Prazo de envio de demonstrativos para Imposto de Renda termina nesta sexta

Bruno de Oliveira
Jornalista e técnico em administração e negócios.
1

Crédito: Reprodução / Facebook

Termina nesta sexta-feira (28) o prazo para que empresas e bancos enviem aos contribuintes o demonstrativo de rendimentos do ano de 2019. Os dados que constarem nesse documento serão usados na declaração do Imposto de Renda Pessoa Física (IRPF) 2020, segundo informações da Agência Brasil.

O uso do informe tem por objetivo permitir que a Receita Federal apure se o contribuinte forneceu ou não todos os dados necessários.

O comprovante emitido pelas empresas aos empregados devem detalhar os salários recebidos no ano passado e os descontos a título de contribuição previdenciária. Além disso, é necessário que o Imposto de Renda Retido na Fonte esteja no recibo. Aposentados e pensionistas do INSS podem acessar o demonstrativo por meio da internet.

Ainda de acordo com a publicação da Agência Brasil, se o contribuinte não receber o documento até a data limite, os setores responsáveis deverão ser procurados, como o departamento de recursos humanos e as gerências dos bancos.

Prazo para entrega do Imposto de Renda

O prazo para que contribuintes preencham a declaração do Imposto de Renda 2020 começa na próxima segunda-feira (02). Conforme informações da Receita Federal, mais de 30 milhões de declarações devem ser enviadas até 30 de abril.

Deve declarar quem teve rendimentos tributáveis maiores que R$ 28.559,70 ao longo de 2019. A obrigação se estende às pessoas que tiveram ganhos acima de R$ 40.000,00 isentos de tributos ou tributados na fonte.

Investidores que realizaram operações na bolsa de valores precisam entregar a declaração. A obrigatoriedade vale  também para os que tiveram ganho de capital com a venda de bens.

Restituição

A restituição do Imposto de Renda Pessoa Física do ano-calendário 2019 será antecipado. O primeiro lote está previsto para o dia 29 de maio; e o último, para 30 de setembro. Ao todo, serão cinco lotes de restituição ao longo do ano.

Uma das formas mais eficientes de identificarmos o nosso perfil de investidor, é realizando um teste de perfil.

Você já fez seu teste de perfil? Descubra qual seu perfil de investidor! Teste de Perfil

Leia também:

Conheça a tributação da renda variável