Petrobras (PETR4) recebe de fundo acionista indicações para o Conselho Fiscal

Marco Antônio Lopes
Editor. Jornalista desde 1992, trabalhou na revista Playboy, abril.com, revista Homem Vogue, Grandes Guerras, Universo Masculino, jornal Meia Hora (SP e RJ) e no portal R7 (editor em Internacional, Home, Entretenimento, Esportes e Hora 7). Colaborador nas revistas Superinteressante, Nova, Placar e Quatro Rodas. Autor do livro Bruce Lee Definitivo (editora Conrad)
1

A Petrobras (PETR4) recebeu nesta quarta (31) indicação de acionista detentor de ações preferenciais de candidatos para o Conselho Fiscal.

A eleição ocorrerá na Assembleia Geral Ordinária de 14 de abril de 2021.

Os candidatos indicados pelo acionista Franklin Templeton Investment Fund são:

Análises e Resumos do mercado financeiro com leituras de 5 minutos. Conheça a EQI HOJE

  • Reginaldo Ferreira Alexandre, que concorre a membro do Conselho Fiscalpelos acionistas preferencialistas (titular);
  • Paulo Roberto Franceschi, que concorre a Membro do Conselho Fiscalpelos acionistas preferencialistas (suplente).

Segundo a Petrobras, Reginaldo Ferreira Alexandre é “economista, com dezoito anos de experiência na área de análise de investimentos, como analista, organizador e diretor de equipes de análise, tendo ocupado essas posições, sucessivamente, no Citibank, Unibanco, BBA (atual Itaú-BBA) e Itaú Corretora de Valores.”

Petrobras: 4 conselheiros recusam recondução na empresa após mudança de comando

Seu currículo inclui ainda, em resumo:” Trabalhou ainda como analista de crédito corporativo(Citibank) e como consultor nas áreas de estratégia (Accenture) e de corporate finance (Deloitte).”

Petrobras (PETR3 PETR4): lucro cresce 6,3 vezes no 4TRI, para R$ 59,8 bi

Paulo Roberto Franceschi, de acordo com a Petrobras, é “formado em Ciências Contábeis pela Fundação de Estudos Sociais de Paraná e em Ciências Econômicas pela FAE Business School. Sócio da Audicontrol Auditoria e Controle S.S., desde 1995, sócio sênior, tendo como responsabilidade a condução estratégia do negócio e sua administração, atuando como sócio responsável técnico junto aos demais sócios. Tem atuado como Conselheiro Fiscal desde 2004.”

Petrobras (PETR4): Transpetro tem lucro recorde de R$ 1,3 bilhão em 2020

NotreDame (GNDI3): aquisição da Bio Saúde

A NotreDame (GNDI3) comunicou que conclui a aquisição da Bio Saúde.

Em comunicado divulgado nesta quarta (31), a companhia afirma: “Diante das aprovações da Agência Nacional de Saúde Suplementar (ANS) e do Conselho Administrativo de Defesa Econômica (Cade), a aquisição da Bio Saúde Serviços Médicos foi devidamente concluída pela Notre Dame Intermédica Saúde, subsidiária integral da companhia.”

Com preço de aquisição de R$ 79 milhões, a Notre Dame Intermédica Participações (GNDI3) celebrou, em agosto de 2020, acordo para adquirir a totalidade das cotas da Bio Saúde Serviços Médicos, já descontados o endividamento líquido e uma parcela retida para contingências.

Na ocasião, comunicado assinado pelo diretor de Relações com Investidores, Glauco Desiderio, acentua que a intenção da Notre Dame é manter sua estratégia de crescimento no mercado paulista, reforçando o compromisso de criar valor aos seus acionistas, clientes e sociedade.

Notre Dame (GNDI3) tem alta de 18,1% no lucro no 4TRI

Camil (CAML3): novo programa de recompra de ações

A Camil (CAML3) anunciou novo programa de recompra de ações, no total de até 4 milhões de ações ordinárias.

Segundo a empresa, o objetivo do programa de recompra é “realizar a aquisição de ações de emissão da companhia para atendimento das outorgas realizadas no plano de opção de compra de ações.”

A Camil afirma que a há 116.463.797 ações ordinárias em circulação sob o ticker CAML3 e 3.986.500 ações ordinárias em tesouraria.

A companhia poderá adquirir até 4.000.000 de ações ordinárias. O prazo máximo para aquisição é de 12 meses, contados a partir de 1º de abril de 2021, inclusive, tendo como termo final o dia 31 de março de 2022.

A instituição financeira que atuará como intermediária do Programa de Recompra é a Ágora Investimentos.