Bahema (BAHI3) informou que o fundo de investimento Mint Educação Master passou a deter 667.156 ações ordinárias da companhia, representativas de aproximadamente 30% das ações.

Smiles (SMLS3) aprova pagamento de JCP 

A Smiles (SMLS3) aprovou o pagamento de juros sobre o capital próprio, no valor bruto de R$ 53,945 milhões, correspondentes a R$ 0,43449110 por ação ordinária.

Farão jus aos JCP os acionistas detentores de ações na data base de 30 de novembro de 2020.

Priner (PRNR3) aumenta capital em R$ 33,510 mil

A Priner (PRNR3) anunciou que o capital social da companhia será aumentado em R$ 33,5 mil, em virtude de exercício de parte das opções outorgadas, no período de 30 de setembro de 2020 a 24 de novembro de 2020, no âmbito do Plano de Opção de Compra de Ações aprovado na Assembleia Geral Extraordinária de 8 de julho de 2020.

Cielo (CIEL3): Carlos Hamilton deixa presidência do conselho

A Cielo (CIEL3) informou que Carlos Hamilton Vasconcelos Araújo renunciou ao cargo de presidente e membro do Conselho de Administração.

Além disso, o conselho aprovou a eleição de Mauro Ribeiro Neto como presidente do conselho.

Cemig (CMIG4) compra 49% de usinas de energia solar

A Cemig (CMIG4) anunciou a compra de 49% de usinas fotovoltaicas pela subsidiária Cemig SIM.

O valor da transação foi de R$ 54,92 milhões.

Guararapes (GUAR3) aprova JCP de R$ 202 milhões

O Conselho de Administração da Guararapes (GUAR3) aprovou o pagamento de juros sobre o capital próprio (JCP) pela companhia.

Dessa forma, a Guararapes informou que será pago o valor bruto de R$ 202,57 milhões, correspondentes a R$ 0,4058 por ação.

Grendene (GRND3) aprova créditos do PIS/Cofins

O Conselho de Administração da Grendene (GRND3) aprovou o reconhecimento contábil da apropriação de saldo remanescente do crédito relacionado à exclusão do ICMS da base de cálculo do PIS/Cofins.

A Grendene irá contabilizar, em suas demonstrações financeiras, um crédito no valor de R$ 450,124 milhões.

Sinqia (SQIA3) pode pagar até R$ 28 mi pela aquisição da Fromtis

A Sinqia (SQIA3) comunicou a aquisição indireta da totalidade das quotas da Fromtis Serviços de Tecnologia.

Com isso, a negociação cumpre dois importantes objetivos estratégicos da Sinqia: reforçar o portfólio de produtos, adicionando um software para controle de FIDCs e ampliar a carteira de clientes, posicionando a Sinqia como líder no mercado.

OSX (OSXB3): Justiça encerra plano de recuperação judicial

OSX (OSXB3) informou que a Justiça encerrou o processo de recuperação judicial da companhia e de suas subsidiárias, OSX Construção Naval e OSX Serviços Operacionais.

Com isso, houve uma corrida pelas ações da OSX, fecharam com alta de 157,09%, cotada a R$ 27,02.

Rodovias do Tietê (RDVT11): debenturistas são contrários à venda

A Rodovias do Tietê (RDVT11), em recuperação judicial, informou que os debenturistas foram contrários a compra de 100% do capital da empresa pela Latache Capital.

Em junho deste ano, a AB Concessões, acionista com 50% das ações da Rodovias Tietê, havia formalizado o direito de venda conjunta previsto em acordo dos acionistas.

Assim, a Latache Capital, dona da portuguesa Lineas, que detinha 50% do controle da Rodovias do Tietê, compraria a parte e passaria a deter 100% do controle da empresa.