Petrobras (PETR4) inicia fase vinculante da venda de empresas elétricas

Marco Antônio Lopes
Editor. Jornalista desde 1992, trabalhou na revista Playboy, abril.com, revista Homem Vogue, Grandes Guerras, Universo Masculino, jornal Meia Hora (SP e RJ) e no portal R7 (editor em Internacional, Home, Entretenimento, Esportes e Hora 7). Colaborador nas revistas Superinteressante, Nova, Placar e Quatro Rodas. Autor do livro Bruce Lee Definitivo (editora Conrad)

Crédito: Divulgação

A Petrobras (PETR4) informou, nesta sexta (11). o início da fase vinculante referente à venda de sua participação em cinco sociedades de geração de energia elétrica.

São elas: Brasympe Energia S.A. (a Brasympe), Energética Suape II S.A. (a Suape II), Termoelétrica Potiguar S.A. (ou TEP), Companhia Energética Manauara (CEM) e Brentech Energia S.A. (a Brentech).

“Os potenciais compradores classificados para a fase vinculante receberão carta-convite com instruções detalhadas sobre o processo de desinvestimento”, informa a estatal.

Ferramenta ajuda na escolha de suas ações de acordo com balanços

“A presente divulgação está de acordo com as normas internas da Petrobrase como regime especial de desinvestimento de ativos pelas sociedades de economia mista federais”, adiciona a nota da empresa.

Simule seus ganhos com nossa Calculadora de Investimentos

Fatias

A Petrobras detém 20% da Brasympe, que por sua vez possui 60% da Termocabo S.A., dona de uma usina termelétrica movida a óleo combustível em Pernambuco, com capacidade instalada de 49,7 MW.

A estatal tem, ainda, fatia de 20% da Suape II, proprietária de uma usina termelétrica movida a óleo combustível, também de Pernambuco, com capacidade instalada de 381,25 MW.

A Petrobras é dona de 20% da TEP,  holding que possui participação de 60% na Companhia Energética Manauara S.A. (CEM), e de 70% na Areia Energia S.A. e Água Limpa Energia S.A  –proprietária de pequenas centrais hidrelétricas, localizadas em Tocantins, com capacidade instalada de 11,4 MW e 14,0 MW, respectivamente.

Usina termelétrica de bicombustível

A Petrobras detém 40% da CEM, que possui uma usina termelétrica de bicombustível (óleo combustível e gás natural) localizada no Amazonas. A capacidade instalada é de 85,4 MW.

A estatal tem 30% da Brentech, proprietária da Usina Termelétrica Goiânia II movida a diesel, que fica em Goiás, com capacidade instalada de 140,3 MW.

Aumente seus ganhos. Consulte nossa Planilha de Monitoramento de Carteira