Petrobras (PETR4) paga dividendos; Magalu (MGLU3) e BR Properties (BRPR3) remuneram

Regiane Medeiros
Colaborador do Torcedores
1

Crédito: Magazine Luiza/Divulgação

A Petrobras (PETR4) comunicou que, na próxima quinta-feira (29), efetuará o pagamento de dividendos referentes ao exercício de 2020, com base na posição acionária de 14 de abril.

O valor por ação dos dividendos equivale a R$ 0,792834, já corrigido pela taxa Selic.

Atingir um patrimônio de R$ 100 mil é para poucos, saiba quais são as melhores atitudes e aplicações para multiplicá-lo

Magazine Luiza (MGLU3) anuncia proventos

A Magazine Luiza (MGLU3) informou que no dia 05 de maio realizará o pagamento dos proventos declarados a título de Juros Sobre o Capital Próprio, no valor total de R$ 170 milhões.

O valor bruto a ser pago por ação é de R$ 0,0263019985, com base na posição acionária de 29 de dezembro de 2020, sendo as ações negociadas “ex” JCP a partir de 30 de dezembro de 2020.

BR Properties (BRPR3) aprova pagamento de R$ 71 milhões em dividendos

A BR Properties (BRPR3) aprovou a distribuição de dividendos no valor total de R$ 71,042 milhões.

Os dividendos correspondem a R$ 0,1477236691256790 por ação e serão creditados aos acionistas com base na posição acionária de 26 de abril.

As ações adquiridas a partir de 27 de abril, inclusive, passarão a ser negociadas ex-dividendos.

A companhia informou que o crédito de dividendos será feito de forma individualizada, a cada acionista, e o pagamento correspondente será feito conforme segue: R$ 23.680.704,06, o que corresponde a R$ 0,04924122302803050 por ação, em 30 de junho; R$ 23.680.704,07, o que corresponde a R$ 0,04924122304882430 por ação, em 30 de setembro; e R$ 23.680.704,07, o que corresponde a R$ 0,04924122304882430 por ação, em 20 de dezembro.

Equatorial (EQTL3): venda de energia elétrica registra alta de 4% no 1TRI 21

A Equatorial Energia (EQTL3) reportou resultado de suas operações nesta segunda-feira (26). Conforme relatório, o volume de vendas de energia elétrica, na classificação total distribuída, apresentou crescimento de 4% no primeiro trimestre de 2021 frente igual período do ano passado.

Já no indicador Total Equatorial Energia, referente ao número de consumidores, a companhia apresentou crescimento de 2,9% no primeiro trimestre de 2021 ante igual período do ano anterior.

C&A (CEAB3): Itaú (ITUB4) passa a deter 4,966% das ações

A C&A (CEAB3) comunicou que recebeu nesta segunda (26) notificação de seu acionista Itaú Unibanco (ITUB4) informando que a soma das ações detidas pelo conjunto de fundos de investimento geridos pelo Itaú atingiu 4,966%, configurando redução na participação acionária relevante.

Dessa forma, o Itaú passou a deter 15.309.574 de ações ordinárias da companhia.

Planilha de Ativos

Um dos principais exercícios para a compra de uma ação é saber se ela está cara ou barata. Para isso, preparamos um material especial para ajudá-lo nesta análise.