Petrobras (PETR4) tem decisão favorável na Justiça; Isa CTEEP (TRPL4) anuncia JCP

Regiane Medeiros
Colaborador do Torcedores
1

A Petrobras (PETR4) informou que recebeu nesta quinta (25), a decisão da Câmara de Arbitragem do Mercado (CAM), que acolheu seu pedido de impugnação e dissolveu o Tribunal Arbitral que proferiu sentença parcial na arbitragem instaurada por Petros e Previ.

Assim, além da sentença judicial que reconheceu a nulidade da sentença parcial na arbitragem, agora as partes deverão eleger três novos árbitros para condução do procedimento e novo julgamento da causa.

Atingir um patrimônio de R$ 100 mil é para poucos, saiba quais são as melhores atitudes e aplicações para multiplicá-lo

Em respeito às regras da CAM, essa arbitragem é confidencial.

Em 17 de dezembro a Petrobras havia anunciado que iria pagar R$ 190 mi ao fundo Previ, do Banco do Brasil (BBAS3), para finalizar litígio sobre a Sete Brasil.

Anteriormente, em agosto de 2020, a Petrobras havia pago R$ 950 milhões à Fundação Petrobras de Seguridade Social (Petros), referente ao montante integral do acordo celebrado com a recebedora, sobre o litígio arbitral relacionado ao investimento na Sete Brasil.

“O acordo extinguiu o litígio sem reconhecimento de culpa ou responsabilidade por ambas as partes e não afeta outras ações judiciais ou arbitragens envolvendo as partes, bem como outros litígios envolvendo o investimento na Sete Brasil”, informava à época a Petrobras.

Cielo (CIEL3) aprova recompra de ações

A Cielo (CIEL3) aprovou a abertura de novo programa de recompra de ações por meio do qual a Companhia foi autorizada a adquirir até 7.032.041 ações ordinárias de sua própria emissão.

O prazo de vigência do programa de recompra compreende o período entre 06 de abril a 12 de abril.

A aquisição das ações tem como objetivo, único e exclusivo, fazer frente aos compromissos assumidos pela Companhia no âmbito dos programas de remuneração, retenção e incentivo de seus colaboradores e administradores.

“Os membros do Conselho de Administração entendem que a situação financeira atual da Companhia é compatível com a possível execução do Programa nas condições aprovadas e se sentem confortáveis de que a recompra de ações não prejudicará o cumprimento das obrigações assumidas com credores nem o pagamento de dividendos obrigatórios mínimos”, destacou a Cielo.

Isa CTEEP (TRPL4) anuncia JCP

A Isa CTEEP (TRPL4) aprovou a proposta da administração para a distribuição de dividendos no valor de R$ 524,45 milhões, correspondentes a R$ 0,795967 por ação de ambas as espécies.

O pagamento será devido aos acionistas que constarem na base do dia 30 de março de 2021 (data de corte).

O pagamento aos acionistas ocorrerá em 21 de maio de 2021.

Cogna (COGN3) informa que adiou divulgação de balanço do 4TRI

A Cogna (COGN3) informou que, conforme calendário de eventos corporativos republicado no site da Comissão de Valores Mobiliários (CVM) e da Companhia, alterou a data de divulgação de seus resultados do 4T20 para o dia 31 de março de 2021, antes da abertura do mercado.

A Companhia comunicou ainda que informará oportunamente quanto aos novos horários da teleconferência de resultados.

Planilha de Ativos

Um dos principais exercícios para a compra de uma ação é saber se ela está cara ou barata. Para isso, preparamos um material especial para ajudá-lo nesta análise.