PMI: zona do euro dá sinais de expansão

Cláudia Zucare Boscoli
Jornalista formada pela Cásper Líbero, com pós-graduação em Jornalismo Econômico pela PUC-SP, especialização em Marketing Digital pela FGV e extensão em Jornalismo Social pela Universidade de Navarra (Espanha), com passagens por IstoÉ Online, Diário de S. Paulo, O Estado de S. Paulo e Editora Abril.
1

Crédito: Reprodução/Pixabay

Em fevereiro, a economia da zona do euro cresceu em sua taxa mais rápida em seis meses. A constatação é feita a partir do resultado parcial do PMI da zona do euro. O índice dos gerentes de compras foi divulgado nesta sexta-feira, 21, pela IHS Markit.

O PMI da zona do euro subiu de 51,3 pontos em janeiro para 51,6 pontos em fevereiro. O resultado representa o maior aumento mensal nas atividades desde agosto de 2019. Índices acima de 50 indicam expansão da economia, enquanto abaixo de 50 significa retração.

Embora permaneça fraca, a taxa de expansão marca avanço pelo terceiro mês consecutivo. Isto acontece apesar de os sinais de demanda e produção terem atenuado devido ao surto de coronavírus.

O crescimento está centrado principalmente no setor de serviços, onde os negócios cresceram ao ritmo mais rápido dos últimos seis meses. Enquanto isso, a manufatura permaneceu em declínio.

Atrasos dificultam produção

O relatório aponta ainda um prolongamento acentuado nos prazos de entrega. É o pior cenário desde dezembro de 2018, aponta a IHS Markit. O que é explicável pelos problemas na cadeia de suprimentos devido ao coronavírus.

PMI zona do euro: visão positiva

“A economia da zona do euro conseguiu recuperar algum impulso novamente em fevereiro, apesar de muitas empresas terem sido prejudicadas de várias maneiras pelo coronavírus. Isto causou problemas de suprimento e deu sinais de que os setores de viagens e turismo podem ser especialmente atingidos”, avalia Chris Williamson, economista-chefe de negócios da IHS Markit.

Para ele, apesar de a expansão do índice continuar sendo liderada pelo setor de serviços, há sinais animadores de que a produção industrial sairá da desaceleração que atormenta os produtores há mais de uma ano na região.

Uma das formas mais eficientes de identificarmos o nosso perfil de investidor, é realizando um teste de perfil.

Você já fez seu teste de perfil? Descubra qual seu perfil de investidor! Teste de Perfil

“No entanto, a perspectiva permanece altamente incerta, nomeadamente no que diz respeito ao potencial de interrupções nas cadeias de suprimentos, viagens, turismo e demanda decorrente do surto de coronavírus”, afirma. E completa: “Os dados de fevereiro são bem-vindos em um mês em que as manchetes da mídia foram dominadas por medo do crescimento econômico ser impactado pelo surto de Covid-19. Mas o impacto imediato total ainda não é aparente”, pondera.


Aproveite as oportunidades e aumente a rentabilidade dos seus investimentos.

Preencha seus dados abaixo e conte com especialistas para ajudar.

Se preferir, ligue direto para 4007-2374