Priner (PRNR3) tem prejuízo de 1,6% no 4ºTRI 2019

Felipe Alves
null
1

Crédito: Divulgação

A Priner (PRNR3), companhia do setor de serviços e manutenção industrial, apresentou prejuízo líquido de R$ 5,4 milhões no 4º trimestre de 2019. Foi um recuo de 1,6% em relação ao mesmo período do ano anterior. No acumulado de 2019, a empresa também teve prejuízo líquido de R$ 10,8 milhões.

A empresa realizou IPO (Initial Public Offering) na Bolsa de Valores em fevereiro deste ano. Segundo o balanço, o resultado foi um aporte de R$ 161,3 milhões.

A margem líquida da Priner foi de -12,4% no 4ºTRI19 (em comparação com o 4ºTRI18). E foi -4,7 menor em todo o ano de 2019 em relação a 2018.

O lucro antes dos juros, impostos, depreciação e amortização (EBITDA, na sigla em inglês) somou R$ 10,5 milhões no 4ºTRI19. A alta foi de 28,5% comparado ao mesmo trimestre de 2018.

Mas no ano, o EBITDA da Priner recuou. Saiu de R$ 29,7 milhões em 2019 para R$ 27,4 milhões em 2018. Um recuo de -7,8%. A margem EBITDA foi de 12% no 4ºTRI19 (no comparativo com o 4ºTRI18) e 7,9% no acumulado de 2019 (um recuo de -1,2%).

A receita líquida da Priner totalizou R$ 87,8 milhões no 4ºTRI19, um aumento de 1,1% no trimestre. No ano, a receita líquida aumentou de R$ 327 milhões (2018) para R$ 348 milhões (2019), um aumento de 6,5%.

Já a dívida da Priner caiu de R$ 77,4 milhões (4ºTRI2018) para R$ 50,6 milhões (4ºTRI2019). Um recuo de -34,6%.