Procuradoria-Geral da República quer que liberdade de Lula seja julgada pelo STJ

A Procuradoria-Geral da República (PGR) decidiu se manifestar sobre a possível liberdade de Luiz Inácio Lula da Silva. Para a PGR, o correto é que o Supremo Tribunal de Justiça (STJ) julgue o pedido feito pela defesa do ex-presidente petista, e não o Tribunal Regional da 4ª Região (TRF-4).

Patrícia Auth
Patrícia Auth é jornalista formada pela Univali de Itajaí/SC. Trabalhou em impressos, como o Jornal de Santa Catarina, e também, como repórter na Rede Record e RBS TV. É casada, mãe da Lívia e adoradora de boa música e gastronomia.Na equipe EuQueroInvestir, é responsável pela produção de vídeos, e também escreve e edita artigos para o site.Entre em contato com a Patrícia pelo e-mail: patricia.auth@euqueroinvestir.com

Crédito: Brasília - A Quinta Turma do Superior Tribunal de Justiça (STJ) começa a julgar pedido do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva para evitar prisão após segunda instância (José Cruz/Agência Brasil)

Ao solicitar o julgamento do caso ao STJ, a PGR usou como argumento que, como o habeas corpus vai contra o que foi decidido pela 8ª Turma do TRF-4 – determinação de prisão após condenação no caso tríplex – o Supremo Tribunal de Justiça é o mais competente para acatar, ou não, o pedido de liberdade feito pela defesa de Lula.

A Procuradoria-Geral encaminhou o pedido de julgamento ao STJ logo depois que o desembargador Rogério Favreto, plantonista do TRF-4, concedeu liberdade ao ex-presidente, neste domingo (8). Decisão essa, que foi rapidamente derrubada pelo desembargador Carlos Eduardo Thompson Flores Lenz, presidente do tribunal.

No pedido encaminhado ao STJ, a Procuradoria-Geral afirmou que não cabe habeas corpus contra a decisão de Sergio Moro, que no mês de abril determinou a prisão de Lula, executando o que foi decido pela 8ª Turma do TRF-4.

Outro argumento usado pela PGR é que o desembargador plantonista não tem autonomia para expedir a liminar em habeas corpus, indo contra a decisão colegiada do próprio TRF-4. Tal função, segundo a Procuradoria-Geral, seria do STJ.

Uma das formas mais eficientes de identificarmos o nosso perfil de investidor, é realizando um teste de perfil.

Você já fez seu teste de perfil? Descubra qual seu perfil de investidor! Teste de Perfil

[box type=”info” align=”” class=”” width=””]Por fim, a Procuradoria-Geral da República defendeu, novamente, o cumprimento da pena depois da condenação em segunda instância – é o caso de Lula – como garantia de credibilidade do sistema de justiça e redução da sensação de impunidade, presente hoje na maioria da população brasileira.[/box]

Mudando de assunto…

Está pensando em investir? Conte com a assessoria Eu Quero Investir. Nosso profissionais estão prontos para ajudar você a destinar o seu dinheiro para a melhor aplicação.

O primeiro passo é descobrir o seu perfil de investidor. O teste de perfil você pode fazer aqui mesmo no nosso site, e de graça!

[banner id=”teste-perfil”]

Quando e onde investir

O primeiro passo sempre será conhecer seus limites, sua tolerância a risco. Não entender seus próprios limites pode levá-lo a tomar as piores decisões com seus investimentos.

Por este motivo, sugerimos que todo investidor - experiente ou iniciante - conheça seu perfil. Se busca obter ganhos mais altos aceitando certa volatilidade ou se prefere maior segurança com retornos garantidos.

Entender mais profundamente o seu perfil como investidor e seus objetivos quanto a prazos de investimentos é uma tarefa um pouco mais sofisticada que um teste feito em qualquer ferramenta na internet, exige uma análise mais criteriosa e dedicada para cada pessoa.

os perfis de investidores

Para ter uma visão precisa do perfil é preciso considerar histórico como investidor, fatores pessoais e até profissionais que um teste da internet não considera.

Esta é a função do Assessor de Investimentos

Entender o investidor em uma profundidade maior que um teste de perfil na internet. É a nossa função como uma empresa especializada em educação financeira.

O primeiro passo é fazer uma conversa de 5 a 10 minutos com um membro da nossa equipe para levantar as primeiras informações e então agendar a conversa com um Assessor de Investimentos. É ele quem vai se aprofundar no seu histórico como investidor, seu momento de vida, seus planos futuros e então te indicar para produtos recomendados para seu perfil de investidor.

Confirme seus dados no formulário abaixo e nossa equipe vai entrar em contato com você para fazer a avaliação de seu perfil e avaliar o alinhamento com seus atuais investimentos.