Radar traz balanços de CSN (CSNA3), Itaúsa (ITSA4), Cteep (TRPL4), proventos e IPOs

Felipe Moreira
Especialista em Mercado de Capitais e Derivativos pela PUC - Minas, com mais de 8 anos de vivência no mercado financeiro e de capitais. Certificações: CPA-10, CPA-20 e AAI. Apaixonado por educação financeira e investimentos.

Crédito: Crédito da imagem: Reprodução/Internet

No Radar Corporativo desta terça-feira destaque para a sequência da safra de balanços e para novas ofertas públicas iniciais de ações (IPOs, na sigla em inglês) na bolsa.

Peso pesado da bolsa, a CSN (CSN3), que recentemente promoveu o IPO de sua subsidiária de mineração, teve alta de 3,5 vezes no lucro, que atingiu R$ 3,9 bilhões no quarto trimestre.

Já a Itaúsa (ITASA4) apontou alta de 6% no lucro do quarto trimestre, que somou R$ 2,7 bilhões, e anunciou distribuição de juros sobre capital próprio (JCP).

Abra agora sua conta na EQI Investimentos e tenha acesso a soluções customizadas de acordo com seu perfil

A Isa Cteep (TRPL3 TRPL4) registoru lucro de R$ 374,4 milhões no quarto trimestre, alta de 8,4% no ano, e o pagamento de dividendos no total de R$ 1,055 bilhão.

Em meio ao mês de feveireiro recheado de IPOs, novos vão entrar no radar dos investidores.

A Dotz, empresa de fidelidade, protocolou prospecto preliminar divulgado nesta segunda-feira, assim como o grupo de manutenção e segurança patrimonial, GPS. Outras empresas que passaram a figurar a Allied e a Três Tentos.

No mais, hoje os investidores devem seguir acompanhando os desdobramentos da troca de comando na Petrobras (PETR3 PETR4). Está uma reunião do conselho de administração da petroleira que terá que votar sim ou não ao nome de Joaquim Silva e Luna ao cargo de CEO, no lugar de Roberto Castello Branco.

Veja todos os destaques:

O que você verá neste artigo:

Balanços e proventos

CSN (CSNA3): Lucro cresce 3,5 vezes no 4TRI

A CSN (CSNA3) registrou um lucro líquido de R$ 3,9 bilhões no quarto trimestre de 2020, crescimento de 3,5 vezes sobre o resultado do quarto trimestre de 2019.

O lucro antes de juros, impostos, depreciação e amortização (Ebitda) triplicou em relação ao mesmo período de 2019, atingindo 4,738 bilhões.

A siderúrgica atualizou ainda projeções: atingir aproximadamente 1.0x de Dívida Liquida/EBITDA ajustado e R$ 15 bilhões de Dívida Líquida no fechamento do balanço anual de 2021.

Itaúsa (ITSA4) lucra R$ 2,7 bilhão, alta de 6% no 4TRI20

O lucro líquido recorrente da Itaúsa (ITSA4) foi de R$ 2,7 bilhões no quarto trimestre de 2020. Os números refletem uma alta de 6% na comparação com o mesmo período de 2019.

No entanto, no acumulado de 2020 a companhia reportou queda de 26,1% nos lucros, passando de R$ 9,76 bilhões em 2019 para R$ 7,22 bilhões um ano depois.

Resultados de Alpargatas, Duratex e nts

A Itaúsa divulgou também os resultados das empresas do setor não financeiro, que representam 9% da holding. São elas: Alpargatas, Duratex e Nts.

A Alpargatas teve lucro líquido recorrente de R$ 202,6 milhões no quarto trimestre. Alta de 0,6% em relação ao mesmo período de 2019. O resultado é reflexo do melhor desempenho de todos os negócios no Brasil, aliado ao crescimento de Sandálias Internacional, devido ao mix de países e à variação cambial.

Já a Duratex lucrou R$ 281,4 milhões no período, aumento de 78,4%. A alta é resultado do maior volume vendido em todas as divisões, aliado aos ganhos de produtividade decorrentes do aprimoramento na gestão de ativos e maior eficiência em custos e despesas.

Por fim, a Nts teve lucro líquido de R$ 682 milhões. Ou seja, 18,4% superior ao quarto trimestre de 2019, impactado pelo reconhecimento de créditos tributários retroativos  no valor de R$ 48 milhões.

Itausa (ITSA4) informa JCP

O Conselho de Administração da Itausa (ITSA4) autorizou o pagamento dos juros sobre o capital próprio (JCP) para a data de 12 de março de 2021.

Desse modo, será pago o valor líquido de R$ 0,0864025 por ação, com base na posição acionária final do dia 10 de dezembro de 2020.

Além do valor líquido de R$ 0,01768 por ação, com base na posição acionária final do dia 22 de janeiro de 2021.

