P/L: Entenda o que é e como analisar o indicador Preço/Lucro

Natalia Gómez
Editora, é jornalista especializada no mercado de investimentos há 17 anos. Formada pela PUC-SP, teve experiências em veículos como Agência Estado, Valor Econômico e Revista Você SA; e na área de comunicação corporativa e relações públicas para instituições financeiras.

O indicador P/L é bastante utilizado no mercado de ações. Por isso, é importante para o investidor entender como ele é calculado e como é possível analisar uma empresa com base neste dado.

O que é P/L

Antes de mais nada, o indicador P/L mede a relação entre o preço atual de uma ação e o lucro por ação acumulado nos últimos 12 meses.

Ou seja, a fórmula é preço por ação dividido por lucro por ação.

Em outras palavras, ele indica o quanto os investidores estão dispostos a pagar pelo lucro gerado. 

Por ser bastante simples, ele é considerado uma ferramenta importante para o mercado. 

O lucro por ação é calculado da seguinte forma: basta dividir o lucro líquido da empresa pela quantidade de ações em circulação.

Por que é importante

Olhar o preço de uma ação de forma isolada não significa muita coisa. Quando calcula o P/L, o investidor consegue ter uma noção melhor sobre a empresa, relacionando o preço com o lucro.

Isso já ajuda a comparar duas empresas de forma mais eficiente, por exemplo. A partir daí, é preciso avaliar outras informações.

Mas o P/L é um bom ponto de partida.

Se você fosse comprar uma empreendimento no seu bairro, também iria querer levar em conta a relação do preço com o lucro antes de comprar, não é? Afinal, o preço sozinho não nos diz muita coisa.

Como interpretar este dado

Quanto mais elevado for o P/L da empresa analisada, maior é a disposição do mercado em pagar pelos lucros da empresa.

Um P/L alto também pode significar que o mercado tem expectativas altas para o papel, pressionando o preço para cima.

Um P/L baixo pode indicar que o mercado não está tão confiante em relação àquele papel. Mas também pode indicar que aquela ação é uma boa oportunidade que ainda não foi percebida pelo mercado. Em outras palavras, um múltiplo baixo pode sinalizar que a ação está atrativa. 

Muitos investidores analisam este indicador das empresas em busca de boas oportunidades, antes que os demais investidores as encontrem.

É importante citar que alguns analistas trabalham com o conceito do P/L esperado, na qual incluem a previsão de lucro dos 12 meses seguintes.

Cuidados ao usar o P/L

Assim como acontece com outros indicadores, o P/L não deve ser analisado de forma isolada. O ideal é utilizá-lo em conjunto com outros indicadores..

O P/L é um bom termômetro sobre a confiança dos investidores. Mas não necessariamente será um indicador preciso na avaliação da saúde financeira da empresa.

É bom citar que o P/L em inglês é chamado de Price/Earnings (P/E). Desta forma, caso você leia um relatório sobre uma empresa feito por um banco em inglês, saberá identificar que eles estão falando deste índice.