Plataforma de streaming Globoplay chega aos EUA

Daniele Andrade
Jornalista formada pela Universidade Positivo, pós-graduada em Mídias Digitais. Atualmente cursa bacharel em História. Gosta de produzir reportagens sobre política tanto nacional quanto internacional, economia e tecnologia.
1

Crédito: Reprodução / Globoplay divulgação

No domingo (19), a Globo lançou a versão internacional de sua plataforma de streaming o Globoplay. A plataforma oferece mais de 500 títulos para o usuário assistir, com conteúdo do canal internacional da emissora. No serviço é possível encontrar novelas, produções originais, minisséries, sucessos do cinema brasileiro, programas infantis, de música entre outros.

Em um comunicado divulgado pela Globo, foi expresso que esse é “o começo da expansão internacional” do Globoplay, segundo o G1.  Em entrevista ao jornal Valor Econômico, o presidente executivo do Grupo Globo, Jorge Nóbrega revelou em novembro do ano passado os planos: “A Globo planeja investir R$ 1 bilhão no Globoplay e em novas tecnologias em 2020”.

O Globoplay no Brasil começou a funcionar em 2015, atualmente conta com 22 milhões de usuários por mês. Há acesso gratuito a plataforma e também conteúdo exclusivo aos assinantes. 

Segundo informações do Tec Mundo, a plataforma de streaming da Globo vai custar US$ 13,99 (cerca de R$58) mensais nos Estados Unidos. No Brasil, a assinatura custa R$ 21,90. Os Estados Unidos foi o local escolhido devido a uma grande quantidade de brasileiros serem moradores locais, segundo o portal Meio e Mensagem.

O aplicativo para o Globoplay vai ser liberado para downloads em: televisores via Android TV, Apple TV 4K, Chromecast, sistemas IOS e Android.  É a primeira vez que uma emissora brasileira lança o serviço em um outro países, após cinco anos de seu lançamento oficial.

Na reportagem do Meio e Mensagem, Raphael Corrêa Neto, diretor de negócios internacionais da Globo comentou a empreitada: “Essa é uma etapa importante na nossa visão digital e de uma busca de aproximação ainda maior com o público no exterior. Com o Globoplay nos Estados Unidos, estaremos oferecendo novas opções de consumo. E a possibilidade do público acompanhar a programação da Globo quando e onde estiver”.