Powell: taxas de juros dos EUA “vão permanecer baixas por anos”

Karin Barros
Colaborador do Torcedores

Crédito: Andrew Harrer/Bloomberg

O presidente do Federal Reserve, Jerome Powell, afirmou nesta sexta-feira (4), segundo o site CNBC, que as taxas de juros devem permanecer baixas por anos, enquanto a economia luta para se recuperar da pandemia do Covid-19. Junto a isso também foi divulgado o relatório sobre os empregos gerados, que surpreendeu o mercado.

“Achamos que a economia vai precisar de taxas de juros baixas, que sustentem a atividade econômica, por um longo período de tempo”, disse Powell à NPR em uma entrevista depois que o relatório da folha de pagamento não-agrícola foi divulgado no início do dia. “Será medido em anos.”

“Não importa o quanto demore, nós estaremos lá. Não vamos retirar prematuramente o apoio que pensamos que a economia precisa ”, acrescentou.

Confira principais Ações para investir em Outubro

A declaração, de acordo com a CNBC, se alinha com os comentários de Powell e outros funcionários do Fed na semana passada.

Simule seus ganhos com nossa Calculadora de Investimentos

Fed muda a abordagem

Em uma grande mudança em sua abordagem de política monetária, o Fed agora estabeleceu uma diretriz declarada de que a inflação poderá flutuar acima da meta de 2% por um período após ficar abaixo, como tem sido o caso na última década.

Simule o rendimento de investimentos em Renda Fixa

O movimento efetivamente significa, segundo a CNBC, que o Fed não aumentará mais as taxas para evitar a inflação que historicamente vinha com taxas de desemprego mais baixas.

Baixe a Planilha de Rebalanceamento de Carteira de Investimentos

Aumento na folha de pagamento

Powell chamou o relatório de emprego desta sexta-feira (4)  de “uma coisa boa”.

A folha de pagamento não-agrícola aumentou US$ 1,37 milhão e a taxa de desemprego caiu para 8,4%, ainda maior do que qualquer outra coisa desde os primeiros dias da recuperação da crise financeira, mas muito melhor do que no pico da epidemia, de 14,7%.

Já Eric Rosegren, presidente do Federal Reserve de Boston, afirmou que a criação de empregos em agosto representa uma melhoria contínua na economia dos EUA, mas uma recuperação total não acontecerá até que a pandemia do Covid-19 esteja sob controle.

Powell mais uma vez vinculou o progresso da economia ao Covid-19 e incentivou a seguir as diretrizes de segurança, como usar máscaras e manter o distanciamento social. “Na verdade, há enormes ganhos econômicos em todo o país com pessoas usando máscaras e mantendo distância”, disse ele.

Economia sob pressão

A queda da taxa de desemprego foi particularmente pronunciada, caindo 1,8 ponto percentual em relação ao nível de julho, à medida que o mercado de trabalho continua se recuperando.

A CNBC afirma que, embora Rosengren tenha reconhecido a “melhora significativa”, ele disse que a economia continua sob pressão.

“Temos um longo caminho a percorrer antes de estarmos totalmente recuperados, mas direi que este relatório de emprego foi muito positivo”, disse Steve Liesman da CNBC durante uma entrevista no “The Exchange”.

Ele observou que muitos dos ganhos foram nos setores de varejo e hospitalidade, ambas as áreas duramente atingidas durante a pandemia, pois os clientes ficaram em casa devido a restrições impostas.

Essas áreas têm um longo caminho a percorrer antes de voltarem aos níveis pré-pandêmicos, acrescentou Rosengren.

Planilha de Ações: baixe e faça sua análise para investir