Radar corporativo: veja os destaques das empresas nesta quarta-feira

Cláudia Zucare Boscoli
Jornalista formada pela Cásper Líbero, com pós-graduação em Jornalismo Econômico pela PUC-SP, especialização em Marketing Digital pela FGV e extensão em Jornalismo Social pela Universidade de Navarra (Espanha), com passagens por IstoÉ Online, Diário de S. Paulo, O Estado de S. Paulo e Editora Abril.
1

Crédito: Reprodução/Pixabay

O Radar corporativo desta quarta-feira traz como destaque a aprovação, em assembleia de credores, do plano de recuperação da Oi (OIBR3 OIBR4). A Petrobras (PETR4) foi informada que a Capital Research passa a deter 5,09% das ações preferenciais da companhia. Veja mais notícias.

Radar: mercados

Ontem (8), a bolsa fechou com perda de 1,18%, aos 100.050 pontos. Novas integrantes do Ibovespa, PetroRio (PRIO3) e Eztec (EZTC3) estrearam em queda, com menos 6,08% e 0,03%, respectivamente.

Os dois papéis da Petrobras (PETR3 e PETR4) também despencaram, 3,47% e 2,88%, respectivamente, por conta do preço do petróleo.

Ferramenta ajuda na escolha de suas ações de acordo com balanços

A Hapvida (HAPV3) foi o destaque positivo, com ganho de 1,40% devido a uma série de aquisições de participações acionárias em diversas empresas da área da saúde nas regiões Sudeste e Centro-Oeste do Brasil.

Hoje é dia de divulgação do Índice de Preços para o Consumidor Amplo (IPCA), índice oficial de inflação do país, pelo IBGE. A projeção do mercado é por alta de 0,23%, ante 0,36% de julho. Em junho, o avanço foi de 0,26%. Maio e abril foram meses de deflação. A meta do governo para o ano é de inflação de 4%.

Os mercados futuros de Nova York e da Europa tentavam se manter em alta, mas não resistiram e passaram a cair.

Ontem, as bolsas fecharam novamente em queda, devido à liquidação das empresas de tecnologia nos EUA, que segue desde a semana passada.

As tensões entre EUA e China também ganharam novos contornos, com Donald Trump afirmando, sem dar mais detalhes, que quer reduzir os laços econômicos entre os dois países.

O preço do petróleo teve forte queda, depois que a Arábia Saudita reduziu o preço de venda para compradores da Ásia. Nesta manhã, o preço está em recuperação.

Para complementar, a AstraZeneca e a Universidade de Oxford pausaram os testes de fase 3 da vacina contra o coronavírus, considerada a mais promissora entre as opções estudadas. A vacina teria apresentado uma reação adversa grave e voluntário do Reino Unido. Apesar de especialistas afirmarem que o fato é normal, ele dá uma desanimada.

Veja as cotações às 10h25:

  • S&P: -2,78%
  • Nasdaq: -4,77%
  • Dow Jones: +2,25%

Confira aqui a cobertura completa da abertura dos mercados.

Radar: destaques corporativos

Veja as principais notícias das empresas.

Oi (OIBR3 OIBR4): credores aprovam aditamento a plano de recuperação

Após assembleia virtual de 12 horas, os credores da Oi (OIBR3 OIBR4) aceitaram plano de recuperação judicial da companhia.

O plano prevê o fatiamento das operações e a venda de ativos, entre eles a telefonia móvel, que ficará com as concorrentes TIM (TIMP3), Vivo (VIVT4) e Claro.

Também está prevista a venda de parte da rede de fibra óptica InfraCo, além de torres e data centers.

Caixa Seguridade aprova cisão parcial de sua subsidiária integral

O conselho de administração da Caixa Seguridade aprovou, em 27 de agosto de 2020, a incorporação das ações da XS2 Participações ao patrimônio da Holding XS1, subsidiária integral da Caixa Seguridade.

