Petrobras (PETR4) inicia venda de Campo de Manati; MULT3 prorroga JCP

Felipe Moreira
Felipe Moreira é Graduado em Administração de empresas e pós-graduado em Mercado de Capitais e Derivativos pela PUC - Minas, com mais de 6 anos de vivência no mercado financeiro e de capitais. Apaixonado por educação financeira e investimentos.
1

Crédito: Divulgação/ Enauta

Petrobras em continuidade ao processo de desinvestimento, anunciou nesta segunda-feira (4), o iniciou da fase de divulgação de oportunidade (teaser), referente à venda de sua participação no Campo de Manati, concessão de produção marítima em águas rasas localizada na Bacia de Camamu, no Estado da Bahia.

O documento descreve as principais informações sobre o investimento, bem como os critérios de elegibilidade para a seleção de potenciais participantes, está disponível no site da estatal.

Segundo a companhia, as próximas etapas do projeto serão divulgadas oportunamente.

A Petrobras ressaltou que essa operação está alinhada à otimização do portfólio e à melhoria de alocação do capital da companhia, visando a maximização de valor para os seus acionistas.

O Campo de Manati fica localizado a uma distância de 10 km da costa do município de Cairú, Bahia, em lâmina d’água entre 35 e 50 metros.

O campo iniciou sua operação em 2009 e sua produção média no ano passado foi de 105 bpd de condensado e 1.269 mil m3/dia de gás, através da plataforma fixa PMNT-1, que envolve uma estrutura submarina composta por 6 poços produtores de gás.

A companhia é a operadora do campo, com 35% de participação, em parceria com a Enauta Participações  (45%), Geopark Brasil E&P de Petróleo e Gás (10%) e Brasoil Manati Exploração Petrolífera (10%).

Multiplan (MULT3) prorroga JCP

A Multiplan informou nesta quinta-feira (30), que foi aprovado em assembleia o adiamento do pagamento dos juros sobre o capital próprio declarados pelo Conselho de Administração da Companhia nas reuniões realizadas em 25 de setembro e 23 de dezembro de 2019, e ainda não pagos, no montante bruto total de R$ 170 milhões.

O pagamento poderá ser creditado até 31 de dezembro de 2020. Antes a distribuição estava previsto para ser realizada até 29 de maio.

A Multiplan ainda definirá a data para o pagamento.

CCR (CCRO3) reporta queda menor de tráfego

A CCR registrou uma redução de 19,7% no tráfego de veículos nas rodovias que administra no período de 24 a 30 de abril deste ano em relação ao mesmo período do ano passado.

O número mostra uma desaceleração da queda de tráfego. Na semana anterior, o recuo tinha sido de 28,1% e duas semanas antes, -34,1%.

A redução de veículos de passeio foi de 42,4% enquanto o tráfego de veículos comerciais caiu 0,03%. Esses números excluem a Via Sul, cuja cobrança de pedágio não estava totalmente implementada no ano passado.

Os dados abrangem as concessionárias Autoban, ViaOeste, NovaDutra, RodoNorte e MSVia.

Considerando o tráfego de 1º de janeiro a 30 de abril deste ano, houve uma queda de 3,7%, sendo o tráfego de veículos de passeio recuou 13% e comerciais cresceu 5%.

Nos aeroportos administrados pela CCR, a redução foi de 97,4% entre 24 e 30 de abril e de 30,5% no acumulado do ano. A CCR Mobilidade mostrou quedas de 75,2% e de 23,2%, respectivamente.

LEIA MAIS

Petrobras (PETR4) divulga teaser para venda de ativos na Colômbia

Petrobras (PETR 3 PETR 4) e Braskem (BRKM5) fazem acordo para compra de nafta