Petz (PETZ3) e Localiza (RENT3) informam sobre proventos

Felipe Alves
Jornalista com experiência em reportagem e edição em política, economia, geral e cultura, com passagens pelos principais veículos impressos e online de Santa Catarina: Diário Catarinense, jornal Notícias do Dia (Grupo ND) e Grupo RBS (NSC).
1

Crédito: Petz

A Petz (PETZ3) aprovou o pagamento de R$ 5 milhões em JCP (juros sobre capital próprio).

O valor é correspondente a R$ 0,01269063884 por ação, considerando a quantidade de 393.991.198 ações ordinárias.

Praticidade e precisão, saiba quais melhores investimentos e como melhorar rentabilidade de suas ações

O pagamento dos juros sobre o capital próprio da Petz será realizado aos acionistas inscritos nos registros da companhia em 29 de junho de 2021.

Localiza (RENT3) aprova pagamento de R$ 72 milhões em JCP

A Localiza (RENT3) informou que seu conselho fiscal aprovou a proposta de pagamento de juros sobre capital próprio no valor bruto de R$ 72.357.107,03.

O pagamento ocorrerá no dia 20 de agosto de 2021 na proporção da participação de cada acionista, com retenção do Imposto de Renda na fonte.

Farão jus ao pagamento os acionistas constantes da posição acionária da companhia em 29 de junho de 2021. As ações, a partir de 30 de junho de 2021, serão negociadas na bolsa de valores “ex” esses juros sobre capital próprio.

O valor bruto por ação estimado nesta data dos juros sobre capital próprio a ser pago é equivalente a R$ 0,096195083.

Movida (MOVI3), CS Brasil e Simpar (SIMH3) apresentam termos da incorporação de ações

A Movida (MOVI3), a Simpar (SIMH3) e a CS Brasil Participações informaram que seus conselhos de administração aprovaram os documentos finais da reorganização societária com o intuito de integrar os negócios da Movida e da CS Frotas.

A incorporação de ações e documentos correlatos serão submetidos à aprovação dos acionistas da Movida em assembleia geral extraordinária convocada para o dia 26 de julho de 2021. E também para aprovação dos acionistas da CS Participações em assembleia geral extraordinária convocada para a mesma data.

A incorporação de ações consistirá na incorporação das ações de emissão da CS Participações pela Movida, pelo valor do seu patrimônio líquido a preços de mercado, com a emissão de novas ações ordinárias, escriturais e sem valor nominal da Movida a serem atribuídas aos acionistas da CS Participações.

Como resultado, a CS Participações se tornará uma subsidiária integral da Movida.

Assim, pela estrutura proposta, a Simpar, que hoje controla 55,1% da Movida, passará a deter 63%.

A CS Participações será objeto de uma cisão parcial. Como resultado dessa cisão, cuja data-base será a mesma da incorporação de ações (31 de março de 2021), a CS Participações será titular, no momento da incorporação de ações, de (i) 100% das quotas de emissão da CS Frotas; e (ii) de aproximadamente 21 mil veículos (Cisão da CS Participações e, em conjunto com a incorporação).

Além disso, a CS Participações terá uma dívida líquida de R$ 600 milhões (que representa uma alavancagem de, aproximadamente, 2,5x com relação ao EBITDA da CS Participações levando em consideração o período de 12 meses anterior a maio de 2021).

De acordo com o documento, a reorganização representa a possibilidade de a Movida atuar no mercado de gestão de frotas (GTF) leves no setor público, atualmente explorada pela CS Frotas no âmbito do grupo Simpar.

Unidas (UNID3) aprova emissão de CDCA

A Unidas (UNID3) aprovou, em reunião do Conselho de Administração, a emissão de CDCA (Certificado de Direitos Creditórios do Agronegócio) em favor da Eco Securitizadora de Direitos Creditórios do Agronegócio S.A., para servir de lastro de certificados de recebíveis do agronegócio de sua emissão (CRA).

O CDCA será garantido por aval outorgado pela Unidas, conforme termos aprovados na reunião do Conselho de Administração da Unidas de 25 de junho de 2021.

A data de emissão do CDCA será 20 de julho de 2021, no valor nominal de R$ 200 mil e com prazo até 14 de julho de 2031.

A amortização do valor nominal atualizado, ou seu saldo, será realizada em 13 de julho de 2029, em 12 de julho de 2030 e na data de vencimento.

Unipar (UNIP6) informa mudança de ações preferenciais

A Unipar (UNIP6) informou que foram convertidas 3.415 ações preferenciais classe “A” em igual número de ações preferenciais classe“B”.

Tais conversões modificaram a composição do capital social da companhia, que fica agora da seguinte forma:

Ações ordinárias (ON): 33.007.970;

Ações preferenciais classe A: 2.068.749;

Ações preferenciais classe B: 59.356.153;

Total: 94.432.872.

Grupo Mateus (GMAT3) informa alteração acionária

O Grupo Mateus (GMAT3) informou que recebeu comunicação da doação de 335.946.504 ações ordinárias de titularidade da acionista controladora da companhia, Maria Barros Pinheiro.

Deste valor, 167.973.252 ações são para cada um dos donatários, ou seja, os  também  acionistas  controladores da companhia, Ilson Mateus Rodrigues Junior e Denilson Pinheiro Rodrigues.

A doação acarretou para a doadora uma redução em sua participação societária na companhia de 15,6% do total de ações.

Além disso, quanto aos donatários, a doação ocasionou um aumento de 7,6% em cada uma das participações societárias na companhia.

Rumo (RAIL3) aprova aditivo em contrato de concessão

O conselho de administração da Rumo (RAIL3) aprovou a assinatura do 3º termo aditivo ao contrato de concessão da Rumo Malha Paulista.

O documento visa formalizar a extinção do contrato de arrendamento, formalizado em 30 de dezembro de 1998, vinculado ao contrato de concessão da Rumo Malha Paulista S.A., nos termos do Decreto nº 10.161, de 9 de dezembro de 2019.

O conselho também retificou a aprovação realizada em 13 de maio de 2021 para corrigir o valor da garantia, no âmbito da celebração de captação de empréstimo, junto ao BNDES, tendo como tomadora a controlada da companhia, Terminal São Simão S.A., figurando a Rumo como garantidora solidária de R$ 69,2 milhões.

Money Week 5ª Edição

5 Dias de Evento | 70 Autoridades do Mercado Financeiro | 20 Horas de Conteúdo