Plano de pós-crise para o retomada econômica do Brasil está na Casa Civil

Angélica Weise
Jornalista formada pela UNISC e com Mestrado pela UFSM. Escreve sobre tecnologia, política, criptomoedas e atualidades.
1

Crédito: Pixabay

Um plano para tirar o Brasil da crise econômica toma proporção e está na Casa Civil. Será um plano de investimento público em obras de infraestrutura para ajudar a conter a recessão econômica causada pela pandemia do novo coronavírus. A reportagem é do Valor Econômico.

Plano de pós-crise para o retomada econômica

Antes da pandemia, as expectativas no Brasil eram de uma melhora da economia em relação a 2019. Mas tudo mudou. Por isso, um plano conduzido pelo Ministro da Infraestrutura, Tarcísio Freitas indicou 70 empreendimentos na área de transportes, com projeto de engenharia e licenciamento ambiental em fase adiantada.

Com a pandemia afetando negativamente as economias por todo o globo, o Brasil já estuda a retomada da atividade econômica pós-crise. Por isso, neste plano proposto os aportes estatais seriam de R$ 30 bilhões até 2022 e, segundo estimativas da pasta, poderia gerar de 500 mil a 1 milhão de empregos nesse período.

Nas contas do ministro todos esses investimento e obras poderiam gerar no segundo semestre deste ano e 2021, cerca de 1 milhão de novos empregos.

Algumas obras previstas e que já estão em fase ambiental adiantadas são trechos da Ferrovia de Integração Oeste – Leste (Fiol), na Bahia, da pavimentação da BR-319, que liga Manaus (AM) a Porto Velho (RO), e a duplicação da BR-381, em Belo Horizonte (MG), conforme informou o Portal Terra.

O plano, batizado de Pró-Brasil está sendo elaborado desde meados de 2019. Mas para sair do papel e se tornar viável é preciso ver se cabe dentro do atual contexto orçamentário.

Após a pandemia o Brasil terá muito o que fazer para as coisas começarem a voltar ao normal. Mas o governo, em conjunto com iniciativas privadas já está trabalhando para conter todos os problemas que virão a surgir pós pandemia, entre eles a recessão econômica e desemprego. E provavelmente tudo isso em uma recuperação lenta.

Uma das formas mais eficientes de identificarmos o nosso perfil de investidor, é realizando um teste de perfil.

Você já fez seu teste de perfil? Descubra qual seu perfil de investidor! Teste de Perfil