Petrobras (PETR4): Capital Research detém 5,09% das PN

A Petrobras (PETR3 PETR4) foi informada que a Capital Research Global Investors (CRGI), divisão independente de investimentos da Capital Research and Management Company, adquiriu ações preferenciais (PETR4), de modo a deter aproximadamente 5,09% desses papéis da estatal.

A CRGI alcançou a propriedade de 285.451.396 ações preferenciais e American Depositary Receipts (ADRs) representativos de ações preferenciais.

Petrobras (PETR4) inicia processo de venda de bloco na Bacia de Santos

A Petrobras (PETR3 PETR4) comunicou ao mercado o início do processo de venda de 50% a 100% de sua participação na concessão BM-S-51, no campo de Libra, localizado no polígono do pré-sal da Bacia de Santos. A estatal vai passar também a operação ao comprador.

JSL (JSLG3) pode levantar até R$ 693,6 mi em aumento de capital

JSL (JSLG3) aprovou o aumento de capital de R$ 693,6 milhões, mediante a emissão de 72.255.762 novas ações ordinárias. O preço por ação ordinária da companhia é de R$ 9,60. Assim, o novo capital social da JSL passará a ser de R$ 803,3 milhões.

IRB (IRBR3) deve fornecer lista de acionistas

O colegiado da Comissão de Valores Mobiliários (CVM) decidiu que o IRB Brasil (IRBR3) divulgue sua lista de acionistas. A decisão foi tomada por unanimidade. O fornecimento dos nomes deve ser feito ao Instituto Empresa, uma associação de proteção aos direitos de investidores de Porto Alegre (RS).

Sinqia (SQIA3): acionistas não terão direito de retirada

A Sinqia, provedora de tecnologia para o sistema financeiro, informou que, em relação à aquisição da Itaú Administração Previdenciária (ISP), os acionistas dissidentes do negócio não terão direito de retirada, diferentemente do que foi afirmado anteriormente. A companhia constatou que o preço a ser pago por quota não ultrapassa 1,5x o maior dos três valores estabelecidos.

Petro Rio (PRIO3) informa produção diária

A Petro Rio (PRIO3) divulgou seus dados operacionais preliminares e não auditados referentes ao mês de agosto. De acordo com a companhia, no mês passado foram produzidos 33.319 barris (bbls) por dia.

O montante se desdobrou em uma produção diária de 10.681 boepd para o Campo de Polvo, 12.908 para Frade e 1.569 boepd oriundos de Manati.

Suzano (SUZB3): BNDESpar esclarece notícia sobre venda

A BNDESpar foi a público confirmar notícia veiculada na Agência Estado, afirmando que a companhia venderia sua participação na Suzano, em uma operação de follow on estimada em R$ 7,2 bilhões.

Eletrobras (ELET6): Cade aprova compra de ativos eólicos pela Ômega (OMGE3)

A empresa de energia renovável Ômega Geração recebeu aprovação sem restrições do Conselho Administrativo de Defesa Econômica (Cade) para a aquisição de ativos eólicos da estatal Eletrobras (ELET6).

A operação envolve a compra pela Ômega Geração de parques eólicos da estatal no Rio Grande do Sul por cerca de 1,5 bilhão de reais, incluindo dívidas.

Cosan (CSAN3): controlada Compass protocola prospecto de IPO

A Cosan (CSAN3) comunicou que sua controlada Compass Gás e Energia protocolou prospecto preliminar referente à oferta pública de distribuição primária de ações ordinárias.

O preço de venda das ações será fixado após coleta de intenções de investimento. A oferta está sujeita à concessão de registro pela CVM e condições de mercado.

Localiza (RENT3): corte dos EUA aprovou fim da parceria com a Hertz

A Localiza (RENT3) informou que foi aprovado nos Estados Unidos o fim da parceria com a The Hertz Corporation e Hertz Systems.
Anunciado em agosto, o fim da parceria foi aceito pela corte norte-americana responsável pelo processo de recuperação judicial da Hertz.

