Prévia do PIB, IBC surpreende em novembro com alta de 0,18%

Cláudia Zucare Boscoli
Jornalista formada pela Cásper Líbero, com pós-graduação em Jornalismo Econômico pela PUC-SP, especialização em Marketing Digital pela FGV e extensão em Jornalismo Social pela Universidade de Navarra (Espanha), com passagens por IstoÉ Online, Diário de S. Paulo, O Estado de S. Paulo e Editora Abril.

Crédito: Reprodução/BC

O Índice de Atividade Econômica do Banco Central (IBC-Br), que é considerado uma “prévia” do Produto Interno Bruto (PIB) avançou 0,18% em novembro de 2019, na comparação com outubro.

O dado, divulgado nesta quinta-feira, 16, ficou acima da mediana aguardado por analistas, que era de queda de 0,10%.

O aumento de novembro na margem é a quarta alta consecutiva, superando, inclusive, a alta de outubro ante setembro, que foi de 0,17%.

Na comparação trimestral, o IBC registra alta de 0,75% ante o trimestre anterior.

Na comparação com o mesmo mês de 2018, o índice apresentou crescimento de 1,10%.