Petrobras (PETR4) inicia fase não-vinculante do Polo Carmópolis (SE)

Felipe Moreira
Especialista em Mercado de Capitais e Derivativos pela PUC - Minas, com mais de 7 anos de vivência no mercado financeiro e de capitais. Apaixonado por educação financeira e investimentos.
1

Crédito: Arquivo Agência Brasil

A Petrobras (PETR4 PETR3) iniciou a fase não-vinculante referente à venda da totalidade de suas participações em no Polo Carmópolis.

Os potenciais compradores habilitados para essa fase receberão instruções sobre o processo de desinvestimento.

Conforme a Petrobras, a operação está alinhada à sua estratégia de otimização de portfólio e à melhoria de alocação do capital da companhia.

Perdeu a Money Week?
Todos os painéis estão disponíveis gratuitamente!

Isso porque a estatal está passando a concentrar cada vez mais os seus recursos em ativos em águas profundas e ultra profundas.

Polo Carmópolis

O Polo Carmópolis compreende onze concessões de produção terrestres, localizadas em diferentes municípios do estado de Sergipe, além de incluir acesso à infraestrutura de processamento, escoamento, armazenamento e transporte de petróleo e gás natural.

Também faz em parte do Polo Carmópolis, o Polo Atalaia, que contém, dentre outros ativos, o Terminal Aquaviário de Aracaju (Tecarmo) e o Oleoduto Bonsucesso-Atalaia, que escoa a produção de óleo das concessões até o Tecarmo.

A produção média do Polo de janeiro a outubro de 2020 foi de 10mil barris de óleo por dia e de 71 mil m3/dia de gás. A Petrobras é a operadora nesses campos, com 100% de participação.

Leia Mais

Dividendos: confira as ações mais recomendadas para novembro

Teste de impairment: para que serve e qual a sua importância?

Se você quer saber mais sobre o mercado de ações e como investir, preencha o formulário abaixo que um assessor da EQI Investimentos poderá ajudar em sua jornada.