Novidades no PIX em 2021: entenda o que vem por aí

Felipe Moreira
Especialista em Mercado de Capitais e Derivativos pela PUC - Minas, com mais de 8 anos de vivência no mercado financeiro e de capitais. Certificações: CPA-10, CPA-20 e AAI. Apaixonado por educação financeira e investimentos.
1

Crédito: Reprodução/Pixabay

O Banco Central (BC) informou no dia 28 de janeiro que o sistema de pagamentos instantâneo PIX vai implementar novas funcionalidades ao longo deste ano.

Atingir um patrimônio de R$ 100 mil é para poucos, o que amplia o desafio de busca pelas melhores aplicações para multiplicá-lo

Com o PIX será possível movimentar conta salário, sacar em estabelecimentos comerciais, pagar por aproximação, entre outras funções.

Saque com PIX

O PIX permitirá que o usuário faça saques em estabelecimentos comerciais. Para isso, o cliente realiza uma transferência utilizando o PIX para o estabelecimento e saca o dinheiro.

Além disso, será possível executar uma compra e fazer o pagamento de um valor maior na maquininha de cartão, retirando a diferença no caixa.

Conta salário

Será permitido ao usuário movimentar a conta salário por meio do PIX. Sem a necessidade realizar TED ou DOC.

Quer começar o dia bem-informado com as notícias que vão impactar o seu bolso? Clique aqui e assine a newsletter EQI HOJE!

Contactless

Contactless ou pagamento por aproximação. Ou seja, o usuário poderá realizar pagamentos aproximando o celular da maquininha de cartão. O valor da transação será debitado por meio do PIX.

Integração de contatos

O objetivo é que exista integração dos usuários que tem PIX com agenda de contatos de cada usuário. Dessa forma, ao entrar no sistema de pagamentos pelo aplicativo da instituição financeira, será possível visualizar todos contatos que têm chave cadastrada.

Isso possibilitará fazer a transferência de forma mais ágil.

Devolução em caso de fraude

De acordo com BC, nos próximos anos, dever implementado um mecanismo de devolução de recursos em casos de fraudes.

Assim, caso o usuário receba uma transferência suspeita ou falha operacional, o valor poderá ser devolvido.

Por fim, o BC informou que a quantidade de PIX em novembro superou a quantidade movimentada de TED e DOCs.