Programa de videoconferência da Cisco ultrapassa 324 milhões de usuários em março

Felipe Moreira
Felipe Moreira é Graduado em Administração de empresas e pós-graduado em Mercado de Capitais e Derivativos pela PUC - Minas, com mais de 6 anos de vivência no mercado financeiro e de capitais. Apaixonado por educação financeira e investimentos.
1

Crédito: Reprodução/Cisco

O sistema de videoconferência da Cisco Webex registrou um recorde de 324 milhões de usuários no mês passado, com o nível de utilização nas Américas mais que dobrado, devido as medidas de isolamento social para enfrentamento da pandemia.

Webex e as rivais Zoom e Teams, da Microsoft, estão sendo usadas no mundo todo desde cultos até reuniões e aulas, conforme informou a Reuters.

O número de usuários diários da Zoom aumentou para mais de 200 milhões em março contra o volume de 10 milhões observado antes da epidemia, afirmou a empresa na quarta-feira (1). Importante frisar que não ficou claro se é possível comparar os números com o da Webex por causa da diferença da metodologia do cálculo pelas empresas.

Na Webex, foram realizadas aproximadamente 73 milhões de reuniões em março e mais de 22 milhões por semana nas últimas duas semanas, afirmou um porta-voz da Cisco. O resultado mais que dobrou em relação a janeiro.

A cotação das ações da Zoom aumentou mais de 5 vezes desde que a empresa abriu o capital em abril de 2019.