PetroRio (PRIO3): conheça a petroleira que vai estrear no Ibovespa

Cláudia Zucare Boscoli
Jornalista formada pela Cásper Líbero, com pós-graduação em Jornalismo Econômico pela PUC-SP, especialização em Marketing Digital pela FGV e extensão em Jornalismo Social pela Universidade de Navarra (Espanha), com passagens por IstoÉ Online, Diário de S. Paulo, O Estado de S. Paulo e Editora Abril.
1

A PetroRio (PRIO3) é a maior petroleira privada do país e vem despertando interesse dos investidores, com grande movimentação de ações na bolsa e valorização dos papéis em mais de 30% no ano. A relação preço/lucro da empresa é de 17,20 vezes.

O que explica a alta é, em primeiro lugar, a retomada da atividade econômica pós-quarentena, o que vem aumentando a demanda por petróleo no mundo todo.

Mas também tem peso relevante o posicionamento da empresa, de buscar novas aquisições que melhorem a sinergia entre os campos de exploração. Dessa forma, ela consegue reduzir seus custos operacionais. A ponto de, apesar de registrar prejuízo no segundo trimestre deste ano, ter conseguido uma boa margem Ebitda. O indicador teve queda de 38% na comparação anual, mas alta de 201,4% em relação ao primeiro trimestre de 2020.

Ferramenta ajuda na escolha de suas ações de acordo com balanços

Fora isso, a PetroRio passa a integrar, a partir de amanhã (8 de setembro), o grupo de ações mais importantes da bolsa de valores brasileira, o Ibovespa. Isso vai dar ainda mais visibilidade aos papéis.

  • Quer conhecer mais sobre essa empresa que, certamente, deve estar no radar do investidor? Confira abaixo o histórico da companhia, suas estratégias de crescimento e quais fatores impactam suas ações.

Perfil da PetroRio

A história da PetroRio remonta ao ano de 2008. Ela já teve alguns outros nomes, como BN 16 Participações e HRT Petróleo. A mudança para o nome atual ocorreu em janeiro de 2015.

A empresa abriu capital em 2010, na antiga Bovespa (atual B3). Hoje em dia, tem ações pulverizadas e conta com diversos acionistas, entre eles muitos colaboradores, já que a companhia incentiva a aquisição de papéis pelos funcionários.

O foco de atuação da PetroRio são os campos maduros. E nisso ela se diferencia da Petrobras, que tem hoje o pré-sal como negócio principal.

Isso quer dizer, na prática, que a especialidade da PetroRio não é buscar novos poços de petróleo. Mas, sim, adquirir campos já explorados para melhorar a eficiência e prolongar a “vida útil” dos mesmos. Nesse sentido, é uma empresa que está sempre de olho em novas oportunidades de aquisições.

Na atual gestão da PetroRio, o executivo Roberto Monteiro é o presidente da companhia e o investidor Nelson Tanure é o presidente do Conselho de Administração.

Tanure é um nome bastante conhecido do mercado, envolvido em diversos processos de reestruturação de empresas. Ele tem fama de investir em companhias que passam por dificuldades, para reformulá-las. É o caso da Oi e da Gafisa.

PetroRio

Reprodução/PetroRio

Resiliência na crise

Durante a crise do coronavírus, a PetroRio se mostrou bastante sólida. Segundo a própria empresa, na divulgação de resultados do segundo trimestre, seu modelo de negócio foi posto à prova desde o final de março.

Isso porque o preço do petróleo tipo Brent (comercializado na bolsa de Londres) permaneceu quase dois meses abaixo de US$ 30. Atualmente, ele está em R$ 45.

“Diante de um trimestre tão desafiador e sem precedentes para produtores de óleo no mundo, a PetroRio teve a oportunidade de se firmar entre as mais resilientes do setor”, afirmou a empresa.

Estratégia da PetroRio

A PetroRio tem como estratégia melhorar a capacidade de produção de campos maduros.

Recentemente, a empresa adquiriu o campo de Tubarão Martelo, que pertencia à Petrobras. Isso viabilizou uma sinergia com o campo de Polvo, que já era operado pela PetroRio.

Agindo dessa forma, ela reduz consideravelmente seus custos de extração. Segundo a empresa, houve uma redução para US$ 13,7/barril, significando uma melhora de 43% no segundo trimestre em relação ao mesmo trimestre do ano anterior e de 21% na comparação com o primeiro trimestre de 2020.

“A contínua revisão e redução do lifting cost é a melhor e mais importante estratégia de proteção contra a volatilidade de preços do Brent”, afirma a PetroRio.

Apesar de ainda não ter sido confirmada pela empresa, o mercado ventila a possibilidade de uma nova aquisição em breve: do campo de Papa-Terra, da Petrobras.

Emissão de bonds nos EUA

Para melhorar o fluxo de caixa, a PetroRio já anunciou que lançará, ainda no terceiro trimestre deste ano, bonds nos Estados Unidos. O objetivo da operação será alongar todo o passivo da companhia, a princípio para cinco anos.

“Já temos os bancos mandatados, como o próprio Santander, e a coisa vai andando bem. Com isso, temos janela de alguns meses para poder emitir essa dívida”, afirmou o presidente da companhia.

O que mexe com a ação?

Possivelmente, a entrada da PetroRio no Ibovespa dará mais visibilidade aos papéis da empresa. Mas, além disso, as ações variam principalmente acompanhando três movimentos:

  • Preço do petróleo Brent;
  • Possibilidade de novas aquisições;
  • Resultados contábeis favoráveis ou não.

A corretora Ativa, por exemplo, mantém como neutra a recomendação de compra. “Nós consideramos que todos os fatores já estão no valor da ação de hoje. Pode haver algum movimento diante de um anúncio de aquisição do campo de Papa-Terra. Mas cremos que este também já esteja precificado”, explica o analista Ilan Arbetman.

Já a Eleven tem recomendação de compra. “Sólida produção nos campos de Polvo e Frade, redução no lifting cost (custo de extração do petróleo) e expansão da margem Ebitda mostram um excelente resultado no trimestre mais desafiador para o setor”. É o que afirmam em relatório os analistas Tasso Vasconcellos e Lucas Chaves.

  • Dúvidas sobre como investir? Tenha um Assessor de Investimento especializado em planejamento financeiro e gestão de patrimônio. Conheça a EQI.