Qualicorp (QUAL3) aprova R$ 570,4 milhões em dividendos

Regiane Medeiros
Colaborador do Torcedores
1

Crédito: Divulgação Qualicorp

A Qualicorp (QUAL3) aprovou a distribuição de dividendos no montante de R$ 570,39 milhões.

Farão jus aos proventos os acionistas em 7 de maio (inclusive), sendo que as ações da Companhia serão negociadas “ex” dividendo a partir de 10 de maio.

Acesse esse material especial para avaliar resultados, performance e dividendos dos melhores FIIs no mercado.

Os dividendos serão pagos da seguinte forma: R$ 200 milhões, correspondentes a R$ 0,705176770 por ação, em 31 de maio e R$ 370,39 milhões, correspondentes a R$ 1,305963014 por ação, até 28 de dezembro.

Wiz (WIZS3) fecha acordo com o Santander (SANB11) para vender produtos do consórcio

A Wiz (WIZS3) celebrou junto ao Santander (SANB11) um convênio para comercialização, distribuição e divulgação de consórcios e produtos correlatos administrados pela Santander Consórcios.

Você sabia que algumas das maiores oportunidades de ganhos da bolsa estão nas Small Caps? Quer saber mais sobre essas ações e como investir? 

“A administração da Companhia (“Administração”) entende que a celebração do Convênio é estratégica, pois está alinhada à visão de crescimento da WIZ no contexto de ampliação e diversificação de suas Unidades de Negócios e expertise das empresas do conglomerado WIZ”, destacou a companhia.

Quer começar o dia bem-informado com as notícias que vão impactar o seu bolso? Clique aqui e assine a newsletter EQI HOJE!

A operação será conduzida por uma nova unidade de negócios do Grupo WIZ, mediante a criação de uma subsidiária integral, que atuará com dedicação exclusiva ao Convênio.

Lavvi (LAVV3) anuncia ingresso em índices

A Lavvi (LAVV3) comunicou que, a partir de 3 de maio, as ações de sua emissão ingressaram nos seguintes índices da B3: Índice Imobiliário (IMOB), Índice Small Cap (SMLL), Índice de Consumo (ICON), Índice de Governança Corporativa Trade (IGCT) e Índice Brasil Amplo (IBRA).

Segundo a companhia, a entrada da LAVV3 em tais índices possibilita o acesso a uma base maior de investidores, aumentando sua visibilidade e liquidez.

Fleury (FLRY3) conclui compra de 100% das quotas de emissão da CIP – Centro de Infusões Pacaembu

A Fleury (FLRY3) realizou o fechamento da operação de compra de 100% das quotas de emissão da CIP – Centro de Infusões Pacaembu.

O fechamento da operação foi efetivado após o cumprimento das condições suspensivas, e aprovação sem restrições, pelo Conselho Administrativo de Defesa Econômica (CADE).

O valor da operação é de R$ 120 milhões.

O CIP é um centro infusão de medicamentos imunobiológicos, atuando com seis unidades de atendimento, todas na capital paulista.

A receita bruta estimada do CIP, nos últimos 12 meses findos em junho de 2020, atingiu R$ 108,3 milhões.

Tegma (TGMA3) comunica alteração acionária

A Tegma (TGMA3) comunicou que recebeu correspondência da Kayne Anderson Rudnick Investment Management LLC, informando que a quantidade de ações ordinárias da Tegma detida pelo conjunto de fundos de investimentos atingiu 11% das ações, totalizando 7.261.254 ações ordinárias da Tegma.

Atingir um patrimônio de R$ 100 mil é para poucos, o que amplia o desafio de busca pelas melhores aplicações para multiplicá-lo.