PIB pode cair até 4%, diz economista Luiz Carlos Mendonça de Barros

Felipe Alves
null
1

Crédito: Reprodução/Divulgação

Em entrevista ao vivo realizada pelo Valor, o economista Luiz Carlos Mendonça de Barros projetou que PIB (Produto Interno Bruto) do país possa cair entre 3,5% e 4% este ano. A projeção negativa do PIB é por conta da crise do coronavírus, que impacta diversos setores do país.

Ele acredita que a retomada da economia possa começar a aparecer entre o fim de 2020 e o início de 2021 e continuar ao longo do próximo ano.

Segundo ele, a crise econômica atual tem uma natureza completamente diferente das anteriores. “Tenho 50 anos de atividade profissional, dentro e fora do governo, no setor privado e industrial. Apesar dessa vivência, eu nunca vi uma crise como essa”, disse ele.

Para Luiz Carlos, a origem da crise (o vírus) provou uma ruptura do processo de geração de renda nas economias. Com o isolamento social, o sistema econômico tradicional deixou de operar com normalidade. Ele considera que as ações dos bancos mundiais foram muito rápidas, apesar de a crise ser mais grave do que as anteriores.

“O problema está identificado. É um período finito (2, 3 ou 4 meses). Onde, por uma ação em defesa da saúde pública, você interrompe o processo de geração e distribuição de renda. Esse é o problema que deve ser enfrentado”, afirma Luiz Carlos Mendonça de Barros. Segundo ele, a grande incerteza dessa crise é a transição entre “antes do apagão” [econômico] e a volta.