PPSA informa ter arrecadado R$ 627,8 milhões para a União em 2020

Victória Anhesini
Jornalista formada pela Universidade Presbiteriana Mackenzie
1

Crédito: Foto: Wikimedia Commons

A Pré-Sal Petróleo (PPSA) informou nesta terça-feira (12) que arrecadou para a União no ano passado R$ 627,8 milhões.

De acordo com a companhia, foram 33,5% a mais que em 2019 e 119% em comparação a 2018. 

Além disso, também foram arrecadados R$ 76,4 milhões por meio de um Acordo de Equalização de Gastos e Volumes. O acordo foi assinado entre a PPSA e a Petrobras, em junho de 2020.

Abra agora sua conta na EQI Investimentos e tenha acesso a soluções customizadas de acordo com seu perfil

Montante total da arrecadação para o governo

O montante total da arrecadação para o governo foi de R$ 704,2 milhões, conforme anunciado pela PPSA.

Durante o ano passado, foram comercializados 2,8 milhões de barris de petróleo da área de desenvolvimento de Mero e do campo de Entorno de Sapinhoá, que operam em regime de partilha de produção.

Há, ainda, 37,7 milhões de metros cúbicos de gás dos campos de Entorno de Sapinhoá, Tartaruga Verde Sudoeste e Tupi.

De acordo com a PPSA, desde 2018, já foram arrecadados aproximadamente R$ 2,68 bilhões para a União.

Do valor, R$ 1,38 bilhão foram destinados à atividade de comercialização do petróleo e gás.

O restante, R$ 1,3 bilhão, foram utilizados com equalizações de gastos e volumes realizadas pela companhia em áreas onde a União tem participação nos Acordos de Individualização da Produção.

ANP afirma que produção de petróleo crescerá 23% até 2025

A ANP (Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis) anunciou nesta terça-feira (12) que prevê um crescimento gradual da produção nos próximos anos, alcançando a marca em 2025 de 571,5 mil m³/dia (3,6 milhões de barris por dia) de petróleo e de 173,2 milhões de m³/d de gás natural.

Isso, de acordo com o Broadcast, significará uma alta no petróleo de 23% em relação a 2021, e de 34% no do gás.

Para 2021 a projeção de produção de petróleo é de 463,96 mil m³/d (2,9 milhões de bpd) e a de gás, de 129,17 milhões de m³/d.

Avanço na região do pré-sal

Nos próximos anos, a Petrobras e outras grandes petroleiras vão avançar com a produção na região do pré-sal.

Novas plataformas devem entrar em operação, sobretudo nos campos de Mero e Búzios.

Até 2023, mais oito unidades vão ser instaladas no País, segundo a ANP.

Investimento em estrutura

A maior parte do investimento das empresas petrolíferas será destinada à área de perfuração, embora a projeção seja de queda ao longo dos anos.

Em 2021, o investimento começa com R$ 12,5 bilhões; no ano seguinte passa para R$ 12,77 bilhões; e permanece em queda até 2025, alcançando a marca de R$ 4,68 bilhões.

Gostaria de ter orientação sobre como investir e onde? Preencha o formulário abaixo que um assessor da EQI Investimentos poderá ajudar em sua jornada.