Presidente dos EUA quer impor tarifas na importação de petróleo

Marcelo Hailer Sanchez
Jornalista, Doutor em Ciências Sociais (PUC-SP) e Mestre em Comunicação e Semiótica (PUC-SP). Pesquisador em Inanna (NIP-PUC-SP). Trabalhei nas redações do Mix Brasil, Revista Junior, Revista A Capa e Revista Fórum. Também tenho trabalhos publicados no Observatório da Imprensa e revista Caros Amigos. Sou co-autor do livro "O rosa, o azul e as mil cores do arco-íris: Gêneros, corpos e sexualidades na formação docente" (AnnaBlume).
1

Crédito: Reprodução

O presidente dos EUA, Donald Trump, em conversas com executivos, disse que pode impor tarifas no petróleo importado. A ideia de Trump é usar essa tática para pressionar a Arábia Saudita e a Rússia a reduzir o excesso de petróleo, informa o Valor Econômico.

Encontro da OPEP

Está marcado para hoje (9) uma videoconferência da Organização dos Países Exportadores de Petróleo (OPEP) liderada pela Arábia Saudita e seus associados, entre eles, a Rússia. A reunião deve tratar de acordos para negociar cortes na produção.

Atingir um patrimônio de R$ 100 mil é para poucos, saiba quais são as melhores atitudes e aplicações para multiplicá-lo

De acordo com informação do Valor, o presidente Donald Trump pode abandonar a ideia de impor tarifa sobre o petróleo importado se um acordo for fechado, ou se os preços do petróleo subires. Cabe destacar que, desde o início da pandemia do coronavírus os preços do petróleo despencaram o que, consequentemente, desacelero a economia e levou empresas americanas a bancarrotas.

Tensão entre EUA, Arábia Saudita e Rússia

A crise entre os países produtores de petróleo se arrasta desde o fim de fevereiro, quando a Arábia Saudita anunciou que iria pressionar para se fazer um corte substancial na produção de petróleo. À época, a demanda dos sauditas era vista com preocupação pelos produtores globais, que no começo de março já enfrentavam severas dificuldades com o início da pandemia do coronavírus.

Com o racha da OPEP confirmado, as bolsas do mundo inteiro vivenciaram dias de quedas com a queda brusca no preço do petróleo. À época, a Arábia Saudita colocou a ameaça em prática e aumentou a produção, o que levou o preço da commodity a desabar e as bolsas a despencarem. Os preços do petróleo chegaram a cair mais de 30%.

O mercado global do petróleo

Atualmente, o petróleo é uma das matérias-primas mais importantes da civilização moderna. É utilizado como fonte de energia e seus derivados são transformados em plástico, borracha sintética, tintas, corantes, adesivos, solventes, detergentes, explosivos, produtos farmacêuticos e de cosmética, entre outras aplicações.

Sua utilização é conhecida há centenas de anos. Acredita-se que os povos da antiguidade o usavam como forma de gerar liga para a fabricação de massa nas construções. Também era usado para embalsamar os mortos.

No século XVIII o petróleo começou a ser utilizado comercialmente. Com a invenção dos motores movidos a gasolina e diesel, o petróleo começou a adquirir mais importância e a busca por ele se tornou maior. As primeiras operações de perfuração do solo em busca do petróleo teriam acontecido nos Estados Unidos, por volta de 1850.

Saiba mais.

Planilha de Ativos

Um dos principais exercícios para a compra de uma ação é saber se ela está cara ou barata. Para isso, preparamos um material especial para ajudá-lo nesta análise.