Existe melhor banco para conta poupança?

Rodrigo Petry
Editor-chefe, com 18 anos de atuação em veículos, como Estadão/Broadcast, InfoMoney, Capital Aberto e DCI; e na área de comunicação corporativa, consultoria e setor público; e-mail: rodrigo.petry@euqueroinvestir.com.
1

Crédito: Crédito da imagem: Reprodução/Internet

Afinal, existe um melhor banco para investir em uma conta poupança? Bom, antes de te responder esta pergunta, explicarei em detalhes como funcionam os investimentos em caderneta de poupança e como eles se tornaram a paixão nacional entre os investidores.

A caderneta de poupança é o investimento mais usado no Brasil.

Devido a sua segurança e liquidez é escolhido por pelo menos 70% dos brasileiros que decidem começar a investir.

Participe do maior evento de investimentos da América Latina

A poupança é um investimento isento de taxas na maioria dos bancos e isenta também de imposto de renda.

Portanto, não exige depósito mínimo inicial ou consulta ao Serasa ou SPC.

Além disso, dá direito a emissão de um cartão de débito, que possibilita movimentação irrestrita.

Parece um bom investimento? Mas não é!

Como todos sabem, no mundo dos investimentos, os riscos são inversamente proporcionais aos ganhos.

Dessa forma, por se tratar de uma aplicação segura (tem cobertura do FGC), muitas pessoas aceitam a sua péssima rentabilidade.

Se você já investe ou busca informações sobre investimentos há algum tempo, sabe que existem outros produtos com rentabilidade superior.

Tudo vai depender do seu perfil de risco!

Como funciona o rendimento da Poupança?

Quando a taxa Selic for superior a 8,5% ao ano, o rendimento mensal da poupança será a TR (Taxa Referencial) + remuneração adicional de 0,5% ao mês.

Por outro lado, quando for igual ou inferior a 8,5% ao ano, o rendimento será a TR + 70% da taxa.

Em qualquer corretora, é possível encontrar um CDB de liquidez diária (portanto com a mesma segurança) pagando 100% do CDI.

Veja a variação da Selic nos últimos anos

selic_grafico

Fonte: Banco Central

Baixa rentabilidade

Agora, vamos aos fatos!

Com a Selic em 3%, como em 14 de junho, como fica sua rentabilidade?

Em 2,62% ao ano ou 0,22% ao mês (sem considerar a inflação).

Assim, a poupança tem tudo para se tornar, como nos últimos anos, o pior “investimento” de 2020.

Agências e Caixas Eletrônicos

Nenhum dos grandes bancos brasileiros (Caixa, Banco do Brasil, Itau/Unibanco, Bradesco, Santander) exige valor mínimo para abertura de uma conta poupança tampouco cobra taxas.

É importante lembrar que muitas corretoras, como a XP Investimentos por exemplo, também não cobram nenhum tipo de taxas.

Como abrir uma poupança?

É muito fácil, os documentos normalmente exigidos são RG, CPF, e comprovante de residência em nome do titular da conta.

Com estes documentos em mãos, basta você ir até a agência mais próxima do banco escolhido, solicitar a abertura, preencher e assinar um contrato e pronto!

Praticamente os mesmos requisitos para se abrir uma conta em uma corretora!

Esse investimento é um bom negócio?

Bem, se você chegou até aqui, é porque está realmente inclinado a abrir uma poupança, mas vem aqui perto, deixa eu te contar um segredo…

– Querido amigo investidor, eu sei que você é brasileiro, e só Deus, que também dizem ser, sabe o porquê de termos essa fixação por caderneta de poupança!

Mas como você pode ter percebido, na prática, não existe razão nenhuma para que você comece ou continue investindo neste tipo de ativo.

Mesmo que você não entenda nada de economia e que não tenha experiência, dá uma pesquisada, procure conversar com um especialista.

Após esse papo você irá descobrir facilmente várias opções de investimentos simples, que trarão um retorno melhor.

Qual o melhor banco para investir em poupança?

A esta altura, eu espero ter lhe convencido de que ao contrário do que possa parecer, o investimento em poupança é um péssimo negócio, portanto, não há um melhor banco para investir em poupança.

Explicando melhor, as regras da poupança são as mesmas para todos os bancos.

Ou seja, sua rentabilidade e a sua segurança independem da instituição financeira em que você é correntista.

Dessa forma, a poupança do Itaú pagará os mesmos 70% do CDI (observando o gatilho da SELIC abaixo dos 8,5%) da poupança do Banco do Brasil, com a cobertura do FGC em ambos os casos.

Lembrando mais uma vez, que você encontra com extrema facilidade, produtos pagando 100% do CDI em uma boa corretora, com produtos que também possuem a cobertura do Fundo Garantidor de Crédito.

(Com Filipe Teixeira)