Qual a diferença entre Renda Fixa e Renda Variável?

Se você vai começar a investir agora, pode ficar um pouco confuso com estes termos, afinal, qual a diferença entre Renda Fixa e Renda Variável?

Filipe Teixeira
Filipe Teixeira é redator do Portal EuQueroInvestir. Gremista, filho dos anos 80, apaixonado por filmes, música, política e economia.É também Coordenador da área de Marketing do EuQueroInvestir.com e do EuQueroInvestir A.A.I assessores de investimentos.Me envie um e-mail: filipe.teixeira@euqueroinvestir.com Ou então uma mensagem por WhatsApp: (51) 98128-5585 Instagram: filipe_st

lampada

Neste artigo mostrarei que a resposta para estar pergunta é mais simples do que você pensa.

[banner id=”teste-perfil”]

Assim, quando você for conversar com algum especialista para montar sua carteira de investimentos, terá uma ideia clara sobre o tipo de produto indicado ao seu perfil.

Neste artigo falaremos sobre:

[tie_list type=”checklist”]

  • Os conceitos de renda fixa e variável
  • As melhores opções disponíveis no mercado
  • Qual investimento combina mais com você
  • Como escolher entre elas

[/tie_list]

O que são investimentos de renda fixa e variável?

Essa é fácil, o próprio nome já responde por si – Investimentos de renda fixa rendem de forma fixa, e investimentos de renda variável, rendem de forma variada!

[box type=”error” align=”” class=”” width=””]- Ahhh, ajudou bastante, obrigada![/box]
É redundante né? Mas é isso mesmo.
Sejamos mais específicos –

Nos investimentos de renda fixa, a gente já pode saber ou acordar previamente a remuneração, no dia da aplicação. Geralmente eles são títulos de dívida – você empresta o dinheiro para a instituição e recebe juros por isso.

Existem dois tipos de investimentos de renda fixa; os pré-fixados e os pós-fixados.

Prefixado vs Posfixado

Pré-fixados

Neste tipo de investimento, o investidor sabe exatamente quanto receberá na data do vencimento de sua aplicação, não há nenhum tipo de variável.

Pós-fixados

O investidor neste caso conhece a base de cálculo que será usada em sua aplicação, mas ela é atrelada a uma taxa que sofre variações, por exemplo a taxa Selic, os riscos continuam sendo considerados baixos, já que existe uma previsibilidade nestas variações e o investidor vai receber de acordo com o cálculo combinado.

Nos investimentos de renda variável, você não sabe quanto vai ganhar, nem existe um cálculo base, já que vários fatores podem alterar o rendimento deste tipo de aplicação.
Outra característica importante a ser levada em conta, é que no caso de investimentos de renda variada, o investidor pode até perder dinheiro.

Uma das formas mais eficientes de identificarmos o nosso perfil de investidor, é realizando um teste de perfil.

Você já fez seu teste de perfil? Descubra qual seu perfil de investidor! Teste de Perfil

[banner nome=”facebook”]
[highlight color=”red”]PERDER DINHEIRO??? Como assim?[/highlight] – Calma, não criemos pânico!!!

Um bom estudo de mercado, diminui sempre os riscos.
E claro, como você já deve ter ouvido falar mais de uma vez, o risco é proporcional a possibilidade de ganhos altos. Corre-se o risco de perder dinheiro, mas também pode-se ganhar muito mais que o esperado.

As melhores opções disponíveis no mercado, dentre os investimentos de renda fixa mais “populares” do mercado estão:

[tie_list type=”lightbulb”]

  • CDB ( Certificados de Depósitos Bancários)
  • Títulos Públicos
  • Letras de Crédito (LCI/LCA)
  • Fundos DI

[/tie_list]

Dentre os investimentos de renda variável estão:

[tie_list type=”lightbulb”]

  • Ações
  • Câmbios
  • Derivativos
  • Fundos de Ações

[/tie_list]

Qual investimento combina mais com você? Qual escolher? –
Tenha isso SEMPRE em mente: Não existe investimento melhor ou pior, tudo vai depender da SUA situação, dos SEUS objetivos, das SUAS expectativas, das SUAS necessidades.

Não é o máximo???

Existe em algum lugar, um investimento que nasceu para você! Por isso a importância do teste de estilo.
Então a grosso modo, se você almeja segurança, as aplicações de renda fixa provavelmente são sua melhor opção, se você busca maiores rendimentos e tem um perfil mais ousado, as de renda variável te atrairão mais.

É unanime entre os especialistas que para alcançar objetivos, a curto, médio e longo prazo, o ideal é mesclar renda fixa e variável, por isso estude o mercado e sempre ouça a opinião de um assessor!