Recompra de ações de própria emissão

Em fevereiro foi aprovado o programa de recompra de ações de emissão própria para tesouraria de até 50 milhões de ações ON e 200 milhões de ações PN.

“A possibilidade de recompra permitirá a Diretoria dispor de mais oportunidades para alocação eficiente de capital – um dos pilares estratégicos da Itaúsa – com vistas ao melhor interesse de seus acionistas” ressaltou a companhia.

Isa Cteep (TRPL3 TRPL4) registra lucro de R$ 374,4 mi no 4TRI, alta de 8,4%

A Isa Cteep (TRPL3 TRPL4) anunciou um lucro líquido de R$ 374,4 milhões no quarto trimestre de 2020, uma alta de 8,4% sobre o mesmo período de 2019.

No acumulado de 2020, o lucro líquido da companhia foi de R$ 2 bilhões, alta de 63,9% sobre um ano antes.

A companhia de transmissão de energia vai investir R$ 1,3 bilhão no País em 2021, dos quais cerca de R$ 1 bilhão vão para o desenvolvimento de novos projetos, de acordo com o presidente do grupo, Rui Chammas. “

Isa Cteep (TRPL3 TRPL4) paga dividendos

A Isa Cteep (TRPL3 TRPL4) anunciou o pagamento de dividendos no valor total de R$1,055 bilhão, correspondentes a R$ 1,602123 por ação de ambas as espécies.

Assim sendo, serão pagos dividendos intermediários do corrente exercício social, no valor de R$ 531,162 milhões (R$ 0,806156/ação).

IPO

Allied avalia IPO

Allied informou que avalia a possibilidade de realização de uma oferta pública inicial (IPO, na sigla em inglês) para distribuição primária e secundária de ações ordinárias de sua emissão.

Para essa finalidade, contratou os bancos e instituições BTG Pactual, Bradesco BBI, Itaú BBA, XP Investimentos, e Easynvest.

Empresa gaúcha de agronegócio Três Tentos pede registro para IPO

A Três Tentos pode ser mais uma a figurar na B3 com ações em negociação. A empresa gaúcha de agronegócio pediu registro para uma oferta inicial de ações (IPO, na sigla em inglês).

A Três Tentos produz farelo e óleo de soja, biodiesel. Além disso, vende sementes, fertilizantes, milho, trigo, arroz. Também atua na negociação (trading) de grãos.

Dotz, empresa de fidelidade, protocola pedido de IPO

A Dotz, empresa de fidelidade, protocolou pedido de oferta pública inicial de ações (IPO, na sigla inglês), conforme prospecto preliminar divulgado nesta segunda-feira (22).

A oferta contará com tranche primária e secundária de ações.

Conforme o prospecto, os recursos levantados na oferta primária serão destinados para investimentos em tecnologia na Plataforma Dotz; expansão dos já existentes negócios de fidelização, fintech e marketplace; fusões e aquisições; e desenvolvimento de negócios.

GPS, grupo de manutenção e segurança patrimonial, pede registro de IPO

O grupo GPS, de manutenção e segurança patrimonial, protocolou nesta segunda-feira (22) seu pedido de IPO. A oferta contará com tranche primária e secundária de ações.

Conforme o prospecto, os recursos levantados na oferta primária serão destinados para realizar aquisições, fortalecer sua capacidade financeira, e pagamento de dividendos aos acionistas.

Cias abertas

Interferência de Bolsonaro na Petrobras (PETR4) derruba ações

A interferência do presidente Jair Bolsonaro na Petrobras (PETR4) e a sinalização de que outras estatais podem
sofrer com interferência do governo prenunciam um cenário mais adverso para os ativos brasileiros de maneira geral, conforme reportagem do Valor.

Isso porque o capital estrangeiro pode deixar o país e poderá ocorrer uma reprecificação geral do risco.

Petrobras PN caiu 21,51% e registrou o segundo maior tombo na história, enquanto a ON recuou 20,48%.

Já Banco do Brasil (BBAS3) teve desvalorização de 11,65%, sob a percepção de que o presidente da instituição, André Brandão, pode ser o próximo alvo do presidente. As ações de Eletrobras (ELET6) despencaram mais de 9% na abertura, mas reverteram as perdas.

Não foram só as estatais que sofreram no pregão de ontem (22), o setor sucroalcooleiro – que já foi especialmente penalizado no passado por controle de preços – também perdeu valor na B3.

A Cosan (CSAN3), que controla a Raízen junto com a Shell, teve queda mais expressiva, de 6,61%. Isso porque além de atuar na produção sucroalcooleira, a Raízen está mais exposta aos preços de combustíveis por atuar em distribuição e estar negociando a compra de refinarias.

