PT e PSL devem captar pelo menos 20% do fundo eleitoral

Luiza Carvalho Lemos Branco
null

Com as duas maiores bancadas da Câmara, o PT e o PSL ficarão com a maior parte do fundo eleitoral em 2020, recebendo até R$760 milhões. O PSL irá captar R$381 milhões e o PT,  quase R$378 milhões. O valor equivale a 20% de todo o fundo, que foi fixado a R$3,8 bilhões.

O valor total foi aprovado na Comissão Mista de Orçamento (CMO) na última quarta (4) e deve ir ao plenário em 17 de dezembro. Ambos os partidos reúnem os dois maiores critérios para receber uma maior parte do fundo eleitoral: maior representação no Congresso e maiores votações nas eleições.