Priner (PRNR3) anuncia aquisição de participação relevante 

Regiane Medeiros
Economista formada pela UFSC. Produz conteúdo na área de mercado de capitais, finanças pessoais e atualidades.
1

Crédito: Priner

Em comunicado ao mercado na terça-feira (18) a Priner Serviços Industriais (PRNR3) divulgou a aquisição de participação relevante por parte da Athena Capital Gestão de Recursos. 

Segundo o comunicado, a Athena adquiriu 2 milhões de ações ordinárias da companhia. Com isso, a nova acionista passa a deter 5,26% da fatia do capital da Priner.

As ações da Priner estrearam na Bolsa na última segunda-feira (17) com forte valorização. O preço inicial do papel foi fixado em R$ 10 por ação, no entanto, as ações fecharam o primeiro dia em alta de 34% a R$ 13,40.

Com o IPO (oferta pública inicial), a companhia captou R$ 173,9 milhões, que pretende distribuir da seguinte forma:

  • Aquisição de máquinas e equipamentos, 40% ;
  • Aquisição de participação acionária em suas controladas Smartcoat e R&R, 40%;
  • Reforço de sua estrutura de capital, 20%;

Além disso, cerca de 40% da oferta foi direcionada a investidores do varejo, aqueles que participam com aplicação mínima de R$ 3 mil até R$ 1 milhão. Para eles, o lock-up ( restrição de venda) foi estipulado entre 50 a 70 dias. Já para o segmento private o lock-up foi de 90 dias.

A Priner surgiu como uma divisão de negócios oriunda da Mills Estruturas e Serviços de Engenharia (MILS3) em 1982.  Em 2013, a Priner foi vendida para um fundo de investimentos em Private Equity, gerido pela Leblon Equities.

A companhia atua nas áreas de petroquímica, papel e celulose, siderurgia, offshore, naval, mineração e infraestrutura.