Política e economia: Comece a semana bem informado

Filipe Teixeira
null
1

Crédito: Reprodução Kevin Lamarque/Reuters

Confira o que será destaque neste início de semana.

A semana inicia já com alguns alertas importantes que podem trazer volatilidade aos mercados: Logo mais, 08:30h, teremos o primeiro boletim Focus pós Copom que definiu a Selic em 5,5%. Uma boa oportunidade para sentirmos a expectativa do mercado para o futuro dos juros até o fim de 2019 e também, o quanto a elevação do dólar pode pressionar a expectativa sobre a inflação.

No sábado, ameaças no Oriente Médio de um novo ataque orquestrado pelo Irã e seus aliados no Iêmen contra a Arábia Saudita, devem confirmar o envio de tropas americanas para o reforço militar aos sauditas.

Na outra ponta, um pouco menos de tensão: Um relatório do Ministério do Comércio na China acenou para conversas construtivas entre negociadores chineses e americanos na semana passada, negando também, que a desistência chinesa em visitar fazendas das regiões de Montana e Nebraska, tenha algo a ver com as declarações de Donald Trump.

Eles fingem que está tudo bem e o mercado finge que acredita.

Panos quentes?

Bolsonaro viaja hoje para NY, onde amanhã fala às 09:00h na ONU. O presidente prometeu um discurso conciliador e ao que tudo indica, solicitou auxílio para lidar com as polêmicas questões da Amazônia e a imagem negativa criada por algumas de suas declarações sobre outros líderes internacionais.

Sabedor que deve encontrar um clima inicialmente hostil, Bolsonaro estará acompanhado de uma grande delegação: Além de Ernesto e Araújo e o general Heleno, que auxiliaram na elaboração de seu discurso, acompanham também a primeira dama Michelle Bolsonaro, o filho Eduardo, indicado à Embaixada, os ministros Ricardo Salles, Luiz Eduardo Ramos, o senador Nelsinho Trad e o polêmico Luis Carlos Heinze, senador que é uma das referências da bancada ruralista.

Ainda que o intuito do discurso seja o de esclarecer dados sobre a Amazônia, confirmando a soberania brasileira sobre ela, todo cuidado é pouco: Canja de galinha e um pouco de diplomacia nunca fizeram mal a ninguém.

Uma das formas mais eficientes de identificarmos o nosso perfil de investidor, é realizando um teste de perfil.

Você já fez seu teste de perfil? Descubra qual seu perfil de investidor! Teste de Perfil

Fofocas da gentalha?

Também no final de semana, o Estadão divulgou matéria assinada pela jornalista Adriana Fernandes, afirmando que Paulo Guedes já gozou de maior prestígio dentro do governo.

Segundo a matéria, alguns ministros estão pressionando Bolsonaro com uma enorme lista de queixas, que vão desde a demora na entrega da proposta da reforma tributária, até o teto dos gastos e a “demora” na retomada econômica, especialmente no que tange o desemprego.

Publicamente, Bolsonaro parece continuar seu apoio incondicional a Guedes, que em suas falas, segue adotando seu discurso firme e otimista, mesmo diante do tamanho do desafio.

Mas bem sabemos que especialmente em Brasília, onde há fumaça, há fogo e seria interessante uma resposta à altura, confirmando que tudo não passa de intriga da oposição, como dizia o ex-presidente Fernando Henrique Cardoso.

O mercado agradeceria.

Acompanhe o mercado financeiro em tempo real: https://t.me/wisir


Aproveite as oportunidades e aumente a rentabilidade dos seus investimentos.

Preencha seus dados abaixo e conte com especialistas para ajudar.

Se preferir, ligue direto para 4007-2374