Petrobras (PETR4) troca US$ 4 bi em Global Notes por títulos na SEC

Marco Antônio Lopes
Editor. Jornalista desde 1992, trabalhou na revista Playboy, abril.com, revista Homem Vogue, Grandes Guerras, Universo Masculino, jornal Meia Hora (SP e RJ) e no portal R7 (editor em Internacional, Home, Entretenimento, Esportes e Hora 7). Colaborador nas revistas Superinteressante, Nova, Placar e Quatro Rodas. Autor do livro Bruce Lee Definitivo (editora Conrad)
1

Crédito: Divulgação / Petrobras

A Petrobras (PETR4) informou, nesta terça (15), o resultado da oferta de troca de títulos não registrados, emitidos em 18 de setembro de 2019, por títulos registrados na Securities and Exchange Commission (SEC), efetuada pela sua subsidiária integral Petrobras Global Finance B.V. (PGF).

Explica a nota da estatal: “Detentores de US$ 4.037.681.000 dos títulos 5,093% Global Notes, com vencimento em 2030, aceitaram trocar seus títulos não registrados por títulos registrados na SEC, com termos e condições idênticos ao previsto na oferta dos títulos antigos.”

Petrobras (PETR4) fará recompra de títulos globais de até US$ 4 bilhões

EmpreendedorismoTécnicas para Renda Fixa. Tendências. Privatizações. Estratégias para proteção de investimentos.

Tudo isso hoje na MoneyWeek

A tabela abaixo resume o resultado da oferta de troca.

Petrobras comunica data da troca

A liquidação, diz o comunicado da companhia, será realizada em 17 de setembro de 2020, quando a PGF trocará os títulos antigos pelos novos.

“The Bank of New York Mellon, atual agente fiduciário dos títulos, está atuando na qualidade de exchange agent da oferta de
troca”, lembra a empresa.

“Os investidores também poderão contataras suas corretoras, bancos ou agentes fiduciários para solicitações referentes à oferta de troca”, conclui.

Essa operação não traz impacto para o perfil de endividamento da companhia.

Planilha de Açõesbaixe e faça sua análise para investir

Petrobras (PETR4) informa recorde de produção de diesel S-10 e GL