Preços ao produtor avançam 1% na zona do euro em abril

Cláudia Zucare Boscoli
Jornalista formada pela Cásper Líbero, com pós-graduação em Jornalismo Econômico pela PUC-SP, especialização em Marketing Digital pela FGV e extensão em Jornalismo Social pela Universidade de Navarra (Espanha), com passagens por IstoÉ Online, Diário de S. Paulo, O Estado de S. Paulo e Editora Abril.
1

Crédito: Pixabay

Em abril, os preços ao produtor na zona do euro subiram 1%. O resultado foi de 0,9% para a União Europeia como um todo.
As informações foram divulgadas nesta quarta-feira (2) pelo Eurostat, escritório oficial de estatísticas da União Europeia (UE).

Comparativamente, no mês de março os preços aumentaram 1,1% na zona do euro e 1,2% na UE.

Já na comparação anual, com abril de 2020, os preços aumentaram 7,6% tanto na área do euro como na UE.

Entre abril de 2020 e abril de 2021, os preços subira 20,4% no setor de energia; 6,9% para bens intermediários; 1,7% para bens de consumo duráveis; 1,3% para bens de capital; e 1,1% para bens de consumo não duráveis.

Os maiores aumentos foram registrados na Irlanda (34,1%), na Dinamarca (13,3%) e na Bélgica (13%), enquanto a única redução foi observada em Chipre (recuo de 2,2%)

Preços ao produtor

Reprodução/Eurostat