Petrobras (PETR4) prorroga contrato de compra e venda de diesel Verana

Regiane Medeiros
Economista formada pela UFSC. Produz conteúdo na área de mercado de capitais, finanças pessoais e atualidades.
1

Crédito: Petrobras política dividendos

A Petrobras (PETR4) anunciou o 4º termo aditivo que prorroga a vigência do contrato de compra e venda de Diesel Verana por até 31 de dezembro de 2021.

O valor estimado da prorrogação é de R$ 24 milhões, levando em conta a quantidade estimada (13.000 m³) para o período de abrangência do aditivo.

Assim sendo, o contrato global passa a ter um valor total de R$ 186 milhões.

Conquiste sua Independência Financeira. Conheça os 4 Pilares para Investir

O Diesel Verana é comercializado exclusivamente entre a Petrobras e a Petrobras Distribuidora (BR), compondo o portfólio de combustíveis especiais da Petrobras, que atendem o nicho de mercado de alta performance de combustíveis marítimos de ciclo diesel.

Em 28 de julho de 2011, a Petrobras atualizou o modelo de negócio e política de preço do Diesel Verana, que tem como critério básico o custo de oportunidade, valor percebido pelo cliente e valor de mercado.

“A venda de Diesel Verana confere à Petrobras resultado positivo maximizado pela adoção de ajustes periódicos nos preços, com base na competitividade do produto em relação ao seu custo de oportunidade”, informou a Companhia.

Iguatemi (IGTA3) paga juros de debêntures

A Iguatemi Empresa de Shopping Centers (IGTA3) comunicou aos detentores das debêntures da 9ª emissão o novo pagamento de juros.

Desse modo, para as debêntures simples emitidas em 28 de maio de 2020 serão atribuídos o pagamento de juros no valor de R$ 25,78386400.

O referido pagamento ocorre em 30 de novembro de 2020.

Bahema (BAHI3): procedimentos de emissão de debêntures

A Bahema Educação (BAHI3) reforçou que o exercício do direito de preferência sobre debêntures deverá ser feito diretamente junto a Companhia.

Assim sendo, os acionistas que queiram exercer o direito de preferência deverão instruir seu agente de custódia a efetuar o comando de cessão do direito de preferência, mediante procedimentos operacionais estabelecidos pela B3.

Os acionistas e cessionários do direito de preferência que desejarem subscrever as debêntures deverão então enviar documentação necessária para a Companhia até às 18:00 do dia 04 de dezembro de 2020.

Havendo sobras, a Bahema irá publicar um aviso informando sobre a quantidade de debêntures restantes e o prazo para subscrição pelos interessados.

O prazo para a subscrição das eventuais sobras será de 5 dias úteis a contar da data informada no aviso de sobras.

BMG (BMGB4): comitê especial para analisar operação da PF

O Banco BMG (BMGB4) informou que seu Conselho de Administração decidiu por unanimidade eleger comitê especial para conduzir uma análise detalhada relativas à Operação Descarte, em trâmite na 2ª Vara Criminal Federal de São Paulo.

O comitê será composto pelos membros independentes, Sr. Roberto Faldini, membro efetivo do Conselho Fiscal, pela Sra. Olga Stankevicius Colpo e pelo Sr. Dorival Dourado Jr., ambos membros independentes do conselho de administração.

Além disso, o BMG informou a contratação do escritório Veirano Advogados, que continuará as apurações em substituição ao escritório anterior e em conjunto com a Ernst & Young Auditoria Empresarial.

Veja mais:

Money Week: confira dicas de livros, cursos e de quem seguir nas redes

Inteligência financeira: 10 sugestões de livros de Gustavo Cerbasi

Receita líquida: o que é e para que serve esse indicador

Precisa de orientação para investir no mercado acionário? A  EQI Investimentos pode ajudar. Basta preencher o formulário abaixo que um assessor entrará em contato.