Fundos de Renda Fixa

Qual Investimento em Renda Fixa Rende Mais?

Saiba qual investimento de renda fixa rende mais e entenda melhor sobre essa aplicação

Avalie este artigo!

Ao decidir aplicar seu capital, o investidor precisa entender qual seu perfil, os objetivos e o que ele tem de expectativa sobre aquela aplicação. Para perfis mais conservadores, mesmo não sendo uma regra, a renda fixa se mostra uma das melhores opções. Agora, confira neste artigo como avaliar qual investimento de renda fixa rende mais para que você possa ingressar no mercado financeiro.

O que é renda fixa?

Quando falamos sobre renda fixa, significa que, basicamente, você empresta dinheiro ao banco e depois obtém retorno sobre isso. Nela, os investimentos já têm um rendimento final estabelecido. Ou seja, o tanto que você terá de lucro sobre aquela aplicação em determinado período. Por isso, considera-se uma alternativa mais segura.

Porém, há duas opções nessa modalidade: as pós-fixadas, quando não há taxa definida, sendo alterada de acordo com os índices do CDI, taxa Selic ou IPCA; e as prefixadas, tendo a taxa de retorno já estimada no momento em que o investidor faz a aplicação.


Uma das formas mais eficientes de identificarmos o nosso perfil de investidor, é realizando um teste de perfil.

Você já fez seu teste de perfil? Descubra qual seu perfil de investidor! Teste de Perfil


Qual investimento de renda fixa rende mais?

Dentro da renda fixa, podemos citar alguns tipos de aplicações como:

CDB (Certificado de Depósito Bancário);
LCI (Letra de Crédito Imobiliário) e LCA (Letra de Crédito do Agronegócio);
LF (Letra Financeira);
Poupança;
Debêntures;
Tesouro Direto.

Estes investimentos são bastante conhecidos e cada um tem suas peculiaridades. Para saber qual investimento de renda fixa rende mais, é necessário analisar alguns fatores. São eles:

• desconto de Imposto de Renda na fonte: nas aplicação LCI e LCA, por exemplo, não ocorre. Já no CDB, é obrigatório;
• a taxa básica de juros: como visto, algumas aplicações variam conforme a taxa Selic. Quanto maior ela estiver, melhores serão os rendimentos. Assim como, por exemplo, a queda da Selic interfere negativamente na performance do Tesouro Selic;
• o prazo que você vai deixar seu dinheiro rendendo. Algumas aplicações têm liquidez diária, em outras você perde um montante ao resgatar o benefício antes do prazo estipulado;
• o tanto que você vai investir em termos de quantia e o tempo de investimento.

Após essa análise, é possível descobrir qual investimento de renda fixa rende mais de acordo com o que você tem aplicado e o que almeja.

Para saber mais sobre renda fixa, continue acompanhando a Eu Quero Investir e se mantenha informado!

Filipe Teixeira

Filipe Teixeira é redator do Portal EuQueroInvestir. Gremista, filho dos anos 80, apaixonado por filmes, música, política e economia.

É também Coordenador da área de Marketing do EuQueroInvestir.com e do EuQueroInvestir A.A.I assessores de investimentos.

Me envie um e-mail: filipe.teixeira@euqueroinvestir.com
Ou então uma mensagem por WhatsApp: (51) 98128-5585
Instagram: filipe_st

Artigos Relacionados

Close