Petrobras vende 30% de fatia no campo de Frade para a PetroRio

Paulo Amaral
Jornalismo é meu sobrenome: 20 anos de estrada, com passagens por grandes veículos da mídia nacional: Portal R7, UOL Carros, HuffPost Brasil, Gazeta Esportiva.com, Agora São Paulo, PSN.com e Editora Escala, entre outros.
1

Crédito: Assessoria de Imprensa/Petrobras

A Petrobras segue dando sequência ao planejamento de vender parte de seu ativo e fechou, nesta quinta-feira (28), contrato para a cessão de 30% do campo de Frade, na Bacia de Campos (RJ), para a PetroRio.

O contrato renderá US$ 100 milhões à multinacional e passará 100% deste ativo para a petroleira independente do Rio de Janeiro.

O negócio acertado também envolve a passagem da totalidade que pertencia à Petrobras na FradeBV, proprietária dos ativos offshore usada para o desenvolvimento da Frade, aos compradores.

A Agência Reuters informou que o pagamento será feito em duas parcelas –  a primeira de US$ 7,5 milhões (no ato doa assinatura) e a segunda de US$ 92,5 milhões, no encerramento da transação.

Ana Paula Saraiva, gerente de produção da Petrobras, emitiu nota oficial a respeito do assunto. “Seguimos realizando a gestão ativa do nosso portfólio. Em paralelo, a participação de novos atores nos projetos de exploração e produção dinamiza e fortalece o setor de óleo e gás no País”.

PetroRio comemora

A PetroRio também se mostrou bastante satisfeita com o acordo sacramentado e avisou que segue de olho no aumento dos ativos da companhia, que agora poderá alcançar a produção de 19,4 mil barris de óleo por dia, 6 mil a mais do que costumava fazer.

Nelson Tanure, presidente da empresa, foi bastante incisivo na nota que distribuiu aos meios de comunicação. “Com esta transação, a PetroRio reafirma sua estratégia de crescimento por meio de aquisição de ativos em produção, que se enquadram nos três pilares de geração de valor para a companhia, denominados como Tecnologia C.R.P. (Custos, Reservatórios, Produção)”.