Os papéis da São Martinho (SMTO3) e da Jalles Machado (JALL3) apresentaram perdas de 6% e 4,29%,
respectivamente.

Enquanto, a Biosev (BSEV3) viu suas ações recuarem 3,52%.

Conselho de administração decide destino da Petrobras (PETR4) nesta terça-feira

Nesta terça-feira (23), 11 membros do conselho de administração da Petrobras, terão de votar a favor ou não do nome do Joaquim Silva e Luna para a presidência da Petrobras, no lugar de Roberto Castello Branco. A notícia é do Estadão.

Se o nome do general for rejeitado, o presidente Bolsonaro pode levar a empresa a enfrentar uma batalha jurídica, sob acusação de abuso de poder, caso queira manter sua decisão.

Os conselheiros, por sua vez, correm o risco de serem responsabilizados na pessoa física pelo voto. Isso vale, inclusive, para uma decisão favorável à indicação de Silva e Luna.

B2W (BTOW3) deve incorporar Lojas Americanas (LAME4)

Após o anúncio do estudo de combinação de negócios entre B2W (BTOW3) e Lojas Americanas (LAME4), analistas acreditam que Lojas Americanas seria incorporada pela B2W.

Já a hipótese de oferta pública de aquisição de ações (OPA) da B2W pela Lojas Americanas tem sido descartada.

Alpargatas (ALPA4) vai acelerar e-commerce no mercado internacional

O presidente da Alpargatas, Roberto Funari, disse que a expansão do braço de e-commerce será prioridade da empresa para as operações no mercado externo em áreas como Estados Unidos, China e Europa.

O vice-presidente de Relações Institucionais da Claro Brasil, Fabio Andrade, disse ontem que atualmente é praticamente impossível calcular os custos de implantação da tecnologia 5G no Brasil, uma vez que valores essenciais – como o das frequências que serão licitadas para prestação do serviço – não foram estabelecidos

B3 (B3SA3) lança índice de Fundos de Investimentos Imobiliários de Alta Liquidez

A partir desta segunda-feira (22), a B3 (B3SA3) conta com mais um índice em seu portfólio, o IFIX L (Índice de Fundos de Investimentos Imobiliários de Alta Liquidez).

O novo produto passa a ser o indicador de desempenho dos 51 FIIs mais negociados na bolsa brasileira.

O IFIX L é considerado um subíndice do IFIX, lançado em 2012 para medir a performance de todos os Fundos de Investimentos Imobiliários no país.

Braskem (BRKM5) iniciará projeto para ampliar produção de plástico verde

A Braskem (BRKM5) comunicou nesta segunda-feira (22) que iniciará projeto no Pólo Petroquímico de Triunfo, no Rio Grande do Sul, para expansão da sua capacidade de produção atual de eteno verde, matéria-prima produzida a partir do etanol da cana-de-açúcar e utilizada para a produção de resinas “I’m greenTM”, com pegada de carbono negativa.

O investimento previsto é de US$ 61 milhões e a expectativa, segundo a empresa, é que o Projeto adicione 60 mil toneladas por ano de produção de eteno verde ao seu portfólio.

O início de operação é prevista para o final de 2022.

AES Brasil (TIET11): Inema concede licença de instalação para construção do Complexo Eólico Tucano

A AES Tietê Energia (TIET11) informou que em 5 de fevereiro último o Instituto do Meio Ambiente e Recursos Hídricos (Inema) concedeu a licença de instalação que autoriza a construção de 365,8 MW de capacidade instalada do Complexo Eólico Tucano, localizado nos municípios de Tucano, Biritinga e Araci, na Bahia.

O Complexo Eólico Tucano possui um total de 582,8 MW de capacidade instalada. Na Fase 1, serão 155,0MW de capacidade eólica instalada, equivalentes a 78 MW médios de energia assegurada, sendo que 60 MW comercializados por meio de um contrato com prazo de 20 anos, com início de entrega de energia a partir de 2023.

Aliansce Sonae (ALSO3) retoma operações em shoppings no AM e em SP

A Aliansce Sonae (ALSO3) retomou as operações no Manauara Shopping nesta segunda-feira (22), e no Franca Shopping, no dia 20 de fevereiro último.

O primeiro empreendimento fica em Manaus, capital do Amazonas, onde ainda ocorre a pior crise de Covid-19 do país. O segundo fica em Franca, interior de São Paulo, com nível de atenção alto para infecções.

BRMalls (BRML3) atualiza operações em shoppings

A BR Malls (BRML3) retomou a operação do Amazonas Shopping (AM) em 22 de fevereiro. Adicionalmente, a companhia informou que, por determinação das autoridades públicas, suspendeu temporariamente as atividades do Center Shopping Uberlândia (MG), a partir do dia 20 de fevereiro último.

