Presidente do Fed, Powell volta a pedir “apoio monetário e fiscal”

Paulo Amaral
Jornalismo é meu sobrenome: 20 anos de estrada, com passagens por grandes veículos da mídia nacional: Portal R7, UOL Carros, HuffPost Brasil, Gazeta Esportiva.com, Agora São Paulo, PSN.com e Editora Escala, entre outros.
1

Crédito: Jerome Powell Photographer: Andrew Harrer/Bloomberg

A nova onda de coronavírus que atingiu em cheio o planeta, especialmente os Estados Unidos, acendeu o alerta do Fed (Federal Reserve, banco central norte-americano).

Jerome Powell, presidente da instituição, participou de um evento virtual promovido pela Bay Area Council nesta terça-feira. E voltou a afirmar que o Fed fará tudo o que estiver ao alcance para aquecer a economia. Mas pediu ajuda.

“O Fed está comprometido em usar todas as nossas ferramentas para apoiar a recuperação pelo tempo que for necessário até que o trabalho esteja bem e verdadeiramente feito”, assegurou.

Conheça a FinTwit, o maior fórum de finanças do mundo.

Hoje o Twitter é pauta na Money Week.

O executivo afirmou que “a economia provavelmente precisará de mais apoio fiscal também”, e que “o aumento de hospitalizações é uma grande preocupação”, pois pode levar a um recuo e a uma desaceleração da economia.

Fed prospecta sobre vacina e os próximos meses

Assim como fez em oportunidades recentes, Jerome Powell também abordou com um pouco mais de atenção as expectativas do Fed para a chegada de uma vacina eficaz contra o coronavírus. E se animou: “Essas são certamente boas e bem-vindas notícias a médio prazo”.

Ao projetar o que espera do cenário econômico para o curto e médio prazo, no entanto, o executivo mostrou preocupação.

O cenário para os próximos meses, segundo Jerome Powell, no entanto, não é de águas tranquilas para se navegar.

“Do nosso ponto de vista, é muito cedo para avaliar com confiança as implicações das notícias para o caminho da economia, especialmente para o curto prazo”, pontuou.

“Os próximos meses podem ser desafiadores”, concluiu o presidente.

Precisa de orientação para investir no mercado acionário? AEQI Investimentos pode ajudar. Basta preencher o formulário abaixo que um assessor entrará em contato. 

Leia maisFed: falta de apoio do Congresso põe em risco a recuperação econômica