Anfavea: produção de veículos cresce em março, mas setor terá meses difíceis à frente

Cláudia Zucare Boscoli
Jornalista formada pela Cásper Líbero, com pós-graduação em Jornalismo Econômico pela PUC-SP, especialização em Marketing Digital pela FGV e extensão em Jornalismo Social pela Universidade de Navarra (Espanha), com passagens por IstoÉ Online, Diário de S. Paulo, O Estado de S. Paulo e Editora Abril.
1

Crédito: Divulgação

A produção de veículos no Brasil subiu 1,7% na comparação entre fevereiro e março de 2021. Na comparação com março do ano passado, o avanço é de 5,5%. A informação foi divulgada nesta quarta-feira (7) pela Anfavea.

Foram produzidos 200,3 mil carros. Comparativamente, em março de 2020 foram 190 mil. No trimestre de janeiro a março, houve aumento de 2% na produção, com 597,8 mil novos automóveis.

Atingir um patrimônio de R$ 100 mil é para poucos, saiba quais são as melhores atitudes e aplicações para multiplicá-lo

Os licenciamentos foram de 167,4 mil para 189,4 mil entre fevereiro e março, com alta de 13,1%. Houve avanço também na comparação com março de 2020, de 15,7%.

No trimestre, porém, houve recuo de 5,4%. Os licenciamentos foram 527,9 mil, ante 558,1 mil do mesmo período do ano passado.

As exportações subiram 11,2% entre fevereiro e março. E 19,5% na comparação com março de 2020. No trimestre, houve avanço de 7,6% na comparação anualizada.

Planilha de Ativos

Um dos principais exercícios para a compra de uma ação é saber se ela está cara ou barata. Para isso, preparamos um material especial para ajudá-lo nesta análise.

produção de veículos

Reprodução/Anfavea

Caminhões e ônibus

Os caminhões e ônibus foram 12,5 mil no mês, com acumulado de 33,1 mil no trimestre. A alta é de 5,7% no mês, e de 48,4% na comparação anual.

produção de veículos

Reprodução/Anfavea

 

BTG (BPAC11) vê meses mais difíceis à frente

Para o BTG Pactual (BPAC11), apesar do resultado positivo, a indústria automobilística terá muitos desafios nos próximos meses. Isto porque, com o recrudescimento da pandemia de Covid-19, diversas montadoras já anunciaram a interrupção temporária de suas operações.

Além disso, a indústria enfrenta reduzido nível de estoques e falta de insumos relevantes, o que deve fazer com que a indústria apresente resultados negativos nos próximos meses.

Quadro político piora a crise, diz presidente da Anfavea

Para o presidente da Anfavea, Luiz Carlos Moraes, o que piora o quadro no Brasil é o ambiente político. “Brasília deveria pensar mais no Brasil. É um absurdo o que estamos passando por incompetência ou falta de visão”, disse, em coletiva de imprensa, sobre a condução da crise sanitária e seus desdobramentos econômicos.