Banco Voiter, ex-Indusval (IDVL4), recebe laudo

Em fato relevante, o banco Voiter informou que recebeu nova versão do laudo de avaliação das ações de emissão da companhia. O laudo foi elaborado pela Mazars Cabrera Assessoria, consultoria e planejamento empresarial, em cumprimento a exigências da B3.

Energisa (ENGI11) emite debêntures

A Energisa (ENGI11) emitirá até 750 mil debêntures, com valor unitário de R$ 1 mil, perfazendo R$ 750 milhões.

Lupatech (LUPA3) aprova opção de compra de ações

O Conselho de Administração da Lupatech aprovou opções de compra aos executivos Rafael Gorenstein e João Marcos Cavichioli Feiteiro.
Gorenstein, atual Diretor Presidente e Diretor de Relações com Investidores da Lupatech, poderá subscrever até 860.000 ações. Já Feiteiro, atual Presidente do Conselho de Administração da Lupatecj, poderá subscrever até 283.000 ações.

Smartfit (SMFT3) tem 64% das academias reabertas

A Smartfit (SMFT3) informou que encerrou agosto com 64% das academias reabertas, no total de 550

Ecorodovias (ECOR3) informa queda de 13,3% no tráfego de veículos

A Ecorodovias (ECOR3) informou queda de 13,3% em relação a período semelhante do ano anterior no tráfego de veículos nas rodovias administradas pela empresa, durante o período compreendido entre 16 de março e 6 de setembro de 2020.

Hermes Pardini (PARD3) remunera JCP

O Hermes Pardini (PARD3) aprovou pagamento de juros sobre o capital próprio referente ao período entre abril e setembro de 2020 no montante bruto total de R$ 17,7 milhões, equivalentes a R$ 0,1365886282 por ação.

O pagamento será realizado em 30 de setembro de 2020, com base na posição de 16 de setembro de 2020.

Banco Pan (BPAN4) informa mudança acionária

O GIC Private Limited passou a deter 30.432.182 ações preferenciais do Banco Pan, representando 5,56% do total das ações preferenciais da companhia.

Terra Santa (TESA3) atualiza desempenho operacional

A Terra Santa divulgou atualização sobre encerramento da colheita das safras de milho e algodão da safra 2019/20.
A área plantada de milho no período foi de 25,5 mil hectares, 9,7% inferior à safra2018/19.

GP Investments (GPIV33) fará oferta da G2D

A GP Investments (GPIV33) anunciou que fará oferta pública de BDRs (Brazilian Depositary Receipts) da G2D Investments. A G2D também apresentou pedido de registro de emissor estrangeiro categoria A perante à CVM.

CEEE-GT (EEEL4): Aneel aprova renovação de contrato

A Companhia Estadual de Geração e Transmissão de Energia Elétrica – CEEE-GT (EEEL3 e EEEL4) informou aos acionistas, investidores e ao mercado em geral que a Aneel (Agência Nacional de Energia Elétrica), aprovou a renovação do contrato celebrado com a Companhia Estadual de Distribuição de Energia Elétrica (CEEE–D).

Omega (OMGE3) lança plataforma de venda no mercado livre

Segundo a Reuters, a Omega Geração (OMGE3) lançou uma plataforma eletrônica de venda de contratos no mercado livre de eletricidade.
No mercado livre, grandes consumidores, como indústrias e comércios, podem negociar diretamente com produtores e distribuidoras.

BlackRock aumenta participação na Cemig (CMIG4)

A Cemig (CMIG4) informou que a acionista BlackRock, uma das maiores gestoras de ativos do mundo, adquiriu novas ações preferenciais da companhia, alcançando 94.888.261 de ações preferenciais e 58.801.709 de American Depositary Receipts (ADRs) representativos de ações preferenciais.

Wilson Sons (WSON3) tem queda de 5,2% na movimentação de contêineres

A Wilson Sons (WSON3), operadora de terminais portuários, divulgou os dados operacionais referentes a agosto, com queda de 5,2% na movimentação de contêineres frente ao mesmo período de 2019.