Entretanto, o empreendimento mineiro mantém todos os serviços de delivery e atividades essenciais permitidas.

Sendo assim, a brMalls possui, na presente data, 30 dos 31 shoppings do portfólio abertos: “a companhia segue atenta aos desdobramentos da pandemia do Covid-19 e manterá os acionistas e mercado em geral informados sobre as mudanças relevantes ocorridas”.

BB (BBAS3) nega demissão de diretoria

O Banco do Brasil (BBAS3) soltou nesta segunda-feira (22) comunicado ao mercado, dizendo que, “considerando o teor de notícias veiculadas pela mídia e a oscilação atípica de suas ações nesta data, informa que não recebeu indicação de mudança na composição de seu corpo diretivo”.

Após o presidente Jair Bolsonaro (sem partido) indicar a troca no comando da Petrobras (PETR3 PETR4), os jornais passaram a indicar que a próxima troca do presidente seria justamente o comando do Banco do Brasil, visto que ele não tem em boa conta o atual mandatário do BB, André Brandão.

Segundo informa Andrea Sadi, no portal de notícias G1, “Brandão entrou na mira de Bolsonaro após o Banco do Brasil anunciar o fechamento de agências dentro de um programa já previsto de reestruturação administrativa. O problema é que o presidente não gostou, e reclamou com Paulo Guedes. O ministro da Economia, no entanto, trabalhou para manter Brandão, junto com o presidente do Banco Central, Roberto Campos Neto”.

Banco do Brasil (BBAS3) disponibilizará R$ 16 bi para pré-custeio em 2021/22

O Banco do Brasil (BBAS3) ofertará R$ 16 bilhões para o pré-custeio da próxima safra (2021/22), a maior cifra já
ofertado pelo banco para essa modalidade, conforme informou o Valor.

BB (BBAS3) atualiza valor de JCP

O Banco do Brasil (BBAS3) informou que o valor do JCP complementar, referente ao 4º trimestre de 2020, atualizado pela taxa Selic até 22 de fevereiro é de R$ 0,43563580735 por ação.

Cogna (COGN3): Somos pagará R$ 580 mi para aquisição da Editora Eleva

A Cogna (COGN3) e Saber informaram que as tratativas estão avançadas com a Eleva Educação para a potencial transação envolvendo tanto a compra quanto a venda de determinados ativos educacionais, sendo que tais tratativas ainda não foram integralmente finalizadas e, até o momento da divulgação deste fato relevante, os documentos definitivos da potencial transação não haviam sido assinados.

Conforme a Cogna, qualquer nova informação relevante relacionada à potencial transação, incluindo a conclusão das negociações entre as partes e eventual assinatura dos contratos definitivos, será objeto de fato relevante.

Rede D’Or (RDOR3) compra Hospital de Clínicas Antônio Afonso, em Jacareí

A Rede D’or (RDOR3) informou que por meio de sua afiliada Clínica São Vicente, concluiu a aquisição de 100% do Hospital de Clínicas Antônio Afonso.

O hospital fica localizado no município de Jacareí, Estado de São Paulo.

Dívidas e emissões

Invepar (IVPR4B): Lamsa informa aumento de capital

A Lamsa anunciou o aumento  do  capital  social  da  companhia  com  a  consequente alteração do estatuto social da empresa.

Foi aprovado o aumento do capital social no valor de R$ 31.000.000,00, mediante a emissão privada de 45.588.240 ações, sendo 15.196.079 novas ações ordinárias ao preço de emissão de R$ 0,22666663 cada, e 30.392.161 novas ações preferenciais, ao preço de emissão de R$ 0,45333330 cada.

Assim, o capital social da companhia passa a ser, portanto, de R$ 91.953.381,48, dividido em 70.282.082 ações ordinárias e 140.564.177 ações preferenciais.

Mais Proventos

Allied aprova distribuição de dividendos

A Allied aprovou a proposta de pagamento de dividendos intercalares e intermediários aos acionistas, com base no balanço patrimonial da companhia de 31 de dezembro de 2020, no valor total de R$ 43 milhões.

Desses, R$ 17,691 milhões serão distribuídos como dividendos intercalares, à conta do lucro líquido do referido período e R$ 25,308 milhões serão distribuídos como dividendos intermediários, com base no saldo da reserva de lucros.

Mudança acionária

Boa Vista (BOAS3) informa alteração acionária

A FRM LLC informou a Boa Vista (BOAS3) que fez uma alteração acionária. Fundos e contas administradas pela FRM alienaram 2.435.141 ações ordinárias.

Desta forma, sua participação consolidada é de 22.723.638 ações, correspondentes a 4,36% das ações da Boa Vista.

(Com Marco Antonio Lopes, Claudia Zucare, Rodrigo Petry